OBRAS DO SASI

OBRAS DO SASI
SASI

ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

SASI

SASI
SASI

ENEM

ENEM
ENEM

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 2 de abril de 2017

VOCÊ JÁ SE PERGUNTOU QUAIS SÃO AS TRADIÇÕES DA PÁSCOA EM OUTROS PAÍSES? Achei tão interessante que resolvi postar .

 Haiti

Tradições cristãs, como procissão e abstenção de carne vermelha, se misturam a rituais do vodu, religião tradicional no país. Há peregrinação ao vilarejo de Souvenance, onde acontece danças, cânticos e sacrifícios de animais. As pessoas se vestem de branco e cobrem as roupas com sangue de bode. A cabeça e outras partes do bicho são reservadas para rituais de oferendas.
Espanha

A crucificação de Jesus é homenageada com uma dança chamada de dança da morte, na cidade de Verges, na Catalunha.  Durante a procissão pessoas se vestem com roupas de esqueleto e fazem danças macabras pelas ruas, como forma de simbolizar o purgatório.

Filipinas

Nas Filipinas o povo tem o costume de se auto flagelar, na sexta-feira santa as pessoas se autoflagelam com chicotes feito de bambu com lâminas, isso com o intuito de simbolizar o sacrifício sofrido por Jesus. Alguns  se oferecem para ser crucificado de verdade.

França

Na França já tem ovo até demais, porém não são ovos de chocolate, são ovos reais de galinha em que é feito um grande omelete com mais de 15 mil ovos.O evento reúne mais de 10 mil pessoas e além de muita comida conta com danças, apresentações e feira de artesanato.


 Bermudas
Pão com uma cruz em cima.

Na ilha de Bermudas, situada no atlântico, pertencente ao Reino Unido,  a tradição do domingo de páscoa é você comer um bolo de bacalhau e um pão marcado com uma cruz em cima. Os mais religioso afirmam que se você não comer ao menos um pão no feriado de páscoa, terá sua casa destruída pelo fogo. 

Pipas

A celebração mais marcante acontece na Sexta-Feira Santa, quando se empinam pipas caseiras, enormes e coloridas para simbolizar a ascensão de Cristo ao céu.
Grécia
Para os cristãos ortodoxos, a Pascoa é a festa mais importante do ano e mais repleta de manifestações folclóricas. A palavra “Paskha” provém do termo hebreu “Pesakh”, que significa “passagem”.


O povo judeu celebrava a Páscoa em recordação de sua libertação do jugo egípcio e da passagem do Mar Vermelho, enquanto que os cristãos comemoram a Ressurreição de Cristo Salvador e sua passagem da morte à vida.


O termo grego correspondente a “Paskha” é “Lambrí” (resplendor), pois o dia da Ressurreição de Cristo é um dia pleno de regozijo.O dia de sua celebração é definido todos os anos como o domingo que segue a primeira lua cheia depois do equinócio da primavera.


No curso da semana que precede o domingo de Páscoa (Semana Santa), um monte de costumes e tradições revive em todas as partes do território grego. Os preparativos para a celebração da Ressurreição começam na Quinta-Feira Santa. Nesse dia, de acordo com a tradição, as donas-de-casa preparam os tsourékia (uma espécie de pão-doce) e pintam ovos com pigmentos vermelhos especiais. Desde os tempos antigos, o ovo é o símbolo da renovação da vida e a cor vermelha simboliza o sangue de Cristo.


Antigamente as pessoas costumavam colocar o primeiro ovo vermelho no canto  da casa, a fim de afastar os maus espíritos. Em certas aldeias, por outro lado, marcavam a cabeça e as costas dos cordeiros com tinta vermelha que havia sido utilizada para pintar os ovos. Havia também o hábito de guardar no canto de ícones uma das “kouloures” (bisnagas de pão redondo) preparadas na Quinta-Feira Santa, para assegurar a proteção dos membros da família contra o feitiço.


O dia mais sagrado da Semana Santa é a sexta-feira, quando culmina a Paixão com a descida da cruz e o sepultamento de Jesus Cristo. É um dia de luto, e nesse dia as donas-de-casa não se ocupam de trabalhos caseiros, nem mesmo cozinham. Levando flores que colhem ou compram, mulheres e crianças dirigem-se às igrejas para adornar o Epitáfio (o féretro de Cristo). Na manhã da Sexta-Feira Santa, em todas as igrejas é oficiada a representação do sepultamento de Cristo e, no mesmo dia de tarde, tem lugar a procissão do Epitáfio.


O Megalo Sabado(Grande Sabado) é o último dia da Semana Santa e da Quaresma. Todos vão a igreja levando  velas e durante a missa um por um vão acendo as suas , é um momento único onde todos estão ligado por uma chama de fé  esperança.


Em toda a Grecia,na meia-noite do Megalo Sábado  para Domingo  é celebrado os rituais ortodoxos da ressurreição de Cristo. Sábado é o único momento em que jejua e a celebração  da missa  é encerrada com uma grande queima de fogos e gritam Kali Anastasi, que significa: Feliz Páscoa!


No grande Sábado da ilha de Corfu(Kerkyra), acontece um ritual muito interessante, às 11 horas os sinos anunciam a “Manhã da Ressurreição” e os moradores  jogam potes de cerâmica pelas janelas e varandas. Este barulhento hábito  traz a influência dos venezianos que jogavam objetos antigos para fora de sua janela no dia de Ano Novo, de modo que o Ano Novo lhes trouxessem muitas coisas novas. Outra, mais provável explicação é que o costume é de origem pagãos, pois quebrando as coisas e fazendo ruídos altos os gregos antigos queriam acordar Perséfone, a deusa da primavera  e acelerar a vinda de Primavera . Corfu é a  ilha mais procuradas nessa época do ano e a  sua Páscoa é conhecida por toda a Europa.


Na manhã do domingo de Páscoa, em muitas regiões do país é colocado no espeto o “ovelías” (carneiro pascoal). Em outras regiões, a carne da refeição pascoal (carneiro ou cabrito) é assada numa especie de churrasqueira. Em toda parte prevalece um ambiente de festa, e as pessoas habitualmente comem e se divertem até tarde de noite.
                                                                                     Deodato Gomes Costa
Bibliografia
MUNDO ESTRANHO, Revista. Publicação da Editora Abril. Mensal Abril de 2017 pág. 40 e 41.
PÁSCOA GREGA. Disponível em:<http://umabrasileiranagrecia.com/2014/04/pascoa-grega.html >Acesso em: 02 Abr. 2017
QUAIS TRADIÇÕES DA PÁSCOA EM OUTROS PAÍSES. Disponível em: <http://super.abril.com.br/blog/superlistas/7-tradicoes-estranhas-de-pascoa-ao-redor-do-mundo/>Acesso em 02 de Abr. 2017

Nenhum comentário: