OBRAS DO SASI

OBRAS DO SASI
SASI

ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

SASI

SASI
SASI

ENEM

ENEM
ENEM

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

quarta-feira, 17 de março de 2010

EX ALUNO DA REDE ESTADUAL SE PREPARA PARA CURSAR MATEMÁTICA NA EUROPA

Rômulo Alexandre da Rocha sempre gostou de Matemática, mas não podia imaginar que o seu interesse pela disciplina o levaria tão longe, para ser mais preciso à Espanha. Com apenas 22 anos, o mineiro de Contagem é um dos beneficiados pelo Prouni Internacional, uma modalidade do Prouni – Programa Universidade para Todos – que selecionou este ano, dez alunos para cursarem a graduação em terra espanhola. A oportunidade é fruto de uma parceria entre o Ministério da Educação (MEC) e a Universidade de Salamanca. Rômulo estudou todo o Ensino Médio e a maior parte do Ensino Fundamental em escolas estaduais de Minas, nas cidades de Contagem e Belo Horizonte. No próximo dia 22 de março (domingo), o estudante, que nunca saiu da região de Belo Horizonte, embarca para Espanha e confessa que ainda está surpreso com a ideia. “Eu não imaginava que a minha tentativa de cursar uma faculdade tomaria proporção fora do país”, avalia.
Participante da última seleção do Prouni, Rômulo Alexandre da Rocha, foi classificado em primeiro lugar nacional no curso de Matemática. Em uma escala de proficiência que varia de 0 a 1000, o estudante mineiro conquistou o índice de 749, 98. Com esta nota, Rômulo se inscreveu no Centro Universitário de Belo Horizonte – UNI BH – e foi convocado para iniciar sua graduação em Matemática. Dias depois, a Diretora de Políticas e Programas de Graduação da Educação Superior do Ministério da Educação, Paula Melo Branco, ligou para contar sobre a possibilidade de estudar no exterior. “Não ia iniciar o meu curso por agora devido a minha situação financeira, mas assim que a diretora ligou e me explicou essa novidade conversei com a minha família e ficou tudo certo”, explica o estudante que até então trabalhava em uma loja de confecção. Rômulo foi o primeiro colocado em matemática no ProUni
             Força de vontade mais dedicação é igual a sucesso – A possibilidade de Rômulo estudar no exterior criou expectativas para sua família. A dona de casa, Cleiner Eliane Teixeira da Rocha, é mãe do estudante e acredita que a oportunidade não veio por acaso. “A emoção é grande demais. A gente vai sentir saudades, mas vai ser por um bom motivo. O pai dele, antes de falecer, me disse: ‘esse filho vai te dar muita glória. Vai te dar muita coisa boa. Ele vale ouro’”, conta orgulhosa. Hoje, Rômulo mora com a mãe e a irmã de 12 anos. “Ele sempre foi inteligente. Quando eu tinha dúvidas ele me ensinava. Ensinava até os colegas também. Ele é um exemplo para os jovens. Eu vou tentar seguir o seu exemplo e ir bem na escola”, promete a irmã, Flávia Karine da Rocha.
                  Primeiros passos – Amanhã (17/03), às 21 horas, Rômulo fará uma visita à Escola Estadual Padre Camargos, em Contagem, para reencontrar alguns de seus professores do Ensino Médio. Na quinta-feira, ele segue para Brasília, onde provavelmente ficará até domingo, quando embarca para Madri, na Espanha.
                 Preparação para estudo no exterior – Antes de iniciar o curso de Matemática na Universidade de Salamanca, o estudante vai passar por uma prova de proficiência no idioma e de conhecimentos gerais do Ensino Médio, que são exigidas pelo governo espanhol. Como preparação para esses exames, que acontecem em julho, Rômulo e os outros alunos beneficiados pelo programa, viajam para a Espanha já no próximo final de semana. A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) vai pagar a passagem e uma bolsa de estudos de Língua Espanhola em um curso preparatório para a realização das provas. Caso os beneficiados sejam aprovados nos exames, os estudantes iniciarão os cursos de graduação em Salamanca, em setembro.
                  Benefícios aos alunos – Os estudantes aprovados nas provas de proficiência e conhecimentos gerais vão receber uma bolsa de permanência mensal paga por um banco espanhol, no valor de 870 euros, durante o período do curso. O auxílio deve ser gasto com alimentação, hospedagem, despesas com livros e outros relativos à manutenção dos estudantes no país. Este ano é a primeira vez que o Prouni utiliza a modalidade Prouni Internacional. Além do mineiro Rômulo, que vai cursar Matemática, os melhores classificados do país nas áreas de Biologia, Biotecnologia, Estatística, Farmácia, Física, Informação e Documentação, Engenharia de Materiais, Engenharia de Edificações e Sociologia, também terão a oportunidade de cursarem suas graduações na Espanha, na Universidade de Salamanca.

Nenhum comentário: