ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

sexta-feira, 16 de junho de 2017

OS MAPAS CONCEITUAIS SÃO DIAGRAMAS QUE INDICAM RELAÇÃO DE CONCEITOS RELEVANTES E HIERARQUIZADOS COM VISTAS À PROMOÇÃO DE APRENDIZAGENS SIGNIFICATIVAS. É UM BOM RECURSO PARA ENSINO E ESTUDO.

Uma estratégia de aprendizagem significativa
Surgido na década de 1970 com Joseh Novak, um estudioso dos Estados Unidos sobre aprendizagem humna, os Mapas Conceituais tem sua base epistemológica fundada na teoria construtivista de Jean Piaget e na aprendizagem significativa  de David Ausubel. Isso indica que ao elaborar este tipo de mapa o estudante não transcreve conceitos, mas, sim, constrói contextos por meio da atribuição de significados. As mudanças no terreno cognitivo do aluno (suas aprendizagens) ocorrem pela associaçãoa entre o conhecimento prévio já existente na sua zona de desenvolvimento e o conteúdo científico/escolar que se deseja aprender.

Conhecimentos interligados

Trata-se de uma ferramenta que permite a apropriação do conhecimento por meio da superação de atividades transcritórias presentes nos livros didáticos e utilizadas recorrentemente nas salas de aula das escolas. Estas representações gráficas podem ser construídas manualmente ou por um software chamado CMAP TOOLS. Independemente da forma escolhida para elaborar é importante considerar os seguintes elementos:

a-Proposição – composta por um ou mais conceitos que atuam como idéias centrais sendo interligados por uma “frase de ligação” que forma a unidade semântica.
b-Conceito – constituído por palavras que expressam ideias de regularidade nos acontecimentos ou nos objetos;
c-Frase de Ligação – organizada para unir os conceitos e assinalar as relações existentes entre eles, obrigatoriamente, deve conter verbo.

Elaborada por Deodato utilizando o Cmap Tools


Essa sequência organizada de conceitos fundamentais segue uma hierarquia de ideias – uma ordem de importância – sendo essencial que na seleção desses conceitos a escolha das palavras (substantivos) seja referente ao que se deseja incluir com maior atenção.

Destaco, ainda,  que os mapas de conceitos são estratégias ativas de ensino quando usado pelos professores para fazer suas aulas, ou de aprendizagem a partir do momento em que o estudante os utiliza como metodologia de estudo. Além disso, esses desenhos esquemáticos, podem ser aplicados no desenvolvimento de pesquisa multi, e interdisciplinares, nas mais diversas áreas de conhecimento.


É grande, portanto, a relevância dos mapas conceituais, por envolverem a aprendizagem com sentido e significado ao combinar, construção e aplicação de atividade operatória, que ultrapassa as barreiras do ensino clássico.  Fica aqui o convite a professores e alunos para vivenciarem esta prática, que estimula as mais diversas conexões, no processo de apropriação de conhecimento e saberes.

Relembrando passos para um Mapa Conceitual:

Um mapa conceitual, do mais simples ao mais complexo se aprende fazendo. Leia o texto, acesse os vídeos e depois exercite com persistência. Vale a penas insistir.
 1-Focar na ideia central.

2-Listar e ordenar os conceitos relevantes-necessário para transmitir/relacionar a ideia central- as plavras chaves.

3-Rasculho do mapa conceitual – unir e descobrir as relações entre eles.

4-Criação do mapa conceitual final-o mapa deve ser capaz de comunicar de forma clara a mensagem principal e também as conexões de conceitos e relacionados à ela.

Você também pode inserí-los em apresentações de trabalho compartilhando esta “estruturação mental” da ideia principal. 

Explicando o mapa conceitual





Vídeo aula com oficina sobre mapas conceituais –no Cmap Tools




Mapa conceitual no Word



Mapa conceitual para professores:


Nenhum comentário: