CAMPANHA CONTRA O BULLYING

NOSSOS PAINÉIS DE PÁTIO DO DIA DAS MÃES!

domingo, 24 de maio de 2015

ESCOLA JOÃO BERALDO CONCLUI COM ÊXITO PROJETO INTERDISCIPLINAR ANTIBULLYING E CYBERBULLYING!


O que você faz para construir uma Cultura de Paz, em sua escola, na família e na sociedade de modo geral?
A violência tem sido diversificada e aumentada de forma estarrecedora em nossa sociedade. A falta de amor, de sensibilidade, de ética, de exercício da cidadania, enfim o desrespeito e a falta do desejo de querer para os outros aquilo que queremos para nós são causas maiores para a ausência da Paz. A Escola não é uma ilha, isolada da sociedade, ela reflete os acontecimentos sócias e não tendo força para promover a mudança na sociedade, trabalha com os estudantes objetivando a construção de cidadãos capazes de optar pela PAZ e construir uma convivência social solidária.
Preocupados com isso é que já alguns anos vimos discutindo com a todos os professores e alunos da nossa escola  o fenômeno bullying e cyberbullying. O trabalho é preventivo e consiste em trazer a tona a conceituação, os tipos de ações e de personagens, causas e consequências, para aqueles que se envolvem neste mal. Como o trabalho é de prevenção buscamos também estratégias para intervenção, quando acontece, mas o empenho é para que aconteça a  de redução  e até erradicação desse tipo de violência do nosso meio, onde prevaleça o princípio da alteridade e da solidariedade. Tem dado resultado, pois já há algum tempo percebemos cada vez mais os estudantes recorrendo ao diálogo como forma de resolver suas diferenças, sendo cada vez mais presente no meio dos nossos estudantes um clima de amizade, de boa convivência e de respeito.
Acreditamos que as fórmulas para solução desse grave problema, estão justamente na discussão e no envolvimento de todos os segmentos da escola, que podem contribuir individual e/ou coletivamente para o fim desse mal. Por isso é que investimos nas Assembléias de Sala e em Plenária que garantem a expressão e a reflexão dos de toda a comunidade escolar. Possibilitamos a todos os nossos estudantes compreender o fenômeno – saber o que é bullying e cyberbullying, quais são seus personagens, onde ocorre, suas causas e consequências, neste ano em particular, ao longo de toda a semana de 18 a 22 de maio. Percebemos cada vez mais, em função do trabalho antibullying e cyberbullying a redução das ações agressivas praticadas por estudantes, que causam tanto sofrimento a seus colegas.
Todos os casos e conflitos entre estudantes, quando acontecem, são mediados pela equipe pedagógica e diretor e os próprios alunos procuram não silenciar, tendo os mesmos direito a uma boa lembrança do tempo de escola. Em todas as blusas do uniforme existe um ícone de  apelo contra o bullying e cyberbullying além de termos um livro onde são registrados todas as situações de conflitos que vierem a acontecer.
O trabalho foi encerrado com uma plenária no pátio, depois de realizada uma assembleia em cada sala de aula e uma profusão enorme de cartazes, vídeos, murais e apelos em geral. Por ocaisão da entrega dos resultados do 1º bimestre, apresentaremos o tema para os pais, convocando-os para ao compromisso com a Cultura de Paz. Abaixo vocês podem conferir cartazes construídos pelos nossos alunos ao longo da semana.




quinta-feira, 21 de maio de 2015

Funcionários não concursados da Educação poderão ficar nos cargos até dezembro, diz STF Decisão, que atende pedido do governador Fernando Pimentel, foi tomada durante reunião do Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira em Brasília

Em julgamento realizado nesta quarta-feira (20/5), os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram adiar para o fim de dezembro o prazo máximo para substituição de funcionários não concursados da área de educação de Minas Gerais por servidores concursados.
A decisão atende a um pedido do governador Fernando Pimentel para modular uma sentença anterior do STF, que havia determinado, no ano passado, que a substituição ocorresse até abril deste ano. O pedido do governador teve, como objetivo, manter os funcionários nos cargos até o final de 2015. No recurso ao STF, ele pediu que o adiamento atendesse tanto para professores de nível médio quanto para os da educação básica, para evitar prejuízo aos alunos numa eventual troca durante o ano letivo.


terça-feira, 19 de maio de 2015

ESCOLA JOÃO BERALDO JÁ TRABALHA PARA LEVAR ALUNOS À IPATINGA VISITAR A EXPOSIÇÃO DE ARTE- PROJETO XERIMBABO - A VIDA É MAIS!



CONVOCAMOS TODOS OS ALUNOS A EXPERIENCIAREM ESTA BUSCA PELO CONHECIMENTO ATRAVÉS DO PROJETO XERIMBABO.
O Projeto Xerimbabo 2015, mostra a vida no planeta em seu passado, presente e futuro. Vamos realizar esta viagem pela história da vida no planeta e descobrir nossos papeis na busca pela sustentabilidade por meio deste projeto da Usiminas. Em sua 31ª edição em Ipatinga, com o tema “Bios – O que foi? O que é? O que será?”, presenciaremeos uma grande exposição de arte. A partir do tema escolhido, “Bios” – de origem grega que significa vida - vamos refletir sobre a preservação da vida, o significado ecológico do ser humano e suas responsabilidades na continuidade dessa história da vida de forma sustentável. É uma oportunidade que os alunos terão perceber novos olhares sobre a preservação da vida. O Projeto visa preparar os adolescentes e jovens para lidar com as questões ambientais com mais conhecimento e dedicação, capaz de interferir em seu comportamento frente à questões ambientais.
Este ano os nossos alunos conhecerão uma viagem de trem.
Nosso Roteiro:
1. Saída dia 29 de Junho de 2015 – Segunda Feira – Meia noite de frente da escola–( 0 hora)
2. Viagem de Trem – 30 de Junho de 2015 – (Terça-feira)
• Timoteo - Estação Mário Carvalho-embarque 11:52 (chegar 1 hora antes)
• Ipatinga – Estação Intendente Câmara – chegada 12:07
3. Visita ao Shoping dia 30-06-15 às 16 horas
4. Parque da Ciência - Visita dia 01-07-15-(Quarta Feira) 8 horas
5. Parque Ipanema – Visita dia 01-07-15 – 9 às 10 horas. – Almoço mais cedo
6. Exposição Cultural do Projeto Xerimbabo – A Vida é mais – Visita: 01-07-15(Quarta-feira) – 13 horas
7. Retorno – 21:00

Três alunos da Escola Estadual Dr. João Beraldo receberam Certificados de Menção Honrosa, pelo desempenho na Matemática. As menções foram atribuídas pelo MEC-Ministério da Educação aos alunos: Sílvia Gomes, Vitória Rufino e Yann da Silva, pelo desempenho dos mesmos na 10ª OBMEP-Olimpíadas Brasileira da Matemática da Escola Pública. Congratulamos com estes alunos esta conquista que muito enaltece a nossa escola e confirma o trabalho desenvolvido pelos docentes desta instituição que completou em 2015 69 anos de serviços educacionais prestados à comunidade de Carlos Chagas.


sábado, 16 de maio de 2015

PROFESSORES TERÃO 31,7% EM 3 PARCELAS - Governo do Estado e trabalhadores da Educação assinam acordo histórico.Em evento no Palácio da Liberdade, governador ressalta a importância do diálogo e garante que resultado foi uma conquista de todos os mineiros

Professores estaduais de Minas Gerais terão aumento de 31,7% em 3 parcelas

Acordo entre governo de Minas e o sindicato prevê que a categoria passe a receber o piso nacional de R$ 1,9 mil a partir de agosto de 2017. Aposentados terão o mesmo aumento.

A coordenadora geral do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), Beatriz Cerqueira, classificou o acordo firmado com o Governo do Estado nesta sexta-feira (15/5), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, como inédito. Segundo ela, foi dado o primeiro passo “para o início da recuperação da carreira dos professores”.
“A diferença é que nós tivemos um processo de negociação que, infelizmente, o choque de gestão do governo anterior não soube respeitar. Foram impostos à categoria projetos de lei e resoluções aprovados na Assembleia (Legislativa) que trouxeram muitos prejuízos”, afirmou a dirigente.
As negociações entre o Governo de Minas Gerais e a categoria iniciaram-se em janeiro, logo após o governador Fernando Pimentel assumir o cargo. No total, foram 12 reuniões entre representantes do governo do Estado e dos profissionais da Educação até fecharem um acordo, que foi aprovado em assembleia pela categoria, na última quinta-feira (14/5).

Entre os pontos destacados pela coordenadora do Sind-UTE como as maiores conquistas da categoria estão o fim do subsídio e o retorno do vencimento básico, retirado da categoria em 2011, a garantia de abonos e de reajustes anuais do piso, o mesmo tratamento aos aposentados e servidores ativos, a diferenciação de três níveis de escolaridade, entre outras. “Quando chegarmos em 2018, teremos quase 70% dos profissionais em situação melhor”, ressaltou.

“Os governos anteriores tiveram uma chance de valorizar a educação e cumprir aquilo que foi acordado. Mas os documentos foram descumpridos. Nosso sentimento é de conquista. Não de benesse. É um sentimento de que nós começamos a recuperar aquilo que perdemos. Fomos muito humilhados, muito maltratados, não existia mesa de negociação”, completou a sindicalista.
Beatriz Cerqueira ainda lembrou que, no passado, o único caminho encontrado foi a realização de greves. Em 2013, elas chegaram a durar 60 dias. “A gente poderia estar num patamar muito melhor. Estamos agora recuperando o que perdemos na última década”, disse.

A dirigente também lembrou que Minas Gerais está sendo pioneira em relação ao resto do país ao conseguir um acordo com os professores. “Se fizemos um balanço nacional, poucos tiveram o nível de conquista que nós tivemos, resultado de anos de luta”, completou. 

                                                                                   Estado de Minas - Sábado - 16 de Maio de 2015

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Enem 2015 será em outubro e inscrições começam em 25 de maio.

Enem 2015 será em outubro e inscrições começam em 25 de maio.

O   Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 será realizado em 24 e 25 de outubro. Taxa de inscrição sobe para R$ 63,00. Isenção é automática para aluno da rede pública no fim do ensino médio. O edital com todas as regras será publicado na segunda-feira (18) no "Diário Oficial da União".
DATA DAS INSCRIÇÕES - As inscrições começam em 25 de maio e terminam em 5 de junho. Para confirmar a inscrição, é preciso pagar a taxa de R$ 63,00 até as 21h59 do dia 10 de junho
ISENTOS DE TAXA - Estão isentos de pagar a taxa os estudantes atualmente matriculados na rede pública e que vão concluir o ensino médio em 2015. Além deles, também serão isentos os candidatos que comprovarem carência, segundo as regras do edital.
MEDIDAS DE SEGURANÇA - Nesta edição não será possível usar o mesmo e-mail para fazer mais de uma inscrição. Além disso, todos os candidatos deverão informar um número de telefone (celular ou fixo) válido. Eles também terão que criar uma pergunta e resposta de segurança no login. O detector de metal será novamente aplicado nos locais de prova.
CONTRA FALTAS -Estudantes liberados de pagamento da taxa e não forem às provas vão perder o direito à isenção na próxima edição do exame.
DURAÇÃO DAS PROVAS - As provas continuam tendo a mesma duração: no primeiro dia, ciências humanas e ciências da natureza com 4 horas e meia de duração. No segundo dia, linguagens, matemática e redação, com 5 horas e meia de duração.
 HORÁRIOS DAS PROVAS
Como todos os anos, os portões serão fechados às 13h (horário oficial de Brasília). Mas, dessa vez, as provas só terão início 30 minutos depois do fechamento dos portões.
SABATISTAS
A prova do primeiro dia para os sabatistas começa às 19h do horário de Brasília.
CARTÃO DE INSCRIÇÃO
O cartão de inscrição não será mandado por e-mail, mas terá de ser baixado pelo estudante pelo site.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

EDITAL DE DESIGNAÇÃO Nº08/2015 - Esta vaga está sendo republicada em função da desistência da servidora designada!

terça-feira, 12 de maio de 2015

ESCOLA JOÃO BERALDO REALIZA SUA 3ª REUNIÃO PEDAGÓGICA!

No último sábado dia 09 de maio de 2015, aconteceu a nossa 3ª Reunião Técnico Pedagógica. Como sempre iniciamos com o Café da manhã e lembrando da nossa Festa Junina que acontecerá no dia 14 de Junho, onde cada professor tem a responsabilidade além de trabalhar fazer a doação de 10 prendas, de caixas e de vender 10 bingos. Serão incentivadas as participações dos alunos com suas danças, com o incentivo de Givanilma e Fabiana. A vice Diretora organizará uma quadrilha tradicional. Os professores do AEE, estão responsáveis pelos painéis juninos e pela ornamentação das caixas surpresas.
 
3ª Reunião Técnico Pedagógica
Encaminhamos o ofício 15/2015, onde todos efetivos e depois os efetivados deverão requerer com cópia autenticada pelo Diretor do diploma, ou declaração com histórico, ou certificado de  pós-graduação, em anexo,  até o dia 29 de maio de 2015 para que possa ser alterado a escolaridade do servidor.

Estudamos o ofício do PAAE,  lembrando do bando de dados/itens/questões de múltipla escolha de todos os conteúdos, além de Redação, estando a disposição para o professor gerar sua prova. O professor pode gerar sua prova a partir da matriz de referência-CBC, selecionando tópico de habilidade de acordo com o conteúdo já trabalhado.

Repassamos a todos os professores do noturno o Projeto de Atividades Complementares,  para que seja aplicado com URGÊNCIA, que deve ser incorporado o Relato de Viagem, com a excursão educativa à Pedra da Baleia.
Assistindo ao Profissão Repórter sobre adolescentes que come-
ram atos infracionais.

Rediscutimos muito o problema da violência, assistimos ao vídeo Profissão Repórter, veiculado no dia 14 de Abril de 2015, onde foi nos mostrado a discussão da maioridade penal no congresso, o atendimento aos adolescentes que praticam atos infracionais em Belo Horizonte, como os juízes tratam dos casos. Lembramos situações envolvendo adolescentes de nossa escola e da necessidade de estarmos vigilantes, em função da crescente violência da nossa cidade.  Relembramos a Semana da Cultura da Paz de 18 a 22 de Maio e oportunizamos aos professores a construção de um Projeto de Ensino, cujo conteúdo será a de formação ética, visando exatamente a prevenção à violência escolar.
 
Professores de Língua Portuguesa discutindo o jornal escolar
Marcamos a data para que os professores entreguem os resultados que será no dia 15 de Maio.

Reunimos com os professores de Língua Portuguesa e começamos a estudar o Guia do Jornal, estratégia de estímulo à escrita que será implementada junto aos nossos alunos.

domingo, 10 de maio de 2015

INACREDITÁVEL! VEJAM AS TABELAS QUE RESULTARAM DA NEGOCIAÇÃO DO SINDUTE COM O GOVERNO! NOVOS TEMPOS DA EDUCAÇÃO EM MINAS!



Em reunião realizada nesta sexta-feira (8/5), na Cidade Administrativa de Minas Gerais, entre representantes do Governo do Estado e entidades representativas dos servidores da educação, foi fechada uma proposta para a implantação do piso salarial e reestruturação da carreira dos trabalhadores. Participaram da reunião o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) e a Associação de Diretores de Escolas Oficiais de Minas Gerais (Adeomg). A proposta apresenta importantes avanços e a expectativa é de um retorno positivo dos trabalhadores da educação.
Os principais pontos dessa proposta são a garantia do pagamento do piso salarial nacional até 2018, com um reajuste de 31,78%, em três parcelas (13,06% em 2015, 8,21% em 2016 e 7,72% em 2017) na forma de abonos que serão incorporados ao vencimento básico, além da garantia de atualização do piso salarial estadual nos mesmos índices de correção do piso nacional do magistério; a isonomia para os aposentados; a extensão dos reajustes para as demais carreiras da Educação Básica. Outro ponto importante é a garantia da nomeação de 60 mil servidores concursados até 2018, na razão de 15 mil por ano. Já foram nomeados até o momento 3 mil aprovados em concurso.
As entidades representativas reconheceram os avanços obtidos com a negociação. “Nosso esforço foi para recuperar direitos que perdermos na última década. Reconquistamos a reorganização da carreira. Tivemos avanços significativos e corrigimos distorções importantes”, enfatiza a coordenadora geral do Sind-UTE, Beatriz Cerqueira. Sobre a polêmica do pagamento do piso, uma reivindicação histórica da categoria, ela foi enfática: “Está acabando”.
Com o acordo, o governo estadual garante, a partir de 2017, o pagamento do piso salarial nacional para uma jornada de 24 horas semanais. “Nenhum professor vai receber abaixo do piso nacional. O Governo reafirmou o compromisso de pagar o piso nacional e se comprometeu também em reajustar futuros aumentos. À medida que esses valores foram corrigidos, vamos fazer as alterações necessárias”, esclarece o subsecretário de Gestão de Recursos da Secretaria de Educação, Antônio David de Sousa Junior.
“Agora, o salário se torna o vencimento básico e, com isso, podemos avançar na discussão de benefícios e direitos. Se os reajustes do piso nacional se mantiverem na mesma proporção, estamos falando de mais de 70% de modificação dos vencimentos básicos”, diz Beatriz Cerqueira.
Para o secretário-adjunto de Planejamento e Gestão de Minas Gerais, Wieland Silberschneider, esse é um primeiro passo para restabelecer o diálogo do governo estadual com entidades representativas de classe. “Construímos propostas consistentes e uma relação com os professores. Tentamos pavimentar um ambiente para, a partir de 2018, prosseguir na valorização da carreira. Hoje, nosso objetivo é assegurar o pagamento do piso”, afirma.
O Governo tem a expectativa de que o acordo seja aprovado amplamente pelos trabalhadores da Educação para que um projeto de lei seja encaminhado à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em regime de urgência. O acordo só passará a valer após a aprovação do projeto na assembleia.
Reajuste para aposentados
Os servidores aposentados nas carreiras da Educação Básica terão os mesmos aumentos (13,06%, 8,21% e 7,72%) previstos para os servidores em atividade, a partir das mesmas datas. Isso resultará no mesmo percentual de reajuste concedido a o professor, correspondente a 31,78%, além dos reajustes anuais do piso nacional. O benefício também vai ser estendido às demais carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica (Auxiliar de Educação Básica, Assistente de Educação, Assistente Técnico Educacional, Assistente Técnico de Educação Básica, Analista de Educação Básica e Analista Educacional).
“O piso nacional refere-se somente às carreiras do magistério. O que acertamos é que as propostas para as carreiras de magistério serão igualmente estendidas às demais carreiras da Educação para que, no conjunto, todos sejam contemplados igualmente. Estamos pactuando um entendimento histórico”, explica Antônio David de Sousa Junior.

DIREÇÃO REVITALIZA A BIBLIOTECA LENY CONCEIÇÃO RODRIGUES, QUE DESENVOLVERÁ PROJETOS DE FORMAÇÃO DE LEITORES JUNTO A COMUNIDADE ESCOLAR!




Ler é percorrer as palavras com os olhos, é descobrir e desvendar o imaginário, é conhecer, é viajar, é recordar, exercitar a memória. Aproximar os adolescentes e jovens da prática leitora é incentivar o conhecimento, é despertar curiosidade, é promover a educação. A Direção da Escola Estadual Dr. João Beraldo está revitalizando o espaço da Biblioteca Leny Conceição Rodrigues. Existe um acervo muito grande  de obras da Literatura Brasileira, Paradidáticos etc. São muitos ítens colocados a disposição da Comunidade Escolar.  Junto aos livros para atendimento dos alunos tem a Biblioteca do Professor, com um acervo interessante de livros pedagógicos e didáticos voltados para a metodologia de ensino dos conteúdos especiíficos.

Para mim enquanto Diretor, o espaço foi revitalizado com o objetivo de torná-lo sedutor, aproximar a comunidade escolar joãoberaldense dos livros, oportunizar a mediação da leitura junto aos adolescentes e jovens e assim construir a competência leitora. Diversos projetos serão desenvolvidos para promover a leitura e aproximar os alunos do mundo da leitura. Contamos com uma bibliotecária no turno matutino, nossa competente Silvânia, que muito trabalhou para organizar o acervo e o espaço e a partir desta segunda feira conseguimos autorização para contratar outra bibliotecária para o turno vespertino. Além de tudo isto, organizamos os livros didáticos públicos em um outro espaço, pois biblioteca não é lugar de livro didático, deixando o espaço muito leve e apropriado.

Visite a Biblioteca Leny Conceição Rodrigues, o conhecimento está ao seu alcance. Retire um livro, encante-se com o mundo das palavras, pesquise, tenha acesso à verdadeiras viagens nas asas de papel. Esperamos por sua visita.

Foi um sonho alimentado ao longo dos anos, ver esta biblioteca funcionando em um espaço apropriado e  só agora conseguimos colocá-la da forma que queremos. Vamos batalhar agora para informatizá-la.

sábado, 9 de maio de 2015

ESCOLA REALIZA CAFÉ LITERÁRIO EM HOMENAGEM ÀS MÃES! Momento lindo de vivência do grande sentimento da gratidão!




Com o objetivo de homenagear as mães dos nossos alunos, resgatando a gratidão àquela que significa a própria vida de todos e de reconhecer a importância social da figura da mãe no desenvolvimento do ser humano é que realizamos o nosso Café Literário. Foi um momento lindo, onde os alunos fizeram suas expressões de amor através de apresentações através de músicas, poemas declamados, cartazes. Foi um momento de resgate dos valores sociais, regado com bastante sorteio de pequenos presentes-mimos, chá, quitandas e emoções. Tomamos emprestado estas lindas palavras do Gabriel Chalita para reforçar mais ainda esta homenagem.

Dia das mães. Hoje e todos os dias.
A sensibilidade, por vezes, parece ter tirado férias. Tristes relações sem relação com o que necessitamos. Buscamos no outro o que nos falta e não enxergamos o outro como essência vital do nosso viver. O outro não pode ser a projeção do meu desejo. Um objeto, apenas. O outro é humano como humano sou eu. Dependentes de encontros que nos ajudem a encontrar quem, de fato, somos.
Dia das mães.
Dia de voltar ao útero e de tentar entender a razão de estarmos aqui. Dia de refletirmos sobre o existir humano. Sobre o que nos estraçalha e o que nos edifica. Mapeemos as razões que ontem nos fizeram mal ou bem. Frustrados ou realizados.
No útero, estávamos protegidos pelo cordão do amor. Nutridos, mesmo sem entender, do que nos fez crescer. Formados, nascemos. Em busca de mais formação. No útero, a possibilidade. No útero, a segurança. O aconchego.
Embalados por histórias e por promessas, fomos crescendo. Nossos choros, talvez, tenham incomodado um pouco. Nossas dores possivelmente trouxeram dores a ela, a gestadora. Somos crias de seu espírito guerreiro. De sua coragem em amar. Definitivamente, amar é um ato de coragem.
E então, fomos nos tornando independentes e arriscando voos solos. Sentimo-nos, em algum momento, imortais, imbatíveis, senhores de nós mesmos e, talvez, dos outros. E, certamente, caímos. Porque ninguém é dono disso tudo. Caímos e choramos o choro doído da verdade. Da realidade que nos mostra frágeis. E, então, voltamos. Nos dias mais duros, talvez o desejo tenha sido o de retornar ao útero materno e nutrir-se, simplesmente, do que nos formou, o alimento maior – o amor.
Dia das mães.
Sem poder voltar ao útero, voltamos ao colo. E deitamos a cabeça, ávidos por algum remédio que cicatrize as feridas das quedas, ávidos por algo que nos certifique de que aquele colo é nosso por direito. Vitoriosos ou derrotados, daquele colo, ninguém nos retira. E ali, podemos rir sem preocupações de que outros nos julguem mal ou tenham inveja de nosso sucesso. E ali podemos, também, chorar sem constrangimentos, afinal, ela sabe que somos frágeis e talvez, inclusive por isso, ela nos ame ainda mais.
Dia das mães.
Presentes são bem-vindos. Mas elas esperam um pouco mais. Um suspiro que seja de presença. Um esforço de reviver histórias de ontem com nenhuma preocupação pelo escurecer. Juntos, a noite não nos amedronta.
Dia das mães.
Algumas, hoje, choram porque tiveram de enterrar seus filhos. Tiveram de arrumar o quarto vazio. Tiveram de viver a inversão da lógica da vida – se pudessem, dariam a vida para que eles, aqui, prosseguissem. Prosseguem eles, certamente. É o que nos desvela nossa fé.
Mães que choram por filhos que se perderam. Visitam-nos nas prisões ou nos espaços em que vícios e dores são tratados.
Dia das mães.
Hoje e todos os dias.
Para aquelas que ainda estão por perto e para as outras que já cumpriram a sua missão. Depois da dor lancinante da perda, fica a delicada saudade. E, nos baús de afetos,  lembramo-nos de histórias, de momentos, de palavras ditas e de sorrisos ternos.
Aos que, como eu, ainda têm por perto a sua mãe, não economizem um minuto sequer para declarar de diversas maneiras e nas mais frequentes ocasiões: "Mãe, eu te amo". 
Mãe. Eis o milagre da vida. Eis o milagre do amor.
Mãe é mãe.
É tão fácil e tão difícil. É tão prazeroso e tão doloroso. É emocionante. Cada tombo e cada levantada. Cada lágrima e cada aplauso. Ser mãe é fácil e difícil. E ser filho, mãe, é a coisa mais fácil do mundo. Basta ficar olhando para a mãe, olhando e, de repente, com um sorriso, dizer com todas as forças da alma: Mãe, eu te amo.
Mãe, você tem o dom inexplicável da vida.
Você sintetiza, de maneira igualmente inexplicável, as tendências mais contraditórias da natureza e da vida.
Você é a mulher que, sendo forte, estremece com o gemido de uma criança e, sendo frágil, consegue reagir com a bravura de uma leoa.
Você é a mulher que se realiza sendo mãe e, sendo essa mãe tão maravilhosa, torna-se plenamente mulher.

Por: Gabriel Chalita (fonte: Diário de S. Paulo) | Data: 10/05/2015
Clique aqui para acessar o registro completo do evento em fotos>