OBRAS DO SASI

OBRAS DO SASI
SASI

Natal

Natal
natal

ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

APRENDIZAGEM

APRENDIZAGEM
APOIO

AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO
AVALIAÇÃO

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

ENEM

ENEM
ENEM

Inscrição

Inscrição
INSCRIÇÃO

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

sábado, 20 de maio de 2017

De 22 a 26 de maio de 2017 será nossa semana de revisão dos combinados.

De 22 a 26 de maio de 2017 será nossa semana de revisão dos combinados. Não deixem de concretizá-la, estaremos acompanhando. Os que não compareceram à última Reunião Pedagógica do dia 06 de Abril pedimos procurar se inteirar e cumprir a atividade. A indisciplina é uma das maneiras que os nossos adolescentes e jovens  têm de comunicar que algo não vai bem com eles. Por isso este é um excelente momento de escuta. Na sala de aula, o desafio é transformar, indisciplina e contestação em aliada, dando atenção ao jovem e ajudando-o a entender o que o incomoda.


Dificilmente o educador que se coloca na mesma posição que o jovem quando a desordem se instala consegue a ordem, a disciplina. Como discutimos em nosso Seminário Pedagógico do início do ano, 01 a 03 de Fevereiro de 2017 estudando o texto do Júlio Gropa Aquino, A Indisciplina na Escola Atual - http://www.revistas.usp.br/rfe/article/view/59634/62731, disciplina e autoridade não caem do céu, não existe receita nem mágica, tudo é fruto do empenho e de uso de estratégias para estabelecê-las de forma democrática. O texto do Júlio Gropa é o embasamento teórico do nosso trabalho, se preciso volte a ele. Todo este trabalho está baseado nesta teoria.  A autoridade é algo que se constrói. Ter autoridade não é o mesmo que ser autoritário. O estudante aprende a lição do limite, das regras quando entende/percebe que há direitos e deveres para todos, sem exceção.
O professor deve se dispor ao diálogo, para mostrar aos alunos o que a escola espera dele. O contrato pedagógico construído e acertado em nossa Semana Pedagógica de 01 a 03 de Fevereiro e revisto em nossa reunião do dia 06 de Abril, reabrirá o canal de comunicação entre  você colega professor e o seu aluno para estabelecer o que é bom para todos, sem se limitar a definir o que pode e o que não pode na sala de aula.
O combinado deve ainda deixar claro à turma tudo o que cabe a ela fazer para facilitar o ensino. Em contrapartida, o professor precisa fazer sua parte, sendo assíduo, preparando suas aulas e respeitando as diferenças, tratando todos de um modo justo. Além disso, o colega professor deve dar o exemplo, cumprindo tudo o que promete, como sempre falamos em nossas reuniões, você é a parte consciente do processo, a referência maior de valores e de ética, muitas vezes a única que ele tem. Você é o alvo educativo mais visível para onde seus alunos apontam.


Com responsabilidade, esse diálogo vai permitir de novo que todos digam novamente o que querem e o que não querem que aconteça. Vale a pena dedicar um tempo especial da sua aula à nossa Assembléia de Sala e sair dela com  uma carta dos combinados revisada e renovada. De 22 a 26 de Maio é hora de revermos os nossos combinados. Prepare antes este importante momento. Seja criativo, pense como você pode conduzir este relevante momento ético entre você e seus alunos. Quem sabe começar pedindo  ao aluno para fazer uma lista das infrações cotidianas da sala de aula e classifica-las como: graves, muito graves, médias e leves.

 Os objetivo é ajudar os estudantes a refletirem sobre suas ações, para tornar a sala de aula  agradável e produtiva e você ter todas condições para desenvolver o seu trabalho. Disciplina se constrói com intenção pedagógica, plano de aula atrativo e dispêndio do que temos de melhor em nós emocionalmente, intelectualmente para conquistar êxito. Sempre contamos com você. 
BOM TRABALHO!

Deodato Gomes 
 Baixe a ficha do Contrato e monte sua aula.





Nenhum comentário: