ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

APRENDIZAGEM

APRENDIZAGEM
APOIO

AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO
AVALIAÇÃO

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

ENEM

ENEM
ENEM

Inscrição

Inscrição
INSCRIÇÃO

ENCEJJA

ENCEJJA
encejja

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

16 de Fevereiro de 2018 foi o 2º dia do nosso Momento Pedagógico, continuando com os registros.



O 2º dia do nosso Momento Pedagógico foi dedicado à organização coletiva da nossa V Conferência Nacional Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente, na Escola. Fizemos todas as outras, temos todos os certificados de participação fornecidos pelo Ministério do Meio Ambiente.  Começamos com a leitura da Carta do Diretor aos docentes. Este é um trabalho de grande relevância, um precioso momento de educação ambiental que necessita ser assumido por todos com compromisso e seriedade.







Para fundamentar o nosso trabalho pudemos contar com, Dr. Valdeí Gonçalves Viana que é ATB da Escola e também advogado que contribuiu de forma brilhante abordando sobre a Lei da Águas e seus desdobramentos ( Lei nº 9.433). A Lei foi publicada em Janeiro de 1997 e instituiu a Política Nacional de Recursos Hídricos. 


O Dr. Valdeí atendeu ao nosso objetivo que era o de nos ajudar a refletir acerca dos princípios fundamentais da Lei das Águas nos seguintes pontos:
  • A água como um bem de domínio público.
  • A água como um recurso natural limitado, dotado de valor econômico.
  • Como se coloca o problema da água em situações de escassez? 
  • Como fica o uso prioritário dos recursos hídricos quando confrontamos  o consumo humano, a dessedentação de animais versus o uso na industria e na agropecuária?
  • A gestão dos recursos públicos deve sempre proporcionar  o uso múltiplo das águas?
  • A bácia hidrográfica como unidade territorial para implementação do Plano Nacional de Recusros Hídricos (PNRH).
  • A  atuação do sistema nacional de gerenciamento de recursos hídricos.
  • A descentralização da gestão dos recursos hídricos e a participação do poder público, dos usuários e das comunidades. 


A palestra proferida por Dr. Valdeí Viana, sobre a Lei das Águas aconteceu em preparação para a V Conferência na Escola - Vamos cuidar do Brasil, cuidando das águas.


2 - Depois da Palestra, como se diz na linguagem da rede # partiuorganizaçãodaconferencia. Fomos para a organização da V CONFERÊNCIA NACIONAL INFANTO JUVENIL PELO MEIO AMBIENTE. Sem teoria não existe prática eficiente e o contrário também é válido. No coletivo, fizemos a leitura de alguns documentos e centramos foco no passo a passo da conferência. 

Conheça o tema da Conferência

Estudamos todo o passo a passo da Conferência e organizamos um cronograma. A nossa V Conferência acontecerá no dia 23 de Março de 2018, e o pontapé inicial com os alunos em sala  será o estudo do tema em sala de aula. Este é um momento importante que cada vai levar para os alunos a temática da conferência: Vamos cuidar do Brasil, cuidando das Águas. O professor deve vivenciar com todas as suas turmas a riqueza que envolve este tema, com foco principal na turma pela qual é responsável, com a qual deve construir seu projeto de ação. O grupo de 05 alunos que com melhor projeto, na escolha dos delegados da já tem garantido uma Caderneta de Poupança do SICOOB. Vejam como ficou nossa organização:






  • Até dia 31 de Março deveremos inserir o registro da Conferência no site do Ministério.
  • Premiaremos com uma caderneta de poupança do SICOOB o grupo de 05 alunos que apresentarem o melhor  Projeto de Ação, e que esteja seguindo as normas do trabalho.
  • Será escolhido também o aluno delegado e o suplente para participação nos outros níveis da Conferência se for o caso.
  • Serão escolhidos também na Conferência os membros da COMVIDAS.
Algo precisa ser feito para a educação das novas gerações em relação ao consumo consciente da água. Precisamos educar para consciência de cobrar dos governos,  das Industrias e dos que usam água na agricultura e na pecuária um uso racional desses recursos. Nós todos precisamos nos sensibilizar para um uso doméstico da água responsável e  sem desperdício, na escola e na nossa casa. Não podemos deixar o deserto acontecer para percebermos o imprescindível valor da água para a vida no Planeta.
                                          Somos todos água!
Deodato Gomes 

sábado, 17 de fevereiro de 2018

16 de Fevereiro de 2018 foi o 2º dia do nosso Momento Pedagógico, marcado por grande emoção.


Dissemos que o 2º dia do nosso Momento Pedagógico, 16-02-2018- (Sexta-Feira) foi marcado por muita emoção.  E foi mesmo. Afinal,  estas duas colegas  (foto acima),  depois de longa caminhada na educação, se aposentaram. Fizeram sua travessia pela escola de forma bonita e digna de celebração.

Silvânia e Lucília, 

        enfim acabaram seu tempo de educadoras aqui conosco.  Quanta coincidência! Vocês duas se aposentam exatamente quando recomeçamos o ano letivo de 2018! Somos testemunhas desta trajetória de lidas educacionais notáveis. Enxergamos profunda beleza na vida profissional construídas por vocês. Um ofício que foi exercido com toda grandeza para melhorar este  mundo tão caótico que vivemos. Nos anais do infinito da educação, vocês se tornam pessoas  inesquecíveis por todo bem que fizeram às crianças, adolescentes e jovens!  Como exímias colaboradoras de Deus na construção de gente e na transformação de vidas deixou que Ele se revelasse como oferenda em tudo que fizeram, no exercício deste ofício tão árduo. Quantos sonhos alimentados e construídos pela força e sabedoria de suas palavras. Quantos caminhos redirecionados pela energia dos seus gestos.   O  ato de ensinar ficou mais digno depois de vocês. Vocês ensinam que ser educador é opção de vida, é sacerdócio e doação e por isso mesmo uma profissão que não pode ser levada de qualquer jeito. A despeito de tudo de ruim que marca a educação do nosso país vocês fizeram tudo com compromisso e dedicação mesmo nos dias finais de encerramento da carreira. É bonito ver deixarem a escola, dando o seu melhor até nos últimos momentos do  estar conosco, sem lamúrias e completamente  entusiasmadas  com o que fazem.  Gandhi, que tanto lutou pela paz e que também não acreditava na violência como forma de resolver as coisas nos ensinou com suas palavras que  de modo suave, qualquer um pode sacudir o mundo.  Estas palavras de Ghandi vocês nos ensinam  é na prática a partir do seu exemplo  com a vida que dedicaram à educação. Sejam felizes na vida de aposentadas!... Muita saúde... Amamos vocês!...
                                                  Por Deodato Gomes
Post scriptum - Continuaremos com o registro do 2º dia do  Momento Pedágoco, dia 16  de Fevereiro de 2018, na próxima postagem.

15 de Fevereiro de 2018 foi o 1º dia do nosso Momento Pedagógico.


Foi rico, foi valioso, foi grandioso demais o nosso retorno. Ganhamos 3 colegas de fora, dois de Nanuque e uma de Ataléia que vieram somar força conosco neste trabalho. Educar é um ato de amor e sempre vale a pena! 
Fizemos a leitura do artigo a seguir e discutimos bastante a Educação para Competência. Educar para a Competência é o paradigma que marca a BNCC. Esta é a metodologia na qual a BASE está ancorada. Para acessar o artigo do Professor Vasco Moreto - "Educar para Competência: o desafio do professor no novo contexto social,  é só clicar na imagem abaixo. Vale a pena estudá-lo. O professor de Matemática vai adorá-lo porque todos os seus exemplos é deste componente curricular. 


Assistimos e discutimos a palestra do mesmo autor do artigo acima sobre como Ensinar para a Competência e habilidade. É bastante didático e claro a forma como ele explica esta teoria. É a teoria paradigma da BNCC. Ele trabalha  o conceito de Perrenoud (1999, p. 30), de forma magistral: "Competência é a faculdade de mobilizar um conjunto de recursos cognitivos (saberes, capacidades, informações etc.). Para solucionar com pertinência e eficácia uma série de situações". Assista de novo se for o caso, mas tenha o domínio conceitual desta teoria que é ferramenta essencial do ofício do professor.




Estudamos a Base Nacional Comum Curricular- (BNCC). Ficou definido que cada professor deve baixar e estudar a BNCC do seu componente curricular específico, porque todo o Planejamento de 2018 será feito a partir deste documento, que hoje já é obrigatório para o Brasil. Minas já movimenta no sentido de adaptar a BASE aos  CBC, com a realização de duas vídeo conferência. Discutimos e constatamos que toda política pública educacional do Brasil será modificada: livro didático, formação de professores, avaliação externa etc... para adequar às exigência da BASE.  Segue o link da Base. 



http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_20dez_site.pdf

Lembrem-se que a Base esta ancorada no Ensino para Competência e habilidade, que foi apresentada em reunião.





Além disso relembramos a necessidade de acolhimento a todos indistintamente da sua condição física social e mental. A equidade fala da atenção especial àqueles que mais necessitam. Docência e Equidade devem ser o nosso grande desafio. Não faz sentido, fazer mais por quem já é e tem.  Não esqueçamos desta imagem, amplamente discutida em nossas reuniões: 



  E assistimos a este vídeo com fotos de passeata da APAE em que a Escola participou, com esta Canção do Lênine que traduz de forma tão linda a necessidade da Escola acolher a todos em suas especificidades sem estigmas e preconceitos, conscientes de que " Ser diferente é normal":




                                                                                                                       Por Deodato Gomes

HORÁRIO DE AULAS. Senhor, abençoa este novo ano! Queremos renovar nossa fidelidade ao Teu chamado. Queremos renovar nossa disposição de viver a vida a serviço de uma grande causa, da causa do amor. E que o amor, esse sentimento divino e humano, esse sentimento que sintetiza Tua essência, nossa essência, seja a razão de estarmos aqui. Amém!


Oração do início das aulas

Deus, meu Deus. Autor da vida. Senhor da História. Estamos juntos em oração. Juntos como determinaste. E juntos sentimos a Tua presença e consagramos esse novo ano. E juntos pedimos-Te que possamos ser fiéis à nossa vocação. Que neste novo ano, Senhor, os professores se lembrem da vocação de ensinar. Que sejam tocados pelo Teu amor, para que possam partilhar amor.

Que estejam entusiasmados, cientes do sublime papel de tocar a alma e de ajudar o aluno a entender que vale a pena ser bom, que vale a pena aprender, e aprender sempre, para que sejam, ao mesmo tempo, mais sábios e mais humildes.

Que neste novo ano, Senhor, os alunos estejam mais receptivos. Que se abram para a eterna novidade da vida, da amizade, do amor. Que, nas salas de aula, o Teu espírito esteja presente, tocando no coração de todos eles, sem distinção. E que a carência que vem de famílias ausentes seja amenizada nestes espaços de luz.

Que, neste novo ano, cada funcionário se regozije de sua missão. Que ninguém se sinta diminuído, e que o respeito seja o guia de cada relação. Que a arrogância não encontre eco nesses espaços. Que a prepotência dê lugar ao olhar singelo de todos que precisam aprender. E Tu sabes, Senhor, que todos, sem distinção, precisam aprender.

Que nessa escola, um clima de harmonia possa reinar. Que cada canto e recanto seja abençoado. Que os acidentes sejam pequenos e não retirem o sorriso e o encanto das pessoas que aqui vêm para exercitar a arte e a missão de construir a felicidade. Que sejamos todos acolhedores e nos sintamos todos acolhidos por estarmos juntos, aqui.

Que os pais possam estar mais presentes. Que se lembrem de que são os primeiros educadores e que não podem relegar à escola o seu papel de condutores de toda a vida. Que os pais se amem. Que a violência não encontre guarida na casa de nossos alunos. Que a serenidade vença a agressividade, e que o amor jamais tire folga.

Senhor, abençoa este novo ano! Queremos renovar nossa fidelidade ao Teu chamado. Queremos renovar nossa disposição de viver a vida a serviço de uma grande causa, da causa do amor. E que o amor, esse sentimento divino e humano, esse sentimento que sintetiza Tua essência, nossa essência, seja a razão de estarmos aqui.
Amém!
Gabriel Chalita.




terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Com o enredo "Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?”, a Paraíso do Tuiuti, do carnavalesco Jack Vasconcelos trouxe críticas a reforma trabalhista em seu desfile na madrugada desta segunda (12). No último carro, um componente viveu um "presidente vampiro" do neoliberalismo.




Velha companheira de caminhada da Humanidade.
A ideia de superioridade, divina ou bélica, cobriu-a com o manto do poder.
Pela força ergueu impérios e sustentou civilizações.
Pela alienação justificou injustiças e legitimou a discriminação.
Ganhou nome quando eslavos viraram ‘escravos’ nas mãos dos bizantinos.
Dominou mundo afora, invadiu terras adentro, expandiu a ganância mercantilista e fez da exploração do continente negro seu maior mercado.
Viu senhores mouros do norte africano ostentarem servos de pele alva e olhos azuis mediterrâneos, enquanto negociavam artigos de luxo e peças de ébano.
Cativou povos, devastou territórios, extraiu riquezas do solo e de animais em nome de coroas europeias.
Era rentável negócio até para chefes negros que a alimentavam com gente de sua gente.
Levou uma raça a oferecer-lhe da própria carne.
Separou famílias, subjugou reis, aprisionou guerreiros, reduziu seres humanos a mercadorias.
Calunga Grande muito ouviu os lamúrios dos Tumbeiros abarrotados em sua ordem.
Calunga Pequena muito acolheu os vencidos pela sua sentença.
Plantou seus filhos em nossos canaviais, cafezais e minas de ouro e diamantes.
Lavou com sangue negro o chão das senzalas e os pés-de-moleque das cidades.
Foi senhora de todos os senhores, mãe das sinhás, amante dos feitores.
Marcou com ferro os que ousavam lhe renegar, levantar a cabeça.
Perseguiu os de alma indomável que corriam ao encontro do sonho quilombola.
Quimeras da liberdade de uma raça pirraça fortificadas entre serras e matas que teimavam lhe enfrentar.
Porém, as eras de prática envenenaram até as mais legítimas das lutas quando expuseram suas raízes humanas nos quilombos.
Provocou precisa e astuta fusão entre crenças apadrinhadas pela fé, amparo do rosário das desventuras nesse benedito logradouro.
Coroou santos reis e sagradas rainhas ao som de louvores batucados. Fitas da linha do tempo presente e passado. Espelhos da ancestralidade.
Ouviu os ventos soprados de longe que ressoaram brados iluminados de liberdade pelas paragens brasileiras.
Abolir-te foi palavra de ordem.
Utopia e justiça para uns. Falência e loucura para outros. Caminho sem volta para muitos.

“O homem de cor” ganhou voz pelas ruas, força nos punhos da população, para além das leis parcialmente libertadoras.
Contudo, mesmo enfraquecida, sobrevivia sob a égide dos grandes latifundiários e nas vistas grossas da hipocrisia.
Ferida com a ponta afiada da pena de ouro que a áurea princesa empunhou ao assinar sua redentora extinção, maquinada por uma sedenta revolução industrial de sotaque inglês, caiu.
Uma voz na varanda do Passo ecoou:
– Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão!
Folguedos, bailes, discursos inflamados e fogos de artifício mergulharam o povo em dias de êxtase e glória.
Pão e circo para aclamação de uma bondade cruel, pois não houve um preparo para a libertação e ela não trouxera cidadania, integração e igualdade de direitos.
Mais viva do que nunca, os aprisionou com os grilhões do cativeiro social.
Ainda é possível ouvir o estalar de seu açoite pelos campos e metrópoles.
Consumimos seus produtos.
Negligenciamos sua existência.
Não atualizamos sua imagem e, assim, preservamos nossas consciências limpas sobre as marcas que deixou tempos atrás.
Segue vivendo espreitada no antigo pensamento de “nós” e “eles” e não nos permite enxergar que estamos todos no mesmo barco, no mesmo temeroso Tumbeiro, modernizando carteiras de trabalho em reformadas cartas de alforria.

Jack Vasconcelos - Carnavalesco

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Reino Unido celebra a educação e os professores no Sambódromo de Manaus



A Reino Unido da Liberdade entrou na avenida exatamente com o enredo “Ao Mestre com Carinho, na Escola da Vida eu Sou Professor”, a escola de samba busca o tricampeonato do Carnaval amazonense. A comissão de frente veio destacando os primórdios da Educação retratando a Grécia Antiga, enfocando os primeiros professores: nossos próprios pais.
 Entre os destaques da escola, estava a 1ª porta bandeira Dayane Serra, que atravessa a passarela do samba grávida de cinco meses. "Eu sempre gostei de Carnaval deste pequena e este ano tive a oportunidade de ser a 1 porta bandeira da escola. Estou muito feliz em poder desfilar neste momento da minha vida", disse.

 Entre as alas que chamaram a atenção do público estava a tradicional ala das baianas, que veio com as brincantes caracterizadas como singelas e carismáticas professoras.


 Outra ala de destaque foi a que homenageou a educação física, representando as modalidades futebol, basquete, natação, ginástica, nado sincronizado, vôlei, judô, entres outros. Na lateral, vieram foliões  como os técnicos, com as bandeiras balançando.

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Reino Unido da Liberdade valoriza professor em enredo 'Ao Mestre com Carinho'


Uma Escola de Samba chamada Reino Unido da Liberdade de Manaus escolheu como tema para este ano o enredo “Ao Mestre com Carinho, na Escola da Vida eu Sou Professor”, como forma de homenagear os professores. Acompanhe o samba enredo oficial. A apresentação da escola será nesta  madrugada. Depois postaremos aqui o compato do desfile.



“Ao Mestre com Carinho, na Escola da Vida eu Sou Professor”

É COM MUITO AMOR QUE EU VOU CANTAR
E A REINO UNIDO VEM EXALTAR
A ESTRELA GUIA, FACHO RELUZENTE
PROFESSOR, ANJO EM FORMA DE GENTE

PAI DE TODA PROFISSÃO
ME FAZ VOAR NAS ASAS DA IMAGINAÇÃO
HERÓI DA RESISTÊNCIA, INCANSÁVEL
ESPALHA A SEMENTE DO SABER
ENFRENTA ADVERSIDADE COM DIGNIDADE
SEM PERDER A ESPERANÇA
FIO CONDUTOR DE UMA CRIANÇA
TEM O DIVINO DOM DE ENSINAR
É PAI, É MÃE, AMIGO LEAL
É O ENREDO DO MEU CARNAVAL

PEGUE O LÁPIS, NÃO ESQUEÇA A LIÇÃO
NA AUSÊNCIA DO CADERNO ESCREVA NO PAPEL DE PÃO
ACREDITE EM VOCÊ E AONDE QUER CHEGAR
A NOTA 10 DA FURIOSA É PRA PASSAR

DEDICADO EM PROL DA EDUCAÇÃO
SINGRA OS RIOS..., ESTRADAS DE CHÃO
A VIDA É A ESCOLA DE MAIOR ENSINAMENTO
COM AMOR OU COM A DOR..., O GIZ NA LOUSA DO TEMPO
“SAUDADE DA PROFESSORINHA QUE ME ENSINOU O BÊ A BÁ”
QUEM DERA VER O RESPEITO E A JUSTIÇA EM DEVOÇÃO
PRA'QUELE QUE TEM A MISSÃO DE UM MUNDO NOVO DESPERTAR
OH! MEU BRASIL VAMOS VALORIZAR!
COM VOCÊ EU APRENDI, O LIMITE É O CÉU
"TEACHER", PRA VOCÊ TIRO O CHAPÉU
MINHA CORÔA CONQUISTEI, E RECONHEÇO
"AO MESTRE, COM CARINHO" AGRADEÇO!

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

NOSSO PRIMEIRO ENCONTRO PEDAGÓGICO DE 2018 - Sejam bem vindos Professores!.



ENCONTRO PEDAGÓGICO de 02 dias


Recomeçar é retomar a mesma estrada que já trilhamos mas é também desenvolver um outro caminhar...

 Como podemos fazer a nossa aula e a nossa vida profissional diferentes do ano que passou.  O próprio clima de recomeço do ano letivo já é um convite e um presente para outra oportunidade de viver o nosso trabalho com educação de outra forma, baseado em outros parâmetros. O ano de 2018 é como um livro que recebemos onde páginas em branco se abrem dia após dia para  recomeçar uma escrita. Uma escrita que  já vimos fazendo. Reescrever a vida em 2018 recriando de um jeito novo todas as coisas que sempre fazemos. Ninguém pode fazer o seu mundo profissional por você, apenas você pode retomá-lo, refazê-lo, recomeçá-lo e revitalizá-lo nos pontos em que ele mais estagnou, onde ele menos produziu.  Onde menos me doei foi onde mais fui infeliz profissionalmente. Só nos tornamos e somos com o nosso trabalho na alteridade dos estudante que nos atravessam todos os dias.  Este restart vem como um grande momento para se fazer o que já se fez usando outras receitas, buscando outros caminhos e tendo como fundamento a alegria maior de servir, ajudar, conviver e cuidar de adolescentes e jovens com esta profissão que nos consagrou. Diante de cada desânimo que brotar em nosso pensamento neste 2018, de cada lamúria proferida, que nós possamos conscientemente trocá-las pela gratidão a Deus pela vida e pelo trabalho que temos. Só assim podemos encher nossa vida  pela dádiva Divina.
                                       Deodato Gomes 
Leia o texto encontrado no link a seguir para discutirmos em nosso momento pedagógico:

https://drive.google.com/file/d/1G0zxJfbTJuEB0fB-6qa9LCRiJMY-y3LL/view?usp=sharing




quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

CONSULTE AS VAGAS PARA PROFESSORES REGENTE DE AULAS NAS ESCOLAS ESTADUAIS DE CARLOS CHAGAS ATRAVÉS DOS EDITAIS PARA TODAS AS DISCIPLINAS DO CURRÍCULO.


Avisamos a todos os interessados que estão disponíveis para consulta os Editais de Vagas para Professor Regente de aulas em todas as disciplinas do Currículo, Professor de Apoio e Professor de Sala de Recurso,  de todas as Escolas Estaduais de Carlos Chagas,  inclusive para a APAE. As designações acontecerão nos dia 05 e 06 de Fevereiro de 2018, na Escola João Beraldo conforme cronograma abaixo:


Você pode consultar aqui as vagas de todas as disciplinas por Escola da  nossa cidade clicando nos links abaixo e fazendo o filtro com a Escola que interessa saber:




Não esqueça de conferir todos os documentos exigidos pelo artigo 44 da resolução de designação. É preciso levar cópias e originais, caso esqueça algum você perderá a vaga para o próximo candidato menos classificado que você. Lembrar da contagem de tempo.

NÃO DEIXE DE FAZER O SEU:



Art. 44 - No ato da designação, o candidato deve apresentar, pessoalmente, as vias originais e cópias dos documentos relacionados a seguir, cujas cópias serão autenticadas e arquivadas no  Processo Funcional do servidor:

I — comprovante de aprovação em concurso vigente na data de início das inscrições para designação para cargo correspondente à função a que concorre;
11 - comprovante de habilitação/escolaridade, qualificação e formação especializada para atuar na função a que concorre, através de Registro Profissional ou Diploma Registrado ou Declaração de Conclusão de Curso acompanhada de Histórico Escolar;
III    — certidão de tempo de serviço,
IV    — documento de identidade;
V     — comprovante(s) de votação da última eleição ou Certidão de quitação eleitoral;
VI    — comprovante de estar em dia com as obrigações militares, para candidato do sexo  masculino, dispensada a exigência quando se tratar de cidadão com mais de 45 (quarenta e cinco) anos;
VII  — comprovantç de inscrição no PIS/PASEP, ou declaração de próprio punho de que não possui; 
VIII — comprovante de registro no Cadastro de -Pessoas Físicas - CPF;
IX    — comprovante de exame pré-admissional atestando a aptidão para a função pleiteada, observadas as normas estabelecidas pela Secretaria de Estado de Planejament0ß Gestão e pela legislação vigente;
X     — declarações, devidamente datadas e assinadas, fornecidas no ato da designação pela autoridade responsável, conforme modelo constante do Anexo V desta Resolução:

a)     de não estar cumprindo sanção, por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público federal, estadual ou municipal
b)     de não ter sido demitido a bem do serviço público;
c)     de que não está em afastamento preliminar à aposentadoria ou aposentado em decorrência de invalidez total ou parcial;
d)     de que o tempo declarado no processo de inscrição não foi utilizado para aposentadoria voluntária ou compulsória; 
e)     de que não incorre em nenhuma das hipóteses de impedimento para designação previstas no Decreto no 45.604, de 18 de maio de 2011.

§1 - Nenhum candidato poderá ser designado antes da apresentação da documentação relacionada neste artigo.

§ 2 - Os documentos relacionados nos incisos II e III deste artigo deverão estar em consonância com o estabelecido nas Resoluções vigentes que definem procedimentos para inscrição e critérios de classificação de candidatos à designação para o exercício de função pública na Rede Estadual de Ensino.

SOBRE O ACÚMULO DE CARGOS

Art. 45 - A autoridade responsável pela designação deverá fornecer, no ato da designação, o formulário para preenchimento obrigatório de declaração de acúmulo ou não de cargos, funções e proventos.
 - Na hipótese de acúmulo de cargos, funções e proventos, a escola deverá encaminhar à SRE o processo, devidamente instruído, no prazo máximo de cinco dias úteis a contar do  início do exercício do candidato designado.

§2 - A SRE deverá observar o mesmo prazo para encaminhamento dos processos à Comissão de Acúmulo de Cargos e Funções da Secretaria de Estado de Planejamento e   Gestão/SEPLAG.  

sábado, 27 de janeiro de 2018

Inep vai antecipar resultados do Encceja para 5 de fevereiro Notas poderão ser acessadas na Página do Participante. Clique na imagem para acessar a página do participante.




A divulgação dos resultados do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional), referentes ao ensino médio, será antecipada para 5 de fevereiro. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai publicar as notas a partir das 18h, na Página do Participante. É preciso informar CPF e senha para acessar os resultados. Para quem esqueceu a senha cadastrada na inscrição, o Inep oferece um passo a passo para recuperação. A divulgação dos resultados do Encceja Nacional referentes ao ensino fundamental, assim como das edições para pessoas privadas de liberdade e realizadas no exterior, permanecem na data prevista: a partir de março.

Os participantes que obtiverem a nota mínima exigida em todas as quatro áreas de conhecimento e na redação devem providenciar a certificação junto às secretarias estaduais de educação a certificação ou a declaração parcial de proficiência durante a inscrição.
Os participantes que obtiveram a nota mínima apenas em algumas áreas de conhecimento também devem procurar a secretaria estadual ou o instituto federal selecionados na inscrição e solicitar a declaração parcial de proficiência. Com essa declaração, eles ficam liberados de fazer as provas dessas áreas de conhecimento em futuras edições do Encceja.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

ATENÇÃO PARA O PROCESSO DE DESIGNAÇÃO PRESENCIAL PARA O ANO DE 2018: de Professor Regente de Aulas, Professor de Apoio, Professor de Sala de Recursos e Professor Intérprete de Libras com vigência inicial de 15/02/2018, será centralizada na Escola Pólo João Beraldo



Processo de Designação Presencial inicial de Professor Regente de Aulas, Professor de Apoio, Professor de Sala de Recursos e Professor Intérprete de Libras com vigência inicial de 15/02/2018, será centralizada na Escola Pólo  João Beraldo, conforme segue:


         
ATENÇÃO PARA A DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA NO

 ARTIGO 44 DA RESOLUÇÃO SEE Nº 3660/2017. 

Faça o seu Check list. Observe que é preciso levar cópias e os originais para autenticação. 

Art. 44 - No ato da designação, o candidato deve apresentar, pessoalmente, as vias originais e cópias dos documentos relacionados a seguir, cujas cópias serão autenticadas e arquivadas no  Processo Funcional do servidor:

I — comprovante de aprovação em concurso vigente na data de início das inscrições para designação para cargo correspondente à função a que concorre;
11 - comprovante de habilitação/escolaridade, qualificação e formação especializada para atuar na função a que concorre, através de Registro Profissional ou Diploma Registrado ou Declaração de Conclusão de Curso acompanhada de Histórico Escolar;
III    — certidão de tempo de serviço,
IV    — documento de identidade;
V     — comprovante(s) de votação da última eleição ou Certidão de quitação eleitoral;
VI    — comprovante de estar em dia com as obrigações militares, para candidato do sexo  masculino, dispensada a exigência quando se tratar de cidadão com mais de 45 (quarenta e cinco) anos;
VII  — comprovantç de inscrição no PIS/PASEP, ou declaração de próprio punho de que não possui; 
VIII — comprovante de registro no Cadastro de -Pessoas Físicas - CPF;
IX    — comprovante de exame pré-admissional atestando a aptidão para a função pleiteada, observadas as normas estabelecidas pela Secretaria de Estado de Planejament0ß Gestão e pela legislação vigente;
X     — declarações, devidamente datadas e assinadas, fornecidas no ato da designação pela autoridade responsável, conforme modelo constante do Anexo V desta Resolução:

a)     de não estar cumprindo sanção, por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público federal, estadual ou municipal
b)     de não ter sido demitido a bem do serviço público;
c)     de que não está em afastamento preliminar à aposentadoria ou aposentado em decorrência de invalidez total ou parcial;
d)     de que o tempo declarado no processo de inscrição não foi utilizado para aposentadoria voluntária ou compulsória; 
e)     de que não incorre em nenhuma das hipóteses de impedimento para designação previstas no Decreto no 45.604, de 18 de maio de 2011.

§1 - Nenhum candidato poderá ser designado antes da apresentação da documentação relacionada neste artigo.

§ 2 - Os documentos relacionados nos incisos II e III deste artigo deverão estar em consonância com o estabelecido nas Resoluções vigentes que definem procedimentos para inscrição e critérios de classificação de candidatos à designação para o exercício de função pública na Rede Estadual de Ensino.

SOBRE O ACÚMULO DE CARGOS

Art. 45 - A autoridade responsável pela designação deverá fornecer, no ato da designação, o formulário para preenchimento obrigatório de declaração de acúmulo ou não de cargos, funções e proventos.
 - Na hipótese de acúmulo de cargos, funções e proventos, a escola deverá encaminhar à SRE o processo, devidamente instruído, no prazo máximo de cinco dias úteis a contar do  início do exercício do candidato designado.

§2 - A SRE deverá observar o mesmo prazo para encaminhamento dos processos à Comissão de Acúmulo de Cargos e Funções da Secretaria de Estado de Planejamento e   Gestão/SEPLAG.  

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

MEC divulga resultados do Enem 2017 e anuncia calendário do exame em 2018



Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 já podem consultar, seus resultados na página do participante ou no aplicativo Enem 2017. O resultado só pode ser acessado pelo próprio participante após informar o CPF e a senha cadastrada. Os resultados foram antecipados em um dia. Em coletiva de imprensa, o Ministério da Educação também anunciou as principais datas do Enem 2018, que completa 20 anos e será aplicado nos dias 4 e 11 de novembro. O edital do exame será publicado em 21 de março e as inscrições serão realizadas de 7 a 18 de maio deste ano.
Acesse o resultado do ENEM 2017, clicando aqui:

O resultado dos treineiros será divulgado em 19 de março, assim como as vistas pedagógicas da redação. Isenção no Enem 2018 – Como anunciado no ano passado, os participantes com direito à isenção que faltaram ao Enem 2017 deverão justificar a ausência para garantir a manutenção da isenção no Enem 2018. A solicitação de isenção também deixa de ser feita durante a inscrição, passando a ser realizada com antecedência. O período de solicitação de isenção e de justificativa da ausência no Enem 2017 será de 2 a 11 de abril, pela Página do Participante.

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Divulgação para professores dos CURSOS disponíveis na Plataforma Freire. Cadastre seu currículo e escolha seu Curso de graduação até dia 12 de janeiro de 2018.



Professor, conheça a Plataforma Freire
A Plataforma Freire consiste em um grande banco de dados que permite o acesso a informações de profissionais que atuam na/com Educação Básica e de atores ligados às atividades de formação de profissionais de magistério.

 Clique na imagem para realizar seu cadastro

Além de funcionar como banco de currículos – semelhante ao Currículo Lattes, a Plataforma Freire será um sistema de gestão para oferta de cursos aos profissionais da educação básica.
Cadastre seu currículo na Plataforma Freire
A Plataforma Freire é gerenciada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), fundação do Ministério da Educação (MEC) e um dos seus principais objetivos é permitir a gestão da demanda por formação inicial e continuada de professores da educação básica e o acompanhamento dos programas e ações que tenham entre seus partícipes professores e escolas das redes de ensino.
Ao cadastrar seu currículo, você terá acesso aos cursos do Programa de Formação Inicial e Continuada para Professores da Educação Básica (Profic) disponíveis de acordo com o seu perfil profissional (conforme dados informados pelo usuário na plataforma).
A plataforma oportuniza ainda aos profissionais do magistério da educação básica a socialização de suas produções técnicas e acadêmicas, fomentando a visibilidade desses profissionais e sua conexão com a comunidade acadêmica.
Cursos estão disponíveis na Plataforma Freire. Nesta edição, os cursos disponíveis (válidos para cadastro até o dia 12/01/2018) são:
  • ·        Licenciatura em diferentes áreas para professores que não possuem graduação em licenciatura na área/disciplina em que atuam em sala de aula; 
  • ·        Especialização em Educação infantil para os professores com formação superior que atuam nessa etapa da educação; 
  • ·        Especialização em Alfabetização para os professores com formação superior que atuam nas séries iniciais; 
  • ·        Especialização em Matemática e Língua Portuguesa para os professores que atuam nas séries iniciais; 
  • ·        Especialização em Matemática para professores, com formação superior, que lecionam Matemática nos anos finais do Fundamental; 
  • ·        Especialização em Língua Portuguesa para professores com formação superior, que lecionam Língua Portuguesa para os anos finais do Fundamental.


Após o preenchimento do currículo  o sistema disponibilizará a vaga de acordo com o perfil de cada usuário. A validação da vaga será realizada pela Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores da SEE/MG. Podem se cadastrar para estes cursos os professores em exercício na rede pública de educação básica.  Fora deste período, você pode cadastrar seu currículo a qualquer momento e aguardar novas ofertas de cursos.
  Inscrever para cursos de formação inicial e continuada para profissionais do magistério na educação básica através da Plataforma Freire.
Ouça divulgação da Plataforma na voz do Brasil em 16-10-2017


quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

A vida é uma dádiva e 2018 pode ser ainda de maior mergulho na gratidão!

No ano de 2017 fez 20 anos que o grande oceanógrafo Jacques Cousteau foi navegar nos oceanos da eternidade. Em uma entrevista ele disse que costumava sonhar que estava voando e que isto era uma tentativa de se afastar da realidade tão desigual da terra. De acordo com ele,  quando começou a mergulhar, parou de sonhar porque o mergulho era uma sensação intensa e fabulosa, uma experiência incrível. Palavras dele: "quando mergulhamos, sentímo-nos como se fóssemos anjos. Libertamo-nos do nosso peso". Dizia que era infeliz fora d’água que quando mergulhava era como se tivesse entrado no Paraíso.

Reprodução KIDS DISCOVER

Que o mergulho nos posts das 52 semanas de gratidão tenha deixado um ensinamento para os autores e leitores dos mesmos. Jamais  esqueçamos de fazer o que nós mesmos ensinamos. A exemplo de Cousteau, que todos possam neste 2018 fazer um mergulho nas águas oceânicas da gratidão e voltar à tona sempre com muitos agradecimentos pela vida. 

O movimento  da gratidão...terminou. Não participei de todas, não li e nem comentei todas as postagens dos colegas de blog, premido pelos compromissos,  mas sinto que valeu a pena! Valeu muito viver estes momentos de reflexão dos mais variados tipos.  Momentos vivenciados e retratados aqui,  que foram compartilhados com todos durante o ano de 2017. Apresentamos um pouco das nossas experiências e crenças. O sentimento maior, apenas menor que o amor,  foi garimpado em pequenas e grandes expressões inspiradas pelo reconhecimento de que tudo é dádiva. É infinito o poder da gratidão a Deus,  colocada  no coração limitado do ser humano. Ela fortalece a humanidade em nós, e nos torna muito apaixonados pela vida,  que recebemos todos os dias.  Não tem como não fazer como o leproso curado por Jesus que retorna para demonstrar e reconhecer sua cura. As 52 semanas foram a tradução em sentimentos de gratidão, de experiências edificadoras expressadas em fotos, textos e momentos, que se não fossem os registros  não passariam agora apenas de nossas memorias solitárias, guardadas  em cada um de nós.  Era o leproso curado comparecendo para retribuir o gesto,  as palavras... 
A gratidão promove um mergulho na  confiança em nós mesmos e no outro que nos faz ser o que somos. Solitários não somos, não fazemos, não podemos e não vivemos.  Foi muito o recebido e muito retornado em forma de lindos e poéticos agradecimentos. Foram muitos posts que comprovam a fé na vida, a esperança de futuro e a certeza de que vale sempre  buscar o infinito na fragilidade das coisas. Vale sempre o profundo, o permanente e o amor. 
Somos todos o leproso que Jesus curou. Aquele  que retornou para agradecer e  reconhecer o poder de se fazer solidário a alguém da forma mais gratuita e divina.  Todos sonhamos com o fim da fome e a instauração da Paz no mundo, aquilo que sempre fazia de Cousteau um infeliz fora d'água. Por muitas vezes nos desanimamos diante do poder do mal. Pratiquemos a gratidão porque ela é  capaz de aquebrantar a frieza do homem diante do sofrimento do seu semelhante.  

A gratidão pode realizar milagres e fazer valer o sonho de fraternidade existente no coração humano. A vida é uma dádiva e 2018 pode ser ainda de maior mergulho na gratidão!
                                                                              Deodato Gomes