Bullying

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 25 de julho de 2021

Dia de São Cristóvão foi celebrado em Carlos Chagas pelo Pe.Felipe com carreata, benção das chaves e dos carros. Um momento de fortalecimento da nossa fé e devoção.

 


Neste domingo (25) foi  celebrado o Dia de São Cristóvão na cobertura da Comunidade Amigos de Jesus. São Cristovão é o padroeiro não somente dos motoristas mas também dos viajantes. Muitas vezes se menciona apenas os motoristas. Durante a Missa o Pe. Felipe fez menção a São Cristovão dizendo que pelo fato de ser Santo não significa que não tenha pecado, mas que como Santo teve uma "vida que nos aponta" para um compromisso com Jesus e para a partilha, tema da Liturgia da Palavra. Deus conta com o pouco que temos para fazer multiplicar. 

O nome Cristóvão, significa “aquele que carrega Cristo”, nome adotado desde o dia em que teve a oportunidade de carregar o menino Jesus nos ombros.

A Oração do motorista foi entregue a todos após a celebração:


 

terça-feira, 20 de julho de 2021

PARABÉNS AO PREFEITO NANAYOSKI!



PARABÉNS AO PREFEITO NANAYOSKI!

Hoje dia 20 de Julho, Carlos Chagas  amanheceu em festa. E logo fomos agraciados com um gostoso café da manhã preparado por D. Áurea para celebrar o aniversário do nosso Prefeito.

Parabéns Prefeito pelo trabalho desenvolvido em nossa cidade, em todos os setores da administração pública. Na entrevista pudemos ver o quanto a cidade avança na entrega das melhorias para sua população.

Que Deus continue lhe iluminando, protegendo, e lhe dando vida longa, tendo muitos motivos para comemorar hoje e sempre!

Feliz Aniversário e muitas felicidades!

Deodato Gomes Costa

Secretario Municipal de Educação 

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Volta às aulas no 2º semestre em Carlos Chagas, será 03 de agosto de forma presencial. Confira o calendário. Escolas entram em recesso nos próximos dias e retornam em agosto com as atividades pedagógicas presenciais para todos os estudantes cujos pais autorizaram.



A rede municipal de Carlos Chagas estará retomando as atividades pedagógicas presenciais nas suas escolas, a partir do dia 03 de Agosto, de maneira segura, híbrida, gradual e facultativa. Nossa cidade avançou para a onda amarela, fruto de um trabalho exitoso da Secretaria de Saúde que se empenhou para que chegássemos a esta situação. No entanto sabemos que agora aumenta ainda mais a responsabilidade para manter esta classificação.  O nosso retorno está sendo preparado pela Secretaria de Educação desde  janeiro deste ano, junto às Escolas e seus Gestores,  quando vimos estudando e apropriando de  todos os documentos e informações emitidas pelas autoridades de saúde e preparando o ambiente escolar para receber as crianças e adolescentes cujos pais autorizarem o retorno para ao presencial. Com muita cautela e cuidado aguardamos todos os nossos estudantes para vivenciarmos, cumprindo responsavelmente os devidos cuidados, importantes momentos de aprendizagem presencial.

Calendário 2021 aprovado pelo Serviço de Inspeção.


domingo, 18 de julho de 2021

Célestin Freinet - Concepções de Escola, Ensino e Aprendizagem.

 Célestin Freinet - Concepções de Escola, Ensino e Aprendizagem.

Pedagogia Freinet

 

A Pedagogia Freinet é uma proposta pedagógica que tem em mira modernizar a escola, marcando assim uma nova etapa da evolução da mesma, através de uma gama de valores alicerçados no bom senso. Freinet não quer uma escola à parte, mas a própria escola pública (escola do povo) é que deverá ser modernizada para atender, na sua essência, às necessidades do povo. Para isso ele põe em evidência meios que revolucionaram, tanto a educação de um modo geral, quanto à escola em particular, estabelecendo uma verdadeira relação professor-aluno.


Trata-se de um movimento de reação contra tudo o que existe de tradicional na escola. A sala de aula passa a ser o lugar onde professor e alunos discutem conjuntamente, em clima de harmonia e disciplina, tanto os conhecimentos básicos da aprendizagem, como os problemas da vida cotidiana.


É uma educação que respeita o indivíduo e a diversidade e reencontra a identidade própria do ser humano através da individualidade de cada um; que respeita as crianças tais quais elas são, sem submetê-las a modelos pré-estabelecidos e que as ajuda na formação de sua personalidade. É uma pedagogia real e concreta que procura oferecer às crianças e aos adolescentes uma educação condizente com as suas necessidades e mediante as práticas cotidianas.


É uma escola do povo. Escola essa que procura responder aos anseios individuais, sociais, intelectuais, técnicos e morais da vida desse povo, numa sociedade em pleno desenvolvimento tecnológico e científico.

É uma pedagogia que tem em mira formar o homem mais responsável, capaz de agir e interagir no seu meio; um homem mais apto a contribuir na transformação da sociedade. Para tanto, na sua prática educativa, tem primazia o desenvolvimento do espírito crítico, o questionamento das idéias recebidas, o espírito de curiosidade.


Os fundamentos e as linhas de ação da Pedagogia Freinet, estão centrados no "homem" a fim de elevá-lo a mais alta dignidade do seu ser. E a realização plena de sua personalidade através da vivência de sua cidadania.


Técnicas desenvolvidas por Freinet

1 - Aula-Passeio ou aula de campo

2 - Auto-avaliação

3 - Auto-correção

4 - Correspondência interescolar - alunos comunicam-se com outros estudantes de escolas diferentes

5 - Fichário de consulta

6 - Imprensa escolar

7 - Livro da vida - cadernos que alunos registram seus sentimentos, impressões, pensamentos

8 - Plano de Trabalho

9 - Texto livre - é livre em formato e tema

http://letrasunifacsead.blogspot.com/p/celestine-freinet-concepcoes-de-escola_23.html

GOSTAR DO FILHO é uma palavra encantada! Leia!...

 


 Gostar do filho é saber-se ridículo no meio da mais completa grandeza. É ser piegas tanto quanto profundo e conviver com o que se soube economizar do emprego com o padrão vida. E descobrir-se mudando a cada dia, um reviver aprendido.

 Gostar do filho é perceber-se nada ante seu olhar implacável e sentir-se tudo ante sua dependência. E babar retratinhos, depois de tê-los desdenhado nos outros. É voltar a parques e circos sem precisar de desculpas, e fingindo que reclama do "trabalhão que eles dão". Gostar do filho é reencontrar medos antigos que ficaram sepultados na personalidade adulta. E aprender a calar pois chegará o momento de dizer (nem sempre é na mesma hora). Gostar do filho é sobretudo saber "não saber". Ou testar o que sabe, com modéstia e humildade.

 E incorporar o que não sabe sem inveja. É usar o que sabe com prudência. É reformular a cada dia. É confirmar a cada instante. É tanto conhecer o que muda, como o que não muda, e saber distinguir os dois na hora certa.

 Gostar do filho é sentir seu crescimento. Acompanhar seios, barbas, hormônios, fala, baba, cheiros, pêlos, palavras, letras, cadernos calças, espasmos, choros, medos, surfe, pelada, boneca, sexo, piriri, espanto, esbarro, radiografia, namorada, astronomia, mesada, mulher, homem, tudo acompanhar no mais altruísta dos egoísmos.

 Gostar do filho é permitir-lhe o vôo, no máximo ensinando-o a distinguir ninho de arapuca. É amar a liberdade, mas ter medo da dele, permitindo-a. Gostar do filho é desaprender a dormir para poder dormir em paz. É aprender a renunciar e a agüentar. É redescobrir agasalhos, natais, escadas rolantes, selos, caixas de fósforo, botão, prancha ou vestidinho. É conviver, roçar a pele, ficar todo mole quando ganha um .abraço espontâneo depois de ter rejeitado tantos outros lá fora. E ser cego e clarividente. Profeta e embotado. Sábio e burraldo. Valente e covarde. Bobão e frio. Inseguro e protetor.

 Mas gostar do filho é sobretudo saber esperar. Não ter a pressa de aceitações, entendimentos e devoluções à vista. E saber conquistar pelo menos uma lembrança compreensiva, não importa quando venha, no fim dos tempos ou depois de amanhã.

 Saber esperar as quatro estações cuidando as podas, regas, adubos, como quem cumpre um ritual, se possível cantando as canções da colheita, as que trazem a messe e a esperança do fruto. Que virá. Carregado de sementes.

                                Por Artur da Távola

Retirado do Livro;

ANDRADE, Durval Ângelo e GONÇALVES, Ana Maria-              Palavras Encantadas, 11ª edição. Belo Horizonte:                     Expressa, 2014 , p.175

sábado, 17 de julho de 2021

Organização do Trabalho Pedagógico - Pensadores da Educação - Freinet

1896-1966

"A democracia de amanhã se prepara
na democracia da escola"


Celestin Freinet, educador francês que desejava criar um sistema democrático de educação, livre de contradições sociais. Para ele, a escola tradicional era fechada, contrária à descoberta, ao interesse e ao prazer da criança e a escola nova também, principalmente os modelos Decroly e Montessori, eram criticados por Freinet. Seu objetivo básico era desenvolver uma escola popular.


Freinet foi criador, na França, do movimento da escola moderna. O movimento pedagógico fundado por ele caracteriza-se por sua dimensão social, evidenciada pela defesa de uma escola centrada na criança, que é vista não como um indivíduo isolado, mas fazendo parte de uma comunidade. A escola por ele concebida é vista como elemento ativo de mudança social e é também popular por não marginalizar as crianças das classes menos favorecidas.

Este educador questionava a definição de materiais, de locais e de condições especiais para a realização do trabalho pedagógico. Propõe o trabalho/jogo como atividade fundamental, com técnicas construídas com base na experimentação e documentação, que dão à criança instrumentos para aprofundar seu conhecimento e desenvolver sua ação.

Algumas técnicas da pedagogia de Freinet: o desenho livre, o texto livre, as aulas-passeio, a correspondência interescolar, o jornal, o livro da vida (diário e coletivo), o dicionário dos pequenos, o caderno circular para os professores, etc. Essas técnicas têm como objetivo favorecer o desenvolvimento dos métodos naturais da linguagem (desenho, escrita, gramática), da matemática, das ciências naturais e das ciências sociais. Porém, essas técnicas não são um fim em si mesmas, e sim, momentos de um processo de aprendizagem que, ao partir dos interesses mais profundos da criança, propicia as condições para o estabelecimento da apropriação do conhecimento.

Sua proposta é centralizada na criança e baseada sobre alguns princípios:
  • senso de responsabilidade
  • senso cooperativo
  • sociabilidade
  • julgamento pessoal
  • autonomia
  • expressão
  • criatividade
  • comunicação
  • reflexão individual e coletiva
  • afetividade

sexta-feira, 16 de julho de 2021

COVID-19: Carlos Chagas avança para onda amarela do programa minas consciente

 


A nova medida, que entra em vigor nesta sexta (16), foi tomada após melhora nos índices do novo coronavírus.
A Secretária de Saúde, Ludmila Souza anunciou na manhã desta sexta-feira (16), que Carlos Chagas saiu da Onda Vermelha e agora integra a Onda Amarela, do Minas Consciente, o que significa uma flexibilização do comércio e também a retomada das aulas.

O prefeito de Carlos Chagas, Nanayoski Tavares explicou que a cidade é a única da microrregião que saiu da onda vermelha, conforme o boletim da Gerência Regional de Saúde do Estado de Minas Gerais. Ele aproveitou para agradecer a população e ao comércio pelo esforço dedicado e alerta que as medidas de proteção precisam ser seguidas rigorosamente, pois a pandemia ainda não acabou e as regras visam evitar uma situação de risco à saúde da população.

Nesta onda, além dos serviços essenciais, outras atividades como as autoescolas, salões de beleza e o comércio varejista de cama, mesa e banho, podem funcionar.

De acordo com o protocolo do programa Minas Consciente, a onda amarela permite um limite de ocupação de 75% em hotéis e atrativos culturais e naturais. Libera ainda eventos com até 250 pessoas; com a capacidade de uma pessoa a cada 4 metros quadrados e com distanciamento linear de 1,5 metro.

FONTE: André Figueiredo 

Romeu Zema anuncia o fim do parcelamento dos salários-Servidores do Executivo recebiam de forma parcelada desde fevereiro de 2016



Depois de cinco anos e meio recebendo os salários de forma parcelada, finalmente os servidores do Poder Executivo de Minas Gerais voltarão a ter os seus vencimentos depositados integralmente no quinto dia útil do mês. O anúncio foi feito pelo governador Romeu Zema em vídeo divulgado nas redes sociais na manhã desta sexta-feira (16/7). O pagamento integral será feito a partir do salário depositado em agosto, referente à folha de julho.

No comunicado, que conta com a participação do secretário de Estado de Fazenda, Gustavo Barbosa, Zema destaca os esforços da sua administração para pôr fim ao parcelamento iniciado no governo passado, em fevereiro de 2016.

“A partir do pagamento de agosto os servidores voltarão a poder contar com o salário no início do mês para honrar seus compromissos, o que não ocorria desde janeiro de 2016. O parcelamento de salários era uma situação que me incomodava muito e estou muito feliz de conseguir cumprir uma das principais metas do meu governo. Felizmente, graças ao empenho do nosso governo em resolver a situação, ao aumento das receitas do Estado e também à venda da folha, que aconteceu hoje, teremos condições de voltar à normalidade, no que diz respeito ao pagamento dos salários”, resumiu Zema.

O secretário Gustavo Barbosa complementou dizendo que o fim do parcelamento atinge todos os servidores do Executivo (ativos, inativos e pensionistas). Segundo ele, apesar da crise econômico-fiscal enfrentada por Minas Gerais, o planejamento financeiro foi primordial para a mudança do cenário.

“Primeiro, conseguimos garantir a previsibilidade ao diminuir o número de parcelas de três para duas, sempre pagando na data divulgada, sem atraso. Agora, com os recursos obtidos com a venda da folha de pagamento do Estado, teremos plenas condições de garantir que os servidores recebam os seus salários integralmente”, informou Barbosa.

Venda da folha

A venda da folha de pagamento do Estado foi concretizada nesta sexta-feira, por meio de um pregão, modalidade de licitação que tem como característica a agilidade e a economia para a administração pública.

A oferta vencedora foi a do banco Itaú, que ofereceu R$ 2,42 bilhões, 18% a mais do lance mínimo de R$ 2,052 bilhões exigido pelo Estado para concretizar o negócio. O valor também é 30% maior do que o último leilão da folha dos servidores, quando o Estado arrecadou R$ 1,85 bilhão.

Diferentemente da venda ocorrida em 2016, quando foram pagos R$ 1,39 bilhão à vista e R$ 460 milhões em 60 parcelas, desta vez o valor será depositado integralmente na conta do Tesouro Estadual. O tempo de vigência do contrato continua a ser de cinco anos.

Gestão eficiente

O fim do parcelamento dos salários dos servidores do Executivo após cinco anos e meio é um exemplo de uma gestão eficiente. Desde que assumiu o governo, em janeiro de 2019, Romeu Zema tem priorizado o uso correto do dinheiro público.

Uma de suas principais medidas foi a implementação de um programa de ajuste de gastos. Apenas nos primeiros dois anos, em função das ações adotadas, o governo mineiro conseguiu reduzir em 49% as despesas não obrigatórias do Estado, tais como aluguéis, diárias, passagens, almoxarifado e contas de água e de luz, proporcionando uma economia de R$ 1,2 bilhão no período.

Outro ponto de destaque da eficiência da atual administração é o pagamento dos repasses constitucionais de ICMS, IPVA e Fundeb devidos pela gestão anterior aos 853 municípios de Minas. Dos R$ 7 bilhões previstos no acordo feito com a Associação Mineira de Municípios (AMM), o atual governo já repassou R$ 4,3 bilhões, o equivalente a 61,6%. Das 33 parcelas previstas, 19 já foram pagas, mesmo diante da crise econômico-fiscal enfrentada por Minas Gerais.

 Via Agência Minas
Foto: Agência Minas