sexta-feira, 3 de julho de 2015

ALUNOS DA ESCOLA JOÃO BERALDO VIAJAM DE TREM!


Os nossos alunos fizeram uma viagem de trem de Timóteo até Ipatinga. Na próxima viagem que fizerem, depois desta experiência os alunos considerarão agora muito alta a possibilidade de se utilizar o trem como meio de transporte. É barato, comparados ao aluguel de um carro, levando-se em conta combustível, estacionamentos e segundo porque se pode apreciar as belas paisagens comodamente sentado em um vagão. Foi uma festa andar de trem.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

ALUNOS DA JOÃO BERALDO VISITAM O PARQUE DA CIÊNCIA EM IPATINGA.


Os alunos da Escola João Beraldo visitaram neste dia 1ºde Julho o Parque da Ciência que é um centro de ciências interativo que realiza exposições em diversas áreas do saber, com o objetivo de popularizar a ciência e promover a educação científica. Percebemos o despertar do espírito científico, a curiosidade e o gosto pelas ciências dos alunos presentes, diante dos mais de 100 experimentos interativos que  o Parque da Ciencia ofereceram aos nossos alunos de  uma maneira inusitada e estimulante. Os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer os fenômenos naturais e as relações do homem com o mundo e participaram das experiências ligadas a grandes descobertas da humanidade. Foi um momento de grande encontro com o conhecimento. Veja o slides com o registro do momento.

ALUNOS DA ESCOLA JOÃO BERALDO VISITAM O IPATINGÃO

           No dia 01 de Julho, foi legal demais visitar o Estádio Municipal João Lamego Netto,  mais conhecido como o Ipatingão. A alegria dos alunos foi grande ao conhecer toda a infraestrutura: sua grama irrigada por sistema subterrâneo, os vestiários, os placares eletrônicos, os 30 guichês de bilheterias além de um carrinho maca elétrico. Foi uma festa, confira as imagens, no slides abaixo.




sábado, 27 de junho de 2015

ESCOLA JOÃO BERALDO CONVOCA PROFESSORES PARA 2ºCONSELHO DE CLASSE EM 04 DE JULHO DE 2015 - SÁBADO

O conselho de classe é uma das poucas oportunidades em que é possível reunir todos os professores das diversas disciplinas de um mesmo ano com o objetivo de analisar os processos de ensino e de aprendizagem sob múltiplas perspectivas. Esta reunião  possibilita aos docentes uma interessante experiência formativa, permitindo a reavaliação da prática didática e a detecção de problemas relativo a vida escolar dos alunos oportunizando assim a construção de um Plano de  intervenção.

LOCALIZEM OS CRONOGRAMAS DOS CONSELHOS Clicando  nos links abaixo:

Cronograma do Conselho do Matutino

Cronograma do Conselho do Vespertino

Conselho do Noturno que será no matutino

sexta-feira, 26 de junho de 2015

PROFESSOR CARLOS TORRENTE FAZ REUNIÃO COM ALUNOS DA ESCOLA JOÃO BERALDO E INCENTIVA OS JOVENS A ESTUDAREM MATEMÁTICA, PARA ALCANÇAR O SUCESSO!




Hoje, dia 26 de junho de 2015, às 17 horas, tivemos a honrosa presença do Professor Carlos Torrente em nossa escola. Como coordenador das Olimpíadas da Matemática, ele veio para uma reunião exclusiva com os nossos alunos e trouxe uma mensagem de esperança e fé bastante convincente. É possível sim aprender matemática, conquistar medalhas e vencer na vida com a matemática,  isto foi mostrado pelo Professor Carlos por meio do exemplo de vários alunos que apesar de viver em situações bastante adversas, conseguiram êxito alcançando vários prêmios através da dedicação ao estudo da matemática. Alguns alunos da nossa escola já receberam menção honrosa inclusive a aluna Clara Viana que disse que valeu a pena a presença do Professor Torrente, porque ele veio “estimular os jovens a querer mais, a buscar mais e a se convencer de que é possível aprender e vencer através da matemática”. Nossa gratidão ao Professor Carlos, que veio de Governador Valadares e nos engrandece com seu persistente trabalho de levar esta mensagem ao jovem e  ajudá-lo à acreditar em si mesmo por meio da matemática.
O Professor apresentou este documentário sobre a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas - OBMEP - mostrando como esta acontece em todo o Brasil. Na ocasião ficamos conhecendo a história de dois simpáticos adolescentes, o Ronaldo, do Acre, e a Tábata, de São Paulo que com muito esforço e estudo conquistarm várias medalhas. Confira!



quarta-feira, 24 de junho de 2015

ESTRELAS DO TURNO MATUTINO - Os sonhos não determinam o lugar onde vocês vão chegar, mas produzem a força necessária para tirá-los do lugar em que vocês estão. Sonhem com as estrelas para que vocês possam pisar pelo menos na Lua.


OBRAS LITERÁRIAS DO VESTIBULAR SERIADO – SASI E O CRONOGRAMA DO MESMO SÃO INFORMADAS PELO EDITAL DA UNIVERSIDADE - A LEITURA DAS OBRAS LITERÁRIAS É FUNDAMENTAL PARA O ESTUDANTE QUE SONHA EM INGRESSAR NA UFVJM.

Caríssimos alunos,
      Vocês devem conhecer esta falas,   “Meus filhos terão computadores sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, eles serão incapazes de escrever – inclusive sua própria história”. Acrescentamos mais ainda ao pensamento de Bill Gates,  serão incapazes de perceber o mundo em que vivem, serão  alienados, sem competência para entender seu espaço e seu tempo.  A declaração de Bill Gates expressa com lealdade a importância da leitura, principalmente neste momento em que você fará o Vestibular Seriado – SASI da UFVJM,  bem como o ENEM.  Além de melhorar a escrita e estimular a imaginação,  ela também proporciona diferentes tipos de conhecimentos em variadas áreas e para toda vida. A leitura integral da obra é fundamental, a opção pelos resumos não deve prescindir da leitura desta. Os resumos são simples instrumentos de rememoração do que foi previamente lido. Esteja atento às temáticas e aos aspectos das obras literárias.
Peça a isenção da taxa, clique na imagem abaixo:

Obras Literárias da 1ª Fase do SASI
 Obras Literárias da 2ª Fase do SASI
·       - Dom Casmurro – Machado de Assis - http://machado.mec.gov.br/images/stories/pdf/romance/marm08.pdf
·       - Monte Castelo – Legião Urbana - 


 Para quem quer alcançar o sucesso não se  pode nem pensar em não ler. A gente aprende a ler lendo. Dê esta chance a você.  Leia e veja a qual temática as obras se referem. É fundamental observar também a contextualização histórica dos enredos.          Boa Leitura!     Por: Deodato Gomes    
    Todas as obras são de domínio público e se encontrama qui no nosso Blog  bem como na Papelaria Machado, para cópia. Você tem a opção de ler em seu celular, no tablete ou cópia física.  
ATENÇÃO PARA AS DATAS:
Realização da SASI 2015.
·    22/06 a 09/07 - Pedidos de Isenção
·    03/08 - Resultado dos Pedidos de Isenção
·    03/08 a 10/09 - Inscrições

·    15/11 - Realização das Provas

domingo, 21 de junho de 2015

JÁ É INVERNO NO NOSSO GIRASSOL



Queria marcar o início do inverno aqui no Girassol que começa hoje dia 21 de junho às 13 horas. O que poderia ser apresentado que remetesse ao inverno, ao frio? Qual a melhor maneira de representar esta estação? Como poderia fazer isto? Algumas canções populares que tem o inverno como temática, poderiam ser utilizadas. Pensando melhor, não tem como não ser Inverno de Vivaldi. Este clássico tem uma força inacreditável e tanta beleza que não se sabe explicar. Parece que ela vem do nosso mais profundo infinito, de uma plenitude humana inconcebível e particular que contagia até os sem sentimentos. A gente não entende de música clássica mas ao auví-la somos capazes de captar esta força poderosa que, neste caso, representa muito bem a força que esta estação tem sobre nossas vidas. Inverno faz parte de um movimento maior chamado de As Quatro Estações, obra mais conhecida de Vivaldi, este músico italiano de estilo barroco tardio. Vivaldi, um notável, nasceu em Veneza em 04 de Março de 1678 e faleceu em 23 de julho de 1741 aos 63 anos, ficou um bom tempo esquecido sendo muito valorizado mais recentemente.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Professores podem se inscrever em especialização sobre linguagem, tecnologia e ensino até dia 30 de junho - O curso é oferecido pela Faculdade de Letras da UFMG.

         
 Divulgamos aqui um Curso para Professores com o objetivo de aperfeiçoar os conhecimentos sobre cultura digital, ambientes virtuais de aprendizagens e o uso de tecnologia em sala de aula. Vão  até dia 30 de Junho as inscrições. O curso é oferecido pela Faculdade de letras da Universidade Federal de Minas Gerais. As inscrições poderão ser feitas pelo site: www.letras.ufmg.br/lte  Telefone para contato:(31)3409-4220) 
       Para concorrer à vaga no curso de especialização, o professor deverá ter concluído o curso de graduação, além de  preencher uma declaração na qual informará que dispõe de computador com conexão à internet e pelo menos seis horas semanais, de segunda à sexta-feira, para acompanhar as atividades do curso. As atividades serão ofertadas por dois anos consecutivos até a conclusão do curso. Saiba mais no edital de seleção.
        O curso será oferecido na modalidade a distância com início no 2º semestre de 2015. A seleção dos educadores que participarão do curso ocorrerá no dia 07 de julho de 2015.
       1- A documentação deverá ser enviada exclusivamente de forma digital para o e-mail selecaoltefale@gmail.com . A data-limite para o envio da documentação é 30 de junho de 2015.
2-Para se inscrever no processo de seleção, o candidato deverá apresentar, no ato da inscrição, os seguintes documentos: a) cópia da carteira de identidade; b) cópia do CPF; c) cópia do diploma de graduação ou documento equivalente, expedido por estabelecimento oficial ou oficialmente reconhecido, ou de outro documento que comprove estar o candidato em condições de concluir o curso de graduação até o término do período para o registro acadêmico no curso de pós-graduação, ficando tal registro condicionado à prova de conclusão da graduação; d) histórico escolar; e) curriculum vitae; f) no caso de ser o candidato brasileiro, prova de estar em dia com as obrigações militares e certidão de quitação eleitoral (a ser obtida em http://www.tse.jus.br/eleitor/certidoes/certidao-de-quitacao-eleitoral), no caso de ser o candidato estrangeiro, os documentos exigidos pela legislação específica e o certificado de proficiência em língua portuguesa oficial do MEC, o CELPE-BRAS; g) declaração de disponibilidade de carga-horária e afirmando ser capaz de ler textos em inglês assinada pelo candidato (ver modelo no ANEXO I); h) comprovante de pagamento de inscrição no valor de R$40,00 (quarenta reais); i) cópia do comprovante de endereço residencial; j) cópia da certidão de nascimento ou de casamento. Só serão deferidos os pedidos de inscrições com a documentação completa.
3- VIII – Do Registro e Da Matrícula. O candidato aprovado no processo seletivo de que trata este edital deverá efetuar, exclusivamente pela internet, no período de 14 a 17 de julho de 2015, o seu cadastro prévio, mediante o preenchimento de formulário disponível no site https://sistemas.ufmg.br/cadastroprevio. O mesmo deverá firmar o contrato relativo ao curso na FUNDEP ou pelo site www.fundep.ufmg.br, no período de 14 a 17 de julho de 2015 e apresentar à Secretaria do curso – sala 1.000 A, da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais – ou encaminhar por e-mail (ltefale@gmail.com), no primeiro dia de aula (03 de agosto de 2015), o comprovante do pagamento da 1ª mensalidade do curso.
4- Para obtenção do Certificado de Especialista em Ensino de Línguas Mediado por Computador, o aluno deverá ser aprovado nas disciplinas cursadas, ter completado 24 créditos, totalizando 360 horas/aula e ser aprovado no trabalho de conclusão do curso.
Veja o Edital na íntegra:CLIQUE AQUI
Fiquei feliz em divulgar o Curso mas fiquei triste ao saber que o Curso é pago. Veja os valores deste curso. Decepcionei-me com este preço. Não cabe no orçamento de um docente. VALOR À VISTA: R$ 6.480,00 | VALOR A PRAZO: 24 parcelas x 300,00 a primeira na matricula e as demais com vencimento todo dia 10 a partir de agosto/2015. Gostaria de saber,  como um professor pode custear um curso desse valor e em Belo Horizonte?

terça-feira, 16 de junho de 2015

ESCOLA ENCERRA UM DOS SEUS GRANDES TRABALHOS: a excursão educativa à Pedra da Baleia. Foi gratificante subir a 602 metros de altitude.



Encerramos um dos grandes trabalhos da nossa escola, todos os alunos visitaram a Pedra da Baleia e como contrapartida escreveram seu relato de viagem, inspirados em Amyr Klink, que atravessou o Atlântico, saindo de Salvador na Bahia em direção a Namíbia no Sul da África, tendo como transporte apenas  uma embarcação a remo. Foi gratificante subir os 602 metros de altitude da Pedra da Baleia, com todas as turmas da escola,  e ter aquela belíssima visão de vários morros de granito. Para chegar à Pedra da Baleia, seguindo a rodovia BR 418, entre a nossa cidade e o Posto Kaladão, entra-se para a esquerda em uma estrada que leva ao distrito de Presidente Pena. Depois toma-se uma porteira também à esquerda ao lado de um curral, segue uma estrada de chão batido, depois sobe-se pelo leito da própria pedra. E aí é só deliciar da caminhada de 1 hora e da paisagem deslumbrante que é incrível. 

FESTA JUNINA NA ESCOLA JOÃO BERALDO MANTÉM VIVA AS TRADIÇÕES JUNINAS! Confira nas imagens!



Tradição é para ser mantida, e se existe uma tradição que está incrustada, como um cristal na alma da nossa Carlos Chagas, são os festejos juninos realizados pelas escolas. A escola tem um papel importante frente a preservação da cultura. A criatividade do povo é grande e sempre reinventa formas novas de expressar seu jeito de fazer, ser e ver as danças e comidas deste momento. Não existe nenhum povo que não se encontra para festejar. Muitos reclamam da ausência do xote e dos forrós típicos do nordeste tão representativos deste tempo, nas festas juninas de hoje. No entanto os alunos fazem uma mistura de ritmos e danças que acabam combinando e atualizando esta tradição. Assim as escolas seguem cumprindo seu importante papel de não deixar morrer as alegrias juninas na cidade, a partir do momento que oportunizam a toda a população e aos seus educandos a participação nesta festa. É um momento de diversão, regado a quentão sem álcool, bolo de milho, cocada, quibe, pastel, caldo de mandioca, pé de moleque e muita brincadeira, tudo  numa combinação perfeita da escola com os santos: São João, Santo Antônio e São Pedro. Apesar do clima de violência que toma a cidade, ainda não escutamos nenhuma notícia de agressão nas festas realizadas pelas  escolas da nossa cidade. Assim, a cada ano  vai ficando acesa mais do que nunca, no coração cultural das novas gerações, através da escola,  esta alegria de dançar um forró e um xote, mas também de combinar todo o São João com uma coreografia variada e até do funk. Olhem, que nestes festejos,  ninguém discute religião, o que as pessoas menos querem  é venerar os Santos típicos desta época, o que faz mesmo a cabeça do povo, é cair na alegria de comer muitas coisas gostosas e se mexer aos som dos ritmos juninos. Como uma escola pode deixar de prestar este serviço tão importante à comunidade, sendo ela uma promotora da cultura local? Como uma escola pode deixar de garantir a transmissão desse patrimônio imaterial? Como pode deixar de manter esta tradição quase centenária da nossa cidade e retirar o direito das novas gerações dançar a tradicional quadrilha? Como Festa Junina é sempre sinal de muito trabalho colaborativo,  salientamos aqui a grande participação de pais e alunos, para fazer valer esta bela festa.  Nada justifica não fazê-la. Desafiamos todos a visitarem as escolas da nossa cidade e comprovar como elas se transformam em verdadeiros Arraiás nesta época. Nossa gratidão a todos vocês que ajudaram a fazer esta GRANDE FESTA JUNINA!  2016 TEM MAIS!...

sábado, 13 de junho de 2015

Realizamos hoje a nossa 5ª Reunião Pedagógica do ano, antes da nossa Festa Junina. Tudo começou com um gostoso Café da manhã regado a bastante conversa.


NA 5ª REUNIÃO PEDAGÓGICA ASSISTIMOS O CLIPE EM HOMENAGEM A CARLOS CHAGAS.Confira!

Este vídeo foi trazido para a  nossa 5ª Reunião Pedagógica e é uma homenagem à nossa cidade. Compositores como Marisa Monte escrevem letras sobre temas, problemas e desejos universais. Será que limitamos demais quando tetamos reduzir a inspiração da compositora à nossa querida Carlos Chagas?  Fizemos este clipe a partir desta bela canção, pois todos nós sonhamos com um lugar onde nunca estivemos. Marisa Monte, fala de uma terra ideal presente em nosso imaginário. Ficamos sempre pensando em viver em uma cidade sem males, onde se "areja um vento bom" A cidade sonho da canção excede o que é  básico, ela é abundante, cheia de fartura e felicidade para todos e não apenas para alguns. "Lá o tempo espera" - Imagine o tempo esperando o nosso amadurecimento, sem o stress de correr de escola em escola em busca da sobrevivência! Imagine o tempo,  dando um tempo para a gente saborear uma troca de  experiência, num gostoso bate papo,  sem a pressa das horas e datas marcadas. Isto é ser feliz demais.  Hoje,  a nossa Carlos Chagas vive o oposto de tudo que Marisa preconiza nesta canção. Será possível fazer existir aqui um local maravilhosamente utópico e bom de viver como apela a canção? Foste o tempo,  em que em nossa cidade havia fruta em todos os quintais, crianças brincando na rua e famílias na calçada conversando. A internet e televisão rouba todo o tempo bom da família carloschaguense.  Foi embora o local bem aventurado de outrora, restou uma cidade com medo das armas nas mãos dos menores. Mas a canção convida a  sonhar  e  a construir este novo lugar,  aqui e agora,  a partir dos corações de todos os citadinos de boa vontade.  Veja o clipe.

OS JOVENS E A VIOLÊNCIA EM NOSSA CIDADE, foi o tema discutido pelos professores na 5ª Reunião Pedagógica do ano na Escola João Beraldo.

Em nossa 5ª Reunião Pedagógica, lembramos o crescente envolvimento da juventude de nossa cidade com a violência e os últimos jovens que foram mostrados nas reportagens policiais, chocaram a todos nós professores. Será que os jovens são vítimas ou vilões? Um bom momento para refletir. Que tipo de perspectiva está sendo oferecida ao jovem? Que ações estão sendo implementadas para mudar esta realidade ? Existem trabalhos que objetiva a  prevenção,  para que menos jovens entrem no mundo da criminalidade?  A juventude é  bombardeada a todo tempo com a ideia de que para ser alguém é preciso ter, consumir os produtos da moda e assim  se tornando presas fáceis de todo tipo de violência. Faltam programas capazes de proporcionar a ocupação do tempo e a educação integral dos jovens. É preciso que algo seja feito para garantir aos jovens outras perspectivas que não seja o caminho das drogas e da criminalidade.  Ele precisa receber todo um suporte para que tenha condições de realizar escolhas inteligentes em sua vida. Decidir entre acolher a ilusão da  vida criminosa e crescer na vida com esforço e trabalho não é uma decisão simples, necessita de muita personalidade originada da formação familiar e educacional  para tal. Padre Zezinho em uma de sua lindas canções diz que tudo que o Jovem precisa  é de “um pouco de muito amor”. Realmente é preciso muito amor para conviver com a juventude e não abandoná-los nas primeiras decepções.  Para quem nasceu com segurança, teve uma educação formal sólida, e uma estrutura psicológica e familiar básica, é mais fácil ir pelo caminho do bem, mas para quem nasceu e vive em um estado de completa necessidade e carência, tendo apenas como referência aquele que se enriqueceu com o dinheiro fácil,  as decisões de vida a serem tomadas,  nem sempre são as melhores, pois poucas vezes têm opção por um caminho diferente do que vivem.                                                                                Por Deodato Gomes.