OBRAS DO SASI

OBRAS DO SASI
SASI

Natal

Natal
natal

ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

APRENDIZAGEM

APRENDIZAGEM
APOIO

AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO
AVALIAÇÃO

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

ENEM

ENEM
ENEM

Inscrição

Inscrição
INSCRIÇÃO

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 15 de janeiro de 2017

Endrews e Bauman: LIÇÕES DE PLENITUDE! Blogagem Coletiva, #52semanasdegratidão

Fiquei pensando que apesar de todo aperto com o mestrado, entre tantas leituras e trabalhos acadêmicos não poderia também deixar de marcar presença nesta 2ª semana da Blogagem Coletiva, #52semanasdegratidão, proposta pela Elaine Gaspareto. Mesmo estando longe de casa, nesta cidade incrível, entre intensos momentos de aulas e discussões, experimento muitas alegrias em meu coração. De uma Janela de hotel registro a cidade e fortes sentimentos de gratidão pela vida, tomam conta  de mim. Como é bom estudar e estar aqui!...


Juiz de Fora vista da janela do hotel

Vivemos na sociedade do conhecimento, nenhum caminho pode ser trilhado sem ele... como Deus, ele salva pessoas... transforma vidas...aponta direções. Quanta gente vive na escuridão do saber? Errante, em uma solidão sem fim, com as portas e janelas de sua vida fechada. Seria muito melhor se a possibilidade de todos conhecerem tivesse primazia em nosso país.  Em uma sociedade educada a palavra gratidão seria uma de suas marcas registrada.


Sou plenamente grato por estar todos os dias, deste período,  neste refeitório entre milhares de estudantes que como eu, buscam compreender um pouco o mistério das coisas presente no conhecimento humano.




Duas pessoas nesta semana, fizeram sua travessia para a plenitude. Endrews, nosso aluno-anjo, um menino que nasceu com um proposito de ensinar com sua vida. Enfrentou com maturidade e leveza a  busca pela autonomia e saúde. Tão menino e  foi um grande professor de vida. Conhecido apenas no universo da nossa cidade, mas as suas lições se equiparam ao do outro mundialmente conhecido, Bauman, que também se despediu de todos nós.


Endrews - 1999-2017
Isto mesmo, o grande pensador do nosso tempo, Zygmunt Bauman, que partiu deixando poderosas ideias que ajudam a conhecer melhor a nossa sociedade. Em uma de nossas aulas o professor lembrou a sua concepção de modernidade líquida que é simplesmente espetacular para entender este nosso tempo de incertezas. 




No seu trabalho chamado Amor Líquido, ele fala da fragilidade dos laços humanos na nossa sociedade. É por isso que esta proposta de disseminar a gratidão pela vida é bonita! Pensar que algo em estado líquido é algo que não se sustenta, não tem forma e rigidez, não dura. E é neste estado de liquidez que se encontram todos os valores que sustentam a vida humana. Ou no caso da gratidão, ela nem mesmo existe enquanto sentimento dentro do mundo do consumo para a destruição. Nos encantamos com um celular e em pouco tempo ele é destruído e vira lixo.  A gente fica pensando, meu Deus: Como as relações entre todos nós vão se sustentar num mundo cada vez mais rápido e insano? Como vão se sustentar as relações humanas, numa sociedade onde não existe tempo nem espaço para a vivencia dos valores muito menos ainda para a solidariedade, o reconhecimento e a gratidão?

A grande resposta para este dilema pelo qual a humanidade passa, é a educação. Paulo Freire já disse que "Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda". É com ela que podemos compreender na simplicidade das lições deixadas por Endrews e por Bauman um pouco do segredo da sabedoria da vida. E buscar com a nossa vida ser uma referência solida dos valores para todas as pessoas com as quais convivemos, já é muito, para um processo educativo a partir dos importantes valores do ser humano. Por isso fica aqui a imagem do ICH da UFJF, onde todos os dias deste tempo vivo verdadeiros encontros com o saber.




Nos tornamos melhores, cada vez que reconhecemos  os sinais de plenitude em todos os acontecimentos da vida e somos capazes de agradecer a Deus até mesmo pelas perdas que deixam grandes ensinamentos e lições a serem compreendidas. Gratos à vida e buscando aprender com ela, podemos ser mais felizes! Fico por aqui com esta pequena reflexão.

E você, o que pensa de tudo isto?

                                                                                               Por  Deodato Gomes



11 comentários:

SÔNIA R.B. disse...

Lindo texto é necessário refletir ser grato.
Estudo, educação são os pilares para uma sociedade melhor, mas que também nos dignifica.
Abraço fraterno

Sônia
www.lugaresdicasecuriosidades.com - Aproveito para convidá-lo a seguir meu cantinho, caso tenhas tempo claro

Roselia Bezerra disse...

Bom dia, Deodalto!
Amei sua postagem pois educação mexe memso comigo desde pequena...
Paulo Freire é um mestre no sentido literal da palavra...
Estudar é meu forte igualmente e aprecio quem goste disso pois é a mola da sociedade bem construída... educação é um dos pilares da sociedade que anda capengando nos tempos atuais... pena!
Um abençoado 2017!
Abraços fraternais

Juelice disse...

Sábias palavras!

Andreia Alves disse...

Olá Deodato!
Sabias palavras, que texto belo!
A palavra de Deus diz em Osėias 4:6
Que o Seu povo perece por falta de conhecimento!
E não é diferente hoje, o povo continua sofrendo pela falta de conhecimento tanto da palavra de Deus porque se todos a conhecessem viveríamos num mundo infinitamente melhor cheios do Seu amor e da Sua palavra que nos ensina sobre tudo, mais também do conhecimento de princípios básicos da vida.
Hoje vivemos uma inversão de valores sem precedentes na história e tenho medo de como isso tudo vai acabar!
A educação começa em casa, mais hoje os pais transferem toda responsabilidade para a escola que por sua vez não está preparada para assumir está total responsabilidade que não é toda dela!
Eu receio dizer que a raíz do problema está no ser humano, que há muito desistiu de tentar verdadeiramente ser Ser Humano.
Bjooo no coração querido...

Juelice disse...

Olá Deo
Quanta beleza nesta reflexão. Nós enquanto educadores e seres humanos estamos preocupados com o estado de liquidez em que se encontram os valores que sustentam a sociedade. E somente o conhecimento é que poderá mudar a mente do povo. Este é o nosso grande desafio. Abraços

travesseiro de paina disse...

Que belas palavras de gratidão pelos estudos, o refeitório, e a lembrança por essas pessoas que se foram mas deixaram, cada um a sua maneira, lições para o mundo.
Abraço!

Alzira Costa disse...

Verdade. A gratidão é um sentimento tão lindo, nobre e intenso quanto o saber. Belas palavras.

Nadia Marina Peres Perez Rodrigues disse...

Que lindas palavras...Gratidão sempre nos traz conforto e paz...Parabéns pelo texto.

Abraços
Nadia

Adriana Balreira disse...

Deodato,
Adorei o seu post. Nos faz pensar e refletir sobre a liquidez do mundo, dos sentimentos, das relações. E linda Juiz de Fora, faz tempo que fui. Deve ter mudado muito!! Me traz boas lembranças.
Beijos
Adriana

Anabela Jardim disse...

Palavras inteligentes e necessárias nesse mundo vazio de respeito para com a vida. Saber tirar ensinamentos até nos momentos de perda é um sinal de maturidade e crescimento espiritual.
Eu também fiz pós-graduação na Ufjf !Tenho saudades de Juiz de Fora. Aproveite bem esse momento! Abraços.

Elaine Gaspareto disse...

Deodato, no final de semana vi um episódio de uma série onde uma personagem diz que"se tivesse tido a oportunidade de estudar teria ido muito mais longe".
Ela tem razão, quem estuda vai mais longe, inclusive vai mais pra dentro de si mesmo, já percebeu?
Verdade o que disseste: a gente se encanta com coisas, sendo que o que deveria nos encantar não são coisas, mas sim a vida. Mal olhamos a vida... mal vemos os motivos para gratidão...
Olhar para a vida, construir algo que dura e não seja tão volátil... é bem o que quero pra mim!
Abraço, feliz semana nova!