OBRAS DO SASI

OBRAS DO SASI
SASI

Natal

Natal
natal

ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

APRENDIZAGEM

APRENDIZAGEM
APOIO

AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO
AVALIAÇÃO

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

ENEM

ENEM
ENEM

Inscrição

Inscrição
INSCRIÇÃO

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Devem ser reforçadas, medidas contra o Aedes Aegypti, em tempo de chuva.

Devem ser reforçadas,  medidas contra o Aedes Aegypti, em tempo de chuva.

Recomeçam agora com as chuvas toda a preocupação com a proliferação do mosquito transmissor da dengue e da febre Chincungunya. Como se só a Dengue não bastasse, apareceu mais esta novidade ruim. A questão é que necessitamos despertar a lembrança sobre os cuidados que precisam ser adotados no dia a dia para que todos voltemos a ficar atentos pois a temperatura elevada e as chuvas que tanto esperávamos e chegaram, aumentam a proliferação do vetor. Segundo estatísticas divulgadas,  80% de focos estão localizados em nossas casas. Parece que  esquecemos que a dengue é uma doença infecciosa e febril, transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti e dura em torno de 10 dias. e provoca ´muita dor de cabeça, no corpo, nas articulações, por trás dos olhos somada também à muita febre.
É preciso despertar novamente a lembrança sobre os cuidados a serem adotados no nosso dia a dia.
A infecção pelo vírus chincungunya provoca febre alta, dor de cabeça, dores nas articulações e musculares. Seria ótimo se já tivéssemos uma vacina e um tratamento específico, para estes dois males, pois já tivemos algumas mortes aqui e já vimos muitos pessoas muito mal mesmo. Mas vacina ainda não tem.

É preciso reforçar equipes de conscientização junto à população da nossa cidade, sobre à necessidade de adotar hábitos preventivos e cotidianos para evitar a proliferação do mosquito. É um trabalho de educação que deve ser feito junto a população. Palestras, rodas de conversas e distribuição de material informativo devem ser promovidos com o objetivo de envolver a todos como corresponsável pela própria saúde e pela saúde de todos.
Aqui em Carlos Chagas não houve nenhuma ação relativo a instituição deste dia  pelo  Ministério da Saúde.
Nós que trabalhamos em escola podemos fazer muito junto aos nossos alunos no sentido de mobilizá-los como multiplicadores de informações, além de instituir o Dia D escolar contra dengue e a febre chicungunya, onde todos os professores montam um Plano de Aula sobre o tema e conclui com cartazes e expressões sobre o assunto. Mas é preciso ficar ao final uma conclusão maior, mais do que ter informações é preciso partir para a ação.
Ficou prejudicada a compreensão da  mensagem no outdoor próximo da ponte,  pois as partes que compõe o mesmo foram disposta em  ordem diferente da que deveria ser.
Este mosquito faz  realmente muito estrago e é uma ameaça às nossas vidas.

Nenhum comentário: