ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 29 de novembro de 2015

O ALUNO IANO do 3ºANO E A PROFESSORA TEREZINHA DA ESCOLA JOÃO BERALDO PARTICIPAM DA RODA DE CONVERSA EM TEÓFILO OTONI, AÇÃO DA VIRADA EDUCAÇÃO DO TERRITÓRIO MUCURI!

O aluno Iano do 3º ano vespertino e a Professora Terezinha de língua Portuguesa participaram nesta última quinta feira dia 26 de novembro da roda de conversa juntamente com mais 200 professores alunos da nossa regional da Roda de conversa da Virada Educação. A roda de conversa do Território Mucuri, realizada na Escola Estadual Tristão da Cunha, em Teófilo Otoni,  foi uma oportunidade de encontrar e discutir bem como refletir sobre a escola de hoje e a que se pretende construir no futuro. Durante todo o dia, estudantes e educadores puderam conversar sobre o que a escola tem de bom e em que ela pode melhorar, em especial para se tornar mais atrativa e afinada com a juventude. “Esta Virada Educação é um grande avanço, uma vez que nunca se construiu um projeto a partir da própria escola. Estávamos acostumados a receber propostas prontas a serem aprovadas ou não”, relata Maria Rosária Ribeiro Lopes Schaper, diretora educacional da SRE Teófilo Otoni. A proposta inovadora começa a reacender a “chama do encantamento”, disse a superintendente regional de ensino de Teófilo Otoni, Maria Helena Costa Salim. Com 39 anos de militância na educação, Maria Helena admite que a motivação da categoria estava em baixa há anos. “É uma proposta inspiradora, porque pela primeira vez se trata de ouvir todos os envolvidos e, principalmente, aqueles que estão na lida do dia a dia. Por um lado, é provocativo aos professores, ao colocá-los no centro da discussão de um novo projeto que cabe a eles propor e, por outro, aos alunos, que pela primeira vez têm espaço e voz para apontar os meios de tornar a escola atrativa”, relata a superintendente.
O aluno Iano no momento do lanche
A dinâmica das rodas de conversa seguiu a linha de alunos e professores debaterem e apontarem o que há de melhor e pior e propor soluções para suas escolas. As propostas serão compiladas e compartilhadas com todas as instâncias da educação. O mais importante, segundo o estudante Leandro Soares da Silva, 16 anos, da Escola Estadual Mestra Zulmira, município de Malacacheta, é a proposta ganhar a confiança de estudantes e professores que “passam a discutir seu próprio universo e como enfrentá-lo e transformá-lo”.
 Uma escola onde o aluno é o autor e personagem de sua própria história. Com essas palavras, a educadora Terezinha Barreiros dos Santos, definiu os objetivos da roda de conversa da Virada Educação Minas Gerais


Nenhum comentário: