OBRAS DO SASI

OBRAS DO SASI
SASI

Natal

Natal
natal

ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

APRENDIZAGEM

APRENDIZAGEM
APOIO

AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO
AVALIAÇÃO

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

ENEM

ENEM
ENEM

Inscrição

Inscrição
INSCRIÇÃO

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 10 de dezembro de 2017

As luzes de dezembro que iluminam Carlos Chagas, podem iluminar seu coração!


O Natal sempre traz um clima envolvente e  diferente para a  cidade. Mas este ano mais especial e luminosa ficou a atmosfera natalina em Carlos Chagas. Ontem a noite saí para registrar este momento e vi que muitas luzes de natal se acenderam e a cidade ficou mais linda e reluzente. Muitas pessoas fotografando e se sentindo surpresas com a beleza das luzes e da nossa cidade. Há bastante tempo as nossas noites de natal vinham sendo mais tristes e sem iluminação. No face alguém desejou: "como gostaria de ver minha cidade iluminada neste natal", expressando a vontade de todos. Taí,  neste 2017,  fomos agraciados com este lindo presente. Pela primeira vez Carlos Chagas recebe esse toque natalino. 

O natal coincide com as comemorações do aniversário da nossa cidade.  Acontecimentos marcantes que estão separados por apenas 09 dias. Comemorações de grande significado para nós. Um acontecimento a nível macro, marca a longa história da humanidade e o outro a nível local diz respeito a nossa história com este nosso pedaço de chão.  Nasceu Jesus em dezembro e nasceu também uma cidade!... A nossa cidade!... Duas festas e dois sentimentos de identidade: somos seguidores de Jesus Cristo e filhos deste pequeno e aconchegante pedaço  de chão. Comemorar, celebrar e viver o natal  junto com os  79 anos da nossa cidade é motivo de dupla emoção para os habitantes desta terra. Foi em meio as celebrações do Natal de Jesus que Carlos Chagas se emancipou em 1938, se desvinculando politicamente da cidade de Teófilo Otoni. Como tudo que acontece no natal  a emancipação de Carlos Chagas ganhou relevância especial ainda mais, porque está envolto nesta atmosfera de amor e de  esperança que contagia o espírito natalino.  Neste momento em que nos encantamos com as luzes natalinas que deixou nossa cidade mais linda, vamos entrar neste clima, podemos desenvolver gestos mais generosos, muitos gestos voltados para nossos irmãos, cidadãos... de perdão, de olhar para quem  ainda não foi visto, de cuidar de quem foi abandonado,  de canções capazes de alegrar a vida de alguém, de desejo de felicidade verdadeira a alguém.  
Gestos de partilhar o que se é e o que se tem com quem precisa e até mesmo gestos de não esconder as lágrimas, de afetos e demonstrações de amor.
 Todos estes gestos só nos aproximam como irmãos e como cidadãos. Que as luzes de dezembro que chegam agora em Carlos Chagas possam trazer alegria e permanecer reluzente de muitas coisas boas que poderão vir durante todo o ano de 2018. Vamos sair e  visitar as praças e nos deixar contagiar pelo brilho luminoso das  luzes de natal, que brilham de forma tão resplandecente e pela alegria das pessoas que acreditam nesta cidade e constroem sua história de vida aqui.  Nos encantemos mais com o nosso lugar, nos orgulhemos mais da nossa cidade e sintamos que é possível iluminar mais de amor os nossos corações. Que a beleza das luzes de natal espalhadas pela nossa cidade, seja capaz de tocar os nossos corações e fazer entender a maior mensagem de Jesus para toda a humanidade:
“Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, [...].” (Jo 13,34).
Agradecer...
Celebrar...

Viver...

Verbos que nos iluminam e nos aproximam desse  

AMOR preconizado por Jesus.

Iluminemos todos nas luzes da nossa cidade, 
na fraternidade de filhos de um mesmo Pai, 
e de uma mesma  terra,
para cumprirmos nossa vocação maior: AMAR.

Hoje ninguém mais pode dizer que as luzes de Natal não foram acesas em Carlos Chagas. O clima envolvente de solidariedade foi proporcionado, resta nos agora conectar com o encantamento dos dois importantes acontecimentos de todos os tempos para os carloschaguense: o nascimento de um Deus que quis experienciar a nossa fragilidade de ser humano e o nascimento da nossa cidade. Esses são fatos pelos quais somos todos corresponsáveis.
                                                                                        
           Boas Festas a todos e a todas!....
                                                                      Por: Deodato Gomes 

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Idosos, adultos e jovens de 15 anos ou mais, moradores de Carlos Chagas, que desejam ingressar na escola para concluir o ensino fundamental, tá na hora. Procure a Escola João Beraldo a noite.



A Escola João Beraldo já está recebendo as matrículas para a EJA 2018. Podem estudar na EJA: idosos, adultos e jovens de 15 anos ou mais, moradores de Carlos Chagas, que desejam ingressar na escola para  concluir o ensino fundamental 2.





JOGOS INTERCLASSE 2018 - Turno Matutino

A Escola Estadual Dr. João Beraldo -  realiza a partir desta quarta feira dia 06 dezembro até a próxima Quarta Feira dia 13 de dezembro, no Ginásio Poliesportivo Municipal, os Jogos Interclasse. Os alunos sempre vibram com a idéia de jogar no Poliestportivo, que é um excelente espaço de esporte da nossa cidade. Agradecemos o nosso Diretor de Esporte Luiz Alves, o popular Luizão pela concessão daquele espaço para realização dos nossos jogos.  Acontecerão durante nos dois últimos horários do turno matutino. Todos os alunos que participam apenas como espectador deverão escrever sobre a importância do Esporte na vida de um estudante e fazer O RELATO DOS JOGOS. Entregar a redação ao seu Professor de Educação Física.


Data
Jogos
Resultado
06/12 Quarta
1°A       X    3°A
7°A       x    8°A
Clara    X   Ketinha

07/12 Quinta
2°A       X    3°A
6°A       x    7°A
Clara    X   Fabiana

08/12 Sexta
1°A       X    1°B
6°A       x    8°A
9°A     X   7°A

11/12 Segunda
1°B      X    3°A
2°A       x    1°A
Fabiana X   Ketinha

12/12 Terça
1°B      X    2°A
9°A       x    8°A

13/12 Quarta     
Final

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Recuperação Escolar é uma excelente chance para aqueles que tiveram dificuldade durante o ano letivo para compreender determinados tópicos em diferentes matérias. É hora de esforçar e aproveitar o tempo perdido no decorrer do ano.






Acesse aqui a Fichas de Progressão e de Estudos Independentes.

A recuperação é uma excelente chance para aqueles que tiveram dificuldade durante o ano letivo para compreender determinados tópicos em diferentes matérias. É uma forma de esforçar e aproveitar o tempo perdido no decorrer do ano. Para os que ficaram para recuperação, o melhor a se fazer é estudar e garantir o próximo ano. 

HEXAG SOLIDÁRIO - RESPONSABILIDADE SOCIAL-O Hexag acredita que a solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana.


O Hexag Medicina, curso pré-vestibular especializado no concorrido vestibular de medicina,  disponibiliza gratuitamente para os estudantes que não tem condições de acesso ao curso presencial, o material didático do ano anterior em pdf, ou seja de 2017. Além disso, no portal Hexag Solidário há um plano de estudos, um calendário de simulados semanais e videoaulas de todas as disciplinas. Tudo isso para auxiliar os estudantes na difícil tarefa de conquistar a tão sonhada vaga nas melhores faculdades de medicina.. Aproveitem a oportunidade, futuros doutores. Bons estudos!

MATERIAL DIDÁTICO DO HEXAG. Acesse o portal e tenha acesso a todo o material.
http://www.cursinhoparamedicina.com.br/hexag-solidario/

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Dezembro - Datas Comemorativas



O último mês do ano já chega acompanhado pelas músicas natalinas e pelo bom velhinho de barba longa e roupas vermelhas. É tempo de Natal! Mas não é só o nascimento de Jesus que é comemorado em dezembro, outras datas fazem parte das festas de fim de ano.



01 · Dia Internacional da Luta contra a AIDS
11 · Dia do Agrônomo
01 · Dia do Imigrante
13 · Dia do Cego
01 · Dia do Numismata
13 · Dia do Marinheiro
02 · Dia Nacional do Samba
13 · Dia do Ótico
02 · Dia da Astronomia
13 . Dia de Santa Luzia
02 · Dia Pan-americano da Saúde
13 . Dia do Engenheiro Avaliador e Perito de Engenharia
02 · Dia Nacional das Relações Públicas
14 . Dia Nacional do Ministério Público
03. Dia Internacional do Portador de Deficiência
16 · Dia do Reservista
04 · Dia da Propaganda
18 . Dia do Museólogo
04 · Dia do Pedicuro
19 · Dia do Atleta Profissional
04 . Dia do Orientador Educacional
20 · Dia do Mecânico
08 · Dia Mundial da Imaculada Conceição
21 · Dia do Atleta
08 · Dia da Família
22 · Início do verão
08 · Dia da Justiça
23 · Dia do Vizinho
09 · Dia da Criança Defeituosa
24 · Dia do Órfão
09 · Dia do Fonoaudiólogo
25 · Natal
10 · Declaração Universal Direitos Humanos
26 · Dia da Lembrança
10 · Dia Internacional dos Povos Indígenas
28 · Dia do Salva-vidas
10 · Dia Universal do Palhaço
31 · Dia de São Silvestre
11 · Dia do Arquiteto
31 · Reveillon
11 · Dia do Engenheiro


O culto à Iemanjá, a queima de fogos e as tradicionais festas da virada compõem o ritual de Réveillon celebrado em quase todo o mundo no último dia do ano. O termo que dá nome a essa data é francês e significa “despertar” ou “retomar”, o que faz todo sentido para as comemorações do dia 31 de dezembro.



                                                                                                    Fonte: Equipe Brasil Escola

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

E assim aconteceu a Roda de Conversa na ESCOLA JOÃO BERALDO com o Tema: JUVENTUDES E ENSINO MÉDIO, … …com o melhor que cada um trouxe para compartilhar!

Foi um momento de análise crítica coletiva,  de encontros e  reencontros,  recheado com muitas trocas de ideias e conversas inspiradoras, motivados na história de Nicolau que você vê logo abaixo. Muitas descobertas, vontade de fazer as coisas acontecerem e um espírito de compromisso coletivo que marcou este nosso encontro chamado de  RODA DE CONVERSA que aconteceu neste dia 28 de Novembro de 2017 na Escola João Beraldo.

Professores, pedagogas, estudantes, servidores do corpo técnico e as cantineiras da Escola João Beraldo, todos foram convocados a debaterem a Reforma do Ensino Médio e as juventudes,  com todas  as implicações que esta temática desperta.  O debate aconteceu  a partir dos 6 Eixos propostos pela Secretaria:

1.      Base Comum Curricular e Integração Curricular
2.      Educação Profissional
3.      Ensino Médio Noturno e Educação de Jovens e Adultos
4.      Gestão Democrática e Participação
5.      Iniciação Científica e Pesquisa
6.      Território e Comunidade

Estiveram presentes  80 pessoas dos várias segmentos da comunidade escolar: professores, estudantes, servidores técnicos e cantineiras, todos marcaram presença para conhecer e refletir sobre os desafios que envolvem a problemática da juventude e a reforma do Ensino Médio em nossa escola, no estado e no país.

O evento foi dividido em dois momentos importante e complementares. No primeiro, seguindo a proposta de promover o diálogo e a interação entre os participantes, conhecemos a história de Nicolau e assistimos a palestra ministrada pelo professor Fernando Pena, que apresentou uma visão crítica da Lei 13.415, instituidora da reforma do Ensino Médio. Você pode conhecer a história de Nicolau e a assistir a palestra aqui no Girassol, como nós fizemos em nossa roda.

A HISTÓRIA NICOLAU TINHA UMA IDÉIA INSPIROU A NOSSA RODA DE CONVERSA.


A palestra do professor Fernando Pena foi muito esclarecedora e  alimentou o nosso debate.  Vivenciamos um momento exuberante de  reflexão, pois a palestra tornou nossa conversa mais embasada e consciente sobre a implementação desta reforma. 



O segundo momento foi dedicado à construção de reflexões e propostas para o fortalecimento da participação estudantil. Seguindo a metodologia proposta nos reunimos em torno dos 6 eixos com os textos básicos entregues anteriormente para os relatores que tiveram o papel de fomentar o debate.  

Todos os presentes se mostraram bastante preocupados com esta reforma em função da  Emenda Constitucional nº 95, que limita por 20 anos os gastos públicos a nível federal.  Alguém lembrou um estudo feito apontando que na educação, essa diferença pode chegar a R$ 32,2 bilhões a menos em 10 anos, segundo técnicos da Câmara dos Deputados. Congelou-se os investimentos em educação e o ministro Mendonça Filho, procura o Banco Mundial, com o objetivo de levantar recursos, para bancar a reforma. Em 2018 acontecerá a liberação desses recursos, através do FNDE e o Banco Mundial já fechou um orçamento para o Brasil de 5 bilhões de reais para investir na educação.

A proposta da nossa Secretaria de Estado da Educação, Macaé é que todos nós devemos atuar pela revogação da Emenda Constitucional 95. Lembramos aqui as palavras da Secretaria em um encontro de diretores:

 “É importante a gente lembrar que saímos nos últimos anos de um índice de 3,6% para 6,4% do PIB destinados à área de educação. No Plano Nacional de Educação, foi estabelecido que precisamos de 10% do PIB e 75% do pré-sal para a educação conseguir alcançar as metas propostas. Com a EC 95, todos esses investimentos estão suspensos e as metas do Plano ficam ameaçadas”( Macaé-2017)


“O dado concreto é que, a cada ano teremos, proporcionalmente, menos investimentos, porque aumenta-se o número de estudantes e o financiamento fica congelado. Isso é bastante grave e eu falo disso não é para ninguém ficar desanimado, mas é para ter muita força. A gestão da escola fica mais complexa quando os recursos estão mais escassos e a gestão do município também” ( Macaé-2017)


É bastante esclarecedora também a forma como um Professor e Pesquisador do PPGP/CAED/UFJF se refere à esta reforma: 

"A forma como ela foi realizada, praticamente contornando o debate público, as circunstâncias políticas em que foi aprovada, e a sua própria substância, que sem qualquer garantia de viabilidade, propõe a flexibilização do currículo e “itinerários formativos”, tem tudo para colocar em risco a sobrevivência do horizonte de igualdade e de equidade que vinha animando as políticas educacionais até aqui." (Burgos, 2017, p. 11)



Outro ponto muito enfatizado pelos presentes em relação à Lei 13.415, que instituiu a reforma,  foi sobre os  itinerários formativos. As escolas públicas não estão obrigadas a oferecer e nem tem condições de ofertar todos os itinerários por isso entendeu que se abre mais precedentes para acentuar mais ainda a desigualdade já existente em nossa sociedade.

Será que nossas escolas terão condições de oferecer os ITINERÁRIOS FORMATIVOS e possibilitar oportunidades de escolhas para nossa juventude. Seria excelente se isto vier acontecer.

      I.            linguagens e suas tecnologias;
   II.            - matemática e suas tecnologias;
III.            - ciências da natureza e suas tecnologias;
IV.            - ciências humanas e sociais aplicadas;
  V.             - formação técnica e profissional.

No documento recebido pela secretaria está escrito e alguém no debate ainda destacou:
                                   "A oferta dos itinerários dependerá da possibilidade de cada sistema de ensino.                           A escola não será obrigada a ofertar todos os itinerários"
                                                                                          ( TEXTO DE APOIO PARA DEBATE 2017)

O professor Fernando Penna fala que a Lei 13.415 de 16-02-2017, vai criar escolas de rico X escolas de pobres, na medida em que as particulares terão condições de proporcionar todos os itinerários aos seus estudantes e as escola públicas como ficarão pois faltam até mesmo profissional habilitado para tal. Algúem pontuou que é um feedback de um tempo em que na nossa cidade tinha magistério e contabilidade e os estudantes não estudavam os conteúdos gerais, importantes para sua formação. 


Outra crítica que a roda de conversa levantou foi sobre a relativização de disciplinas importantes para o processo de formação dos estudantes, uma vez que pela Lei 13.415, apenas Língua Portuguesa e Matemática são obrigatórias. Artes, Sociologia, Filosofia, História e Geografia perdem a obrigatoriedade e vão figurar na base como práticas e estudos. Como vai ficar a formação da cidadania e crítica do aluno sem estas disciplinas que viraram práticas e estudos? 

Outro ponto que chamou muito a atenção dos presentes foi o problema do notório saber. No Texto de Apoio  à roda, documento enviado pela Secretaria, foi afirmado que profissionais poderão ser admitidos sem "formação em licenciatura para ministrar conteúdos afins à sua formação profissional" A Lei 13.415 fala de notório saber e relativiza a formação pedagógica que é fundamental para um ensino de qualidade. Qualquer bacharel, por esta lei, está apto a exercer a docência, ainda que lhe falta a formação pedagógica.


Conscientes do grande desafio que temos diante de todos nós, contamos com o compromisso de todos em seguir dando o nosso melhor nesse processo de construção de uma educação de qualidade e esperamos que todos os segmentos da comunidade escolar deem as mãos para fazermos esta caminhada, encontrando a melhor forma de ir implementando a reforma em nossa escola. 

Agradecemos a presença de todos que marcaram presença nesta  Roda de Conversa  e se dispôs a discutir essa temática que meche com a vida dos nossos estudantes e de todos nós profissionais. Ao final todas as propostas foram encaminhadas para a regional. 

Cobertura completa em fotos: https://photos.app.goo.gl/d23QUFnsgHG8hZNB3

                                                                                                                               Por Deodato Gomes

sábado, 25 de novembro de 2017

Tibério é de Carlos Chagas e mora em São Tomé. Olha que legal a matéria que ele fez. Você conhece esse carloschaguense ou alguém de sua família em nossa cidade? Assista ao vídeo e veja quem é o Tibério de Carlos Chagas, que mora tão distante.




Bandeira de São Tomé e Príncipe, onde o carloschaguense Tibério mora já há mais de três anos.

Bandeira de São Tomé e Príncipe 


Localize no mapa onde está situado São Tomé e Príncipe. É um dos membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Fonte: Wikipédia








São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe, oficialmente República Democrática de São Tomé e Príncipe, é um Estado insular localizado no Golfo da Guiné, composto por duas ilhas principais (Ilha de São Tomé e Ilha do Príncipe) e várias ilhotas, num total de 1001 km², com cerca de 192 mil habitantes. Situa-se relativamente próximo das costas do GabãoGuiné EquatorialCamarões e Nigéria.

As ilhas de São Tomé e Príncipe estiveram desabitadas até 1470, quando os navegadores portugueses João de Santarém e Pedro Escobar as descobriram. Foi, então, uma colónia de Portugal desde o século XV até à sua independência em 12 de julho de 1975
Fonte: Wikipédia. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Tom%C3%A9_e_Pr%C3%ADncipe>. Acesso em 25 Nov.2017.