Bullying

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

Mostrando postagens com marcador CONFERÊNCIA MEIO AMBIENTE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CONFERÊNCIA MEIO AMBIENTE. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 29 de março de 2018

ESCOLA RECEBE CERTIFICAÇÃO PELA REALIZAÇÃO DA V CONFERÊNCIA INFANTO JUVENIL PELO MEIO AMBIENTE, COM O TEMA VAMOS CUIDAR DO BRASIL CUIDANDO DAS ÁGUAS.



Com este Certificado encerramos uma das etapas da V Conferência. Entrego o mesmo  a todos os professores  como forma de agradecimento pelo bonito envolvimento que tonou possível este intenso processo de educação ambiental, em nossa escola. Sem o acolhimento deste trabalho por parte dos docentes jamais teria realizado com o sucesso que foi. Vocês são geniais!


Os nossos alunos também merecem pelo protagonismo da sua própria aprendizagem. Valeu meninos e meninas, este Certificado também é de vocês. 

Posteriormente divulgaremos o Projeto vencedor e os alunos que ganharam uma poupança no SICOOB.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Um dia depois em que se celebra o Dia Internacional da Água, a Escola João Beraldo realiza a sua V Conferência Nacional Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente, em 23 de Março de 2018.



Foi mágico, foi grandioso foi bonito  demais o nosso evento. A participação de todos neste momento tão significativo para a Comunidade João Beraldo garantiu o alcance de muitas aprendizagens para todos os nossos estudantes. Um mês de intensas pesquisas e estudo, muito debate e  busca de entendimento sobre este líquido precioso  que garante a vida da humanidade na terra  que é a água. Foi um tempo de muitas aulas diferentes, de visita a nascentes de rio com ações de reflorestamento para proteção, visita ao rio, à Ascata, ao aterro controlado do lixo que trouxeram muita consciência da necessidade de um consumo sustentável.  Foi um tempo em que relembramos momentos cruciais de seca que vivenciamos em Carlos Chagas. Faltam palavras para expressar este mergulho nestes momentos tão ricos da nossa escola. Cada aluno, cada professor foi vetor importante deste processo  educativo que fez a abordagem acerca desse líquido que é agora um dos grandes problemas de todos os países do mundo. O problema da água proporcionou momentos singulares e  rico de importantes reflexões.  A água é um  dos mais importantes bens naturais, um bem comum, e  hoje se tornou o centro de disputa entre grandes empresas transnacionais. Portanto é preciso aproximar esta temática da realidade das novas gerações.  A água corre livre na natureza,  gera vida por onde passa, porque deixá-la virar  mercadoria e  ser privatizada? É preciso lutar para fazer a defesa deste ingrediente essencial para a vida.

Fica aqui este recado:

OS RIOS CRESCEM PORQUE SUAS ÁGUAS SE ENCONTRAM. SE NOS ENCONTRARMOS COM O OBJETIVO DE CUIDAR DE NOSSAS ÁGUAS, CRESCEREMOS TAMBÉM.


Além de transformar a água em  mer­cadoria, as grandes em­presas trans­na­ci­o­nais que uti­lizam muito a água para a pro­dução de seus pro­dutos e conquistar os seus lucros re­a­lizam  a guerra da água em vários países do mundo se apropriando e deixando as populações com sede. Para ga­rantir a ma­téria prima sob seu con­trole com­pram terras onde existem grandes len­çóis de água e pri­va­tizam os ma­nan­ciais. Em nosso país não tem sido diferente,   em­presas como a Nestlé, Ambev e Coca Cola seguem nesta postura.





Sucesso total a V Conferência Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente na Escola João Beraldo. Participação massiva de toda a comunidade escolar. Depois de pouco mais de um mês de muito estudo, debates e discussões em sala sobre o problema da água os estudantes divididos em grupo criaram seu Projeto de Ação voltado para enfrentar o problema da água em nossa comunidade. 

Veja álbum completo:
https://photos.app.goo.gl/xbEBTOWwKExN0JKo1
Na conferência os estudantes apresentaram e defenderam seus Projetos que foram submetidos à apreciação de todos os delegados na V Conferência. 


Tudo começou com um momento de oração conduzida por Fleuza

que fez referência ao livro de Gênesis 1:1-2
 No princípio Deus criou os céus e a terra. Era a terra sem forma e vazia; trevas co­briam a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

Fundamental para o sucesso da V Conferência foi o envolvimento dessa equipe que deram as mãos e fizeram este momento acontecer com todo sucesso. 


O Engenheiro Ambiental Paulo Cézar Tomich marcou presença e ajudou na reflexão e avaliação dos Projetos de Ação construídos pelos alunos. 



Foi um momento em que paramos para pensar de onde vem esse bem precioso que é a propria vida. Como chega e como é tratada na escola e em nossa casa essa água que consumimos? 



Mais consciência  se criou da importância de cuidar desse recurso que é vital para a sobrevivência do ser humano no  planeta.

Marcou presença uma representante da Comunidade Quilombola dos Marques que nos contou como enfrentam o problema da água naquela comunidade. 




O vereador e professor Odeni falou sobre a necessidade de implementação de uma coleta seletiva em nossa cidade. Durante o tempo de estudo e pesquisa o professor acompanhou os alunos até a ASCATA  onde se faz o processamento dos objetos recolhidos para reciclagem.




 Visitaram também o aterro controlado e deu para perceber a necessidade de uma política de coleta seletiva, para redução do material que é descartado no aterro e aumento dos objetos a serem reaproveitados. 



O prêmio do Projeto de Ação escolhido na V Conferência contemplou os estudantes vencedores com uma poupança que foi doada pelo vereador Odeni.



sábado, 10 de março de 2018

OS RIOS CRESCEM PORQUE SUAS ÁGUAS SE ENCONTRAM. SE NOS ENCONTRARMOS COM O OBJETIVO DE CUIDAR DE NOSSAS ÁGUAS, CRESCEREMOS TAMBÉM.



Realizamos neste sábado dia 10 de Março o nosso 3º encontro Pedagógico, sempre regado por muitas discussões polêmicas e decisões que envolvem o nosso fazer docente. O tema da V Conferência ocupou quase todo o tempo: Cuidar do Brasil, cuidando das águas! Podemos também parafrasear: Cuidar da escola, cuidando das águas. E começamos o dia com uma palestra ministrada por um dos nossos alunos. 

O aluno do 2º ano Yann fez uma palestra para os professores, trazendo o problema da água da chuva e os impactos da mesma na escola e no seu entorno. Ele enfatizou a necessidade que se tem de fazer a captação da água da chuva e usá-la para fins não potáveis como: regar o jardim da escola, limpeza geral do prédio escolar bem como o uso na descarga dos vasos, como forma de uso consciente deste recurso que é de todos.
Vejam os slides da palestra do Yann:





Compartilhamos aqui todos o material utilizado na reuinão:
https://drive.google.com/drive/folders/1a5VOSEdgAJjIwgUL-U3BQE0gsMOGhIqp?usp=sharing

Voltamos ao tema da Conferência avaliando e retomando os pontos da sua organização:

Vimos que o tema “CUIDAR DE NOSSAS ÁGUAS” é extremamente importante, por inúmeros motivos, e abordá-lo no processo educativo é de grande valia para nossa escola e para construção das boas atitudes em nossos estudantes. 
Não basta falar por falar do tema. É preciso proporcionar ao aluno a informação correta e conquistá-lo para uma atitude de protagonismo  em relação à proteção da ÁGUA. Mas, como proteger a ÁGUA?
 O nosso Rio Mucuri tão sofrido é o resultado do encontro de vários pequenos rios e por isso ele é nosso rio maior. Se a gente se encontra  o objetivo de refletirmos e cuidarmos das nossas águas, também nos tornaremos grandes.

Trazendo para o universo pessoasl, vimos que:

CUIDAR DA ÁGUA é também ter como prática o uso responsável e o combate ao desperdício, ou seja, desenvolver o hábito de não escovar os dentes ou fazer a barba ou lavar a louça com a torneira aberta; não lavar a calçada com a mangueira aberta, desperdiçando água; reaproveitar a água da lavagem de roupa; guardar a água da chuva, não demorar muito embaixo do chuveiro, etc.


Aqui a discussão pegou, quando se analisou o problema do esgoto. Todos os presentes acham que estão pagando taxa de esgoto mas não está recebendo este serviço. Será que os nossos esgotos estão sendo lançados in natura no rio porque é fato que a taxa de esgoto está sendo cobrada em nossas contas. Mas falta nos esclarecimentos.
Que ações de cuidado das águas poderiam ser desenvolvidas?

 O bom e o correto uso do solo no espaço da Bacia Hidrográfica do nosso Rio Mucuri é fundamental para a proteção da ÁGUA: a existência de rede de coleta e de tratamento do esgoto para que o mesmo não seja lançado diretamente (“in natura”) no rio; a separação no domicílio e coleta do lixo para que o mesmo não seja carregado pela água da chuva para dentro do rio; o reflorestamento da mata ciliar e a manutenção do restinho que aind existe para retenção dos resíduos e fixação do barranco na beira do rio, de forma a impedir o seu processo erosivo; a vegetação ribeirinha necessária para a manutenção da temperatura adequada da água e também para evitar a erosão; o não uso de agrotóxico na beira do rio - (penso que isto aqui não temos) e a não construção de casas sobre nascentes ou na beira de rios e o não manilhamento dos cursos d’água são ações importantes de CUIDADO COM A ÁGUA.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

TODA ESCOLA JOÃO BERALDO MOBILIZADA PARA A V CONFERÊNCIA INFANTOJUVENIL NO DIA 23 de Março de 2018. Utilizando o formulário abaixo, organize grupos de 05 alunos por turma.


A  Escola João Beraldo está toda  mobilizada para a sua V Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA). A Escola participou de todas as Conferências que aconteceram até hoje.  Este grande encontro trabalhará a temática Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas. Depois da versão na Escola acontecerá em Belo Horizonte e em Brasília quando muitos  adolescentes serão levados para participarem da Conferência Estadual e Nacional.

Na IV Conferência  o nosso aluno Yan esteve em Belo Horizonte levando o Projeto de Ação que foi escolhido na Conferência da  Escola. 




No dia 23 de Março- Sexta-Feira a Escola realizará a sua V Conferência, “Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas”, no pátio da escola em um grande momento de educação ambiental.

Mobilizaremos pais, adolescentes e jovens da comunidade escolar, buscando promover a reflexão e o desenvolvimento de estudos,  proposição de ações e projetos no contexto da temática socioambiental, considerando os desafios e alternativas, na escola e em nossa cidade.

Desde que começou as aulas no dia 19 de Março,  estamos vivenciando a primeira parte da Conferência que é a fase de estudo do tema. Muito já se tem discutido e pensado sobre reutilização, captação, e economia de água e sobre o grande risco que o Planeta corre de faltar água no mundo. Os professores já definiram com os alunos os grupos que apresentarão o Projeto de Ação, concorrendo uma Caderneta de Poupança no Sicoob.

Formulário de estruturação dos grupos por turma.

https://drive.google.com/file/d/1HdnO56xEFiRnV5kFbAMZrA6UuGts8QaQ/view?usp=sharing

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

16 de Fevereiro de 2018 foi o 2º dia do nosso Momento Pedagógico, continuando com os registros.



O 2º dia do nosso Momento Pedagógico foi dedicado à organização coletiva da nossa V Conferência Nacional Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente, na Escola. Fizemos todas as outras, temos todos os certificados de participação fornecidos pelo Ministério do Meio Ambiente.  Começamos com a leitura da Carta do Diretor aos docentes. Este é um trabalho de grande relevância, um precioso momento de educação ambiental que necessita ser assumido por todos com compromisso e seriedade.







Para fundamentar o nosso trabalho pudemos contar com, Dr. Valdeí Gonçalves Viana que é ATB da Escola e também advogado que contribuiu de forma brilhante abordando sobre a Lei da Águas e seus desdobramentos ( Lei nº 9.433). A Lei foi publicada em Janeiro de 1997 e instituiu a Política Nacional de Recursos Hídricos. 


O Dr. Valdeí atendeu ao nosso objetivo que era o de nos ajudar a refletir acerca dos princípios fundamentais da Lei das Águas nos seguintes pontos:
  • A água como um bem de domínio público.
  • A água como um recurso natural limitado, dotado de valor econômico.
  • Como se coloca o problema da água em situações de escassez? 
  • Como fica o uso prioritário dos recursos hídricos quando confrontamos  o consumo humano, a dessedentação de animais versus o uso na industria e na agropecuária?
  • A gestão dos recursos públicos deve sempre proporcionar  o uso múltiplo das águas?
  • A bácia hidrográfica como unidade territorial para implementação do Plano Nacional de Recusros Hídricos (PNRH).
  • A  atuação do sistema nacional de gerenciamento de recursos hídricos.
  • A descentralização da gestão dos recursos hídricos e a participação do poder público, dos usuários e das comunidades. 


A palestra proferida por Dr. Valdeí Viana, sobre a Lei das Águas aconteceu em preparação para a V Conferência na Escola - Vamos cuidar do Brasil, cuidando das águas.


2 - Depois da Palestra, como se diz na linguagem da rede # partiuorganizaçãodaconferencia. Fomos para a organização da V CONFERÊNCIA NACIONAL INFANTO JUVENIL PELO MEIO AMBIENTE. Sem teoria não existe prática eficiente e o contrário também é válido. No coletivo, fizemos a leitura de alguns documentos e centramos foco no passo a passo da conferência. 

Conheça o tema da Conferência

Estudamos todo o passo a passo da Conferência e organizamos um cronograma. A nossa V Conferência acontecerá no dia 23 de Março de 2018, e o pontapé inicial com os alunos em sala  será o estudo do tema em sala de aula. Este é um momento importante que cada vai levar para os alunos a temática da conferência: Vamos cuidar do Brasil, cuidando das Águas. O professor deve vivenciar com todas as suas turmas a riqueza que envolve este tema, com foco principal na turma pela qual é responsável, com a qual deve construir seu projeto de ação. O grupo de 05 alunos que com melhor projeto, na escolha dos delegados da já tem garantido uma Caderneta de Poupança do SICOOB. Vejam como ficou nossa organização:






  • Até dia 31 de Março deveremos inserir o registro da Conferência no site do Ministério.
  • Premiaremos com uma caderneta de poupança do SICOOB o grupo de 05 alunos que apresentarem o melhor  Projeto de Ação, e que esteja seguindo as normas do trabalho.
  • Será escolhido também o aluno delegado e o suplente para participação nos outros níveis da Conferência se for o caso.
  • Serão escolhidos também na Conferência os membros da COMVIDAS.
Algo precisa ser feito para a educação das novas gerações em relação ao consumo consciente da água. Precisamos educar para consciência de cobrar dos governos,  das Industrias e dos que usam água na agricultura e na pecuária um uso racional desses recursos. Nós todos precisamos nos sensibilizar para um uso doméstico da água responsável e  sem desperdício, na escola e na nossa casa. Não podemos deixar o deserto acontecer para percebermos o imprescindível valor da água para a vida no Planeta.
                                          Somos todos água!
Deodato Gomes 

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

YANN - ALUNO DO6º ANO A FAZ PALESTRA EM BELO HORIZONTE, apresentando Projeto na Conferência Estadual Infanto Juvenil pelo Meio ambiente.


Momento da apresentação de Yann- ele teve 10 minutos para apresentar o Projeto.

Neste momento ele fala da possibilidade de captação da água das chuvas para uso não potáveis.

Este é o Yann-aluno do 6º ano A - Delegado à Conf!erência Estadual - Valeu Yann, você brilhou

     Se a criança, o jovem e o adolescente são o futuro do país, as discussões sobre a questão ambiental estão nas mãos certas na Escola Estadual Dr. João Beraldo. Participou nos dias 08, 09 e 10 e 11 de outubro de 2013 da ‘Conferência Estadual Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente’, em Caeté, na região metropolitana de Belo Horizonte o nosso alunoYann da Silva Cruz, aluno do 6º ano A. Na presença de muitas pessoas o nosso aluno Yann que foi Delegado à Conferência teve 10 minutos para apresentar o Projeto da Escola João Beraldo de Captação de Água da Chuva na Escola. Antes da Conferência Estadual tivemos que fazer a nossa Conferência onde teve o objetivo de discutir com todos os alunos a problemática ambiental da nossa escola e nossa cidade. Durante a Conferência os alunos colocaram o problema da água da chuva que empoça em frente à escola, provocando grandes transtornos para toda a comunidade escolar e da água que acumula próximo à quadra. Foi em função disto que a comunidade escolar aprovou O Projeto da escola denominado  ‘Gotas de Água Captadas, certeza de sustentabilidade brotada’. A ação propõe um trabalho de coleta da água das chuvas para uso não potável na escola. Yann foi o escolhido por todos para apresentar esta ação em Belo Horizonte.  Durante a nossa Conferência os alunos do 3º ano B vespertino desenvolveram o trabalho de   recuperação de   uma nascente próxima que se encontrava ameaçada.

sábado, 18 de maio de 2013

FORMAÇÃO CONTINUADA NA JOÃO BERALDO RECEBE A DEFESA CIVIL DE CARLOS CHAGAS EM REUNIÃO

   Aconteceu neste sábado dia 18-05-2013 um momento de formação no trabalho de toda a equipe de professores da nossa escola. Discutimos e organizamos um cronograma de acontecimento da IV CONFERÊNCIA INFANTO JUVENIL SOBRE O MEIO AMBIENTE, que acontecerá no dia  17 de Agosto de 2013. Toda a escola discutirá o problema da SUSTENTABILIDADE,  sempre seguindo o princípio de pensar e  agir local e globalmente.   Depois tivemos a presença de Silmar que é o coordenador da Defesa Civil, bem como de Juliano que é o seu auxiliar. Silmar em sua palestra fez uma alerta sobre o problema do lixo - tema que gerou muita polêmica junto aos professores - informou sobre a instalação de sirenes para alertar a população sobre qualquer iminência de perigo. Apresentou estatísticas sobre as enchentes de Carlos Chagas e falou sobre o problema que também a seca provoca. Agradecemos a Silmar e Juliano que sempre em espírito de servir nos atende com disposição e boa vontade. Clique na ilustração da conferência acima e veja  as fotos do momento vivenciado hoje. Para entender como  será realizada consulte a publicação "Passo a Passo para a Conferência de Meio Ambiente na Escola".