AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO
AVALIAÇÃO

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

NATAL

NATAL
natal

ENCEJJA

ENCEJJA
encejja

Campanha

Campanha
Campanha

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 6 de abril de 2014

ACONTECEU A 1ª REUNIÃO DE PAIS E MESTRES DOS ALUNOS ESPECIAIS. Na Escola João Beraldo ELES vieram para ficar.

                Em várias de nossas turmas  temos aluno especial e professor preparado para trabalhar de forma inclusiva com ele.  Vimos registrando em nossa escola uma evolução na inclusão de crianças, adolescentes e jovens com deficiência e percebemos  que eles gostam de estar aqui a ponto de ficarem alegres e mais interessados.  O processo de inclusão é irreversível, não se discutindo mais o direito de alunos especiais estarem na escola regular comum.

Ele tem o direito de aprender e a escola comum é o lugar que se aprende melhor. Acabou-se o tempo do isolamento e da segregação, alunos incluídos são mais estimulados. Estes alunos em sua maioria, contam com um professor de apoio que se desdobra nas adaptações, consciente de que é preciso ter aprendizagem pois sem ela não há inclusão.  Lembramos aqui dois casos de alunas especiais que  chegaram  a um excelente nível de aprendizagem se tornando assim universitárias do curso de Psicologia e de Administração.
Desde 2001 vimos discutindo a inclusão e o nosso maior desafio é garantir o acesso ao conhecimento a todos os nossos alunos, pois todos acabam sendo beneficiados com a inclusão, pois além de aprender a conviver com a diferença estuda em um ambiente em que um professor é sempre tocado a refletir sobre sua forma de ensinar. É  pauta em nossas reuniões de formação continuada. Os pais dos alunos especiais não medem esforços em apoiar o seu filho e a escola em que seu filho estuda. Em uma reunião o Diretor referenciou que se todos os pais em geral da escola comum apoiassem  seus filhos como os pais do Atendimento Especial, os resultados seriam muito melhores.  Com a chegada desses alunos, nossa escola tornou-se muito mais acolhedora e valoriza mais toda e qualquer conquista dos alunos. O contéudo é igual para todos mas a metodologia e estratégias  são bastante diversificadas. Percebemos um grande esforço para alcançar a todos.  É bonito ver o direito de estudar, no mesmo ambiente,  sendo garantido para todas as crianças e adolescentes especiais.Clique aqui para acessar a cobertura total da reunião em fotos:https://plus.google.com/photos/100562673127135073780/albums/5999225542347292641?banner=pwa
No AEE, que acontece na sala de recurso, os alunos vão aprender a usar instrumentos, computadores e equipamentos para a conquista da autonomia e assim terem sucesso na sala regular comum. O João Augusto por exemplo será atendido no turno matutino na Sala de Recurso com o objetivo de intrumentalizá-lo  para que este possa ter uma boa inserção em sua turma de 6º ano no vespertino. Cada vez aprendemos mais que cada aluno precisa de objetivos e adaptações diferentes, de acordo com sua necessidade, que precisa ser frequentemente avaliada para incluí-lo sempre mais.  
Achamos muito interessante este painel que resolvemos postar aqui para ilustrar esta postagem.


Por Deodato Gomes Costa-Diretor.

Nenhum comentário: