Bullying

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

Mostrando postagens com marcador COPA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador COPA. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 2 de julho de 2018

MOTOCICLISTAS NA Copa: com gols no segundo tempo o Brasil vence México. Com gols de Neymar e Roberto Firmino, Brasil garantiu vaga nas quartas de final do Mundial da Rússia.



A seleção brasileira venceu o México por 2 a 0, em Samara e conquistou vaga nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018. É a sétima vez que o Brasil chega às quartas de final. Neymar e Roberto Firmino marcaram os gols brasileiros no segundo tempo de jogo que no começo estava muito complicado, com lançamentos arriscados para os dois times.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

NOVA MOVIMENTAÇÃO DOS MOTOCICLISTA NO JOGO BRASIL 2 X SÉRVIA 0


Brasil bate Sérvia, se classifica em 1° e pega o México nas oitavas. Com gols de Paulinho e Thiago Silva, resultado classifica o Brasil com 7 pontos

Jogando a classificação contra a Sérvia, o Brasil venceu por 2 a 0, se classificou em primeiro lugar e vai enfrentar o México na fase oitavas de final da Copa do Mundo de 2018. Tite manteve a formação ofensiva das primeiras partidas e respaldou Paulinho e Willian, que ainda não deslancharam na competição. Aos 9 minutos do primeiro tempo, o lateral-esquerdo Marcelo sentiu uma lesão e foi substituído por Filipe Luís. Mesmo sem o lateral do Real Madrid, o time conseguiu a vitória.


                          AULA NORMAL

VOCÊ NÃO VAI FALTAR!  Nossa Festa é com Kim Bombado



terça-feira, 19 de junho de 2018

JOÃO BERALDO QUER SABER SUA OPINIÃO: SERÁ QUE O HEXA VEM? Responda a enquete a seguir.

Jogadores e Comissão Técnica da Seleção Brasileira-2018



Em pé: Marquinhos, Filipe Luis, Danilo, Marcelo, Ederson, Alisson, Cássio, Renato Augusto, Casemiro, Paulinho, Fernandinho e Geromel;

No meio: Ricardo Rosa (preparador físico), Fábio Mahseredjian (preparador físico), Rodrigo Lasmar (médico), Taffarel (treinador de goleiros), Edu Gaspar (coordenador de Seleções), Tite (técnico), Cléber Xavier (auxiliar técnico), Sylvinho (auxiliar técnico), Fernando Lázaro (analista de desempenho) e Matheus Bachi (auxiliar técnico e tecnológico);


Sentados: Roberto Firmino, Taison, Philippe Coutinho, Thiago Silva, Gabriel Jesus, Miranda, Neymar, Fágner, Fred, Willian e Douglas Costa.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

QUEM NÃO VIU A CERIMÔNIA DE ABERTURA DA COPA NA RÚSSIA , PODE VER AQUI NO GIRASSOL.


Foi comunicativa, curta e bastante expressiva, além de visualmente simples a cerimônia de abertura da Copa-2018 na Rússia, diante de outras que já assisti. A Copa alimenta sonhos e emoções de pessoas em todo o mundo e a abertura cumpre um papel de apresentar objetivos, mexer com a imaginação das pessoas e dar um sentido geral ao evento. A abertura, além de marcar o  início do grande espetáculo, marcou o início da corrida espacial da guerra fria, quer também comunicar um desejo de congraçamento de todas as culturas e todos os povos e de acender o sonho de paz que está latente no coração de toda a humanidade. Interessante que canções apresentadas nestes espetáculos,  acabam se eternizando nesta  cerimônias e se tornam lembradas eternamente em todo o mundo. Como a FIFA consegue articular e unir países para fazer esta festa tão bonita, deveriam se unir também para resolver os outros  problema do mundo como por exemplo a fome. Ronaldo, duas vezes campeão, um pouco sem graça, esteve lá, conduzindo o futuro por meio de uma criança. O cantor Robbie Williams além de ter o privilégio de cantar a música Angels, que por sinal tem uma letra e melodia linda, fez um protestou veemente, contra a censura de uma de sua canções. A cantora clássica russa Aida, arrazou em apresentação junto com Robbie Williams e encantou o momento com suas lindas canções. Presente e se sentindo honrado, como disse, o anfitrião da casa, o Presidente Vladimir Putin que foi muito aplaudido, abriu o evento dando boas vindas. Deixou palavras bonitas para o mundo,  dizendo que “o esporte está além da política...todos querem viver em paz, se juntar e apreciar o futebol”. No Brasil dá muita polêmica a combinação política-futebol. Tem gente que não vai torcer achando que vibrar com os gols do Brasil é apoiar o presidente que chegou ao poder depondo Dilma. Outros não vestirão a camisa do Brasil, esquecendo que ela é de todos e não apenas de alguns. O Presidente Putin falou ainda  que vai ser inesquecível tanto para jogadores quanto para os torcedores a Copa da Rússia neste ano. Tomara que o brasileiro possa comemorar a alegria de cada jogo e de conquistar a taça do hexa sem esquecer a situação tão crítica em que nosso país se encontra. Não é incompatível se alegrar com o futebol, esse fato total brasileiro, como dizem os sociólogos, e vestir a camisa do Brasil. Você pode fazer isto  sem perder a sua lucidez e sem perder também a sua capacidade de análisar criticamente a situação do nosso país, inclusive para decidir o voto.

                                                                                     Deodato Gomes Costa

quarta-feira, 13 de junho de 2018

ESCOLA JOÃO BERALDO VESTE A CAMISA DO BRASIL PARA A COPA DO MUNDO! VAI BRASIL!



A Escola João Beraldo já ensina e aprende com a Copa do Mundo e as Tradições Juninas.


Entremos no clima,  a camisa do Brasil e os trajes de caipira proporcionam o ambiente perfeito para dançar o forró e torcer pela seleção brasileira. 





Que venha a Copa trazendo alegrias!
Na luta com as tradições e as vibrações dos mais de 200 milhões de brasileiros!
A crise, a corrupção e todo retrocesso imposto será vencido com o voto do povo!



Vamos  espalhar coisas boas sem alienação,  o Brasil precisa e a gente merece!
Vibrar de forma crítica com as vitórias do Brasil na Copa! 



Garanta seu direito de torcer e viva a emoção de ser brasileiro!



O verde, o amarelo, o azul e o branco  é de todos os brasileiros, não  de um grupo.  






Nas salas e corredores internos, pinturas e cartazes com desenhos do mascote Zabivaka, feitos e pintados pelos alunos. As 32 seleções foram representadas pelas bandeiras dos países trabalhadas pela Professora Ayume.




Na quadra da escola começaremos também a nossa Copa João Beraldo com cada turma representando um dos 32 países que participam da Campeonato mundial. 




A camisa verde amarelo é nosso uniforme em todos os dias de jogos.




 "É bem melhor chegar à escola e ver tudo colorido. É mais alegre", falou uma  aluna do 6º ano. 



“É bem mais legal. A gente se diverte e entra mesmo no clima da Copa”, comentou uma servidora.





Sinta se convidado para o nosso Arraía no dia 06 de Julho de 2018.





quarta-feira, 6 de junho de 2018

Escola João Beraldo entra em campo, junto com a seleção brasileira e já usa atividades pedagógicas para trabalhar o Campeonato Mundial de Futebol com os seus alunos.


  

Quando falamos de esporte no Brasil, estamos falando de futebol.  O futebol é o esporte mais importante no contexto social. É uma das maiores paixões do povo brasileiro. No período da Copa do Mundo, devemos aproveitar esse acontecimento para enriquecer e dar mais sentido às aulas, conhecer e saber mais sobre todos os países que participam deste evento internacional.  Devemos trabalhar interdisciplinarmente, fazendo conexão com todas as disciplinas do currículo e a sua disciplina em particular.    Para o antropólogo e professor Édison Gastaldo, o futebol “é um caminho potencial para descobrirmos verdades profundas sobre a nossa cultura, e sobre quem somos. Dentro de um campo de futebol, dramatizam-se valores e aspectos fundamentais do que significa ser brasileiro”. A Copa do mundo é o momento mais importante de celebração da nacionalidade brasileira. E explica: “isso aparece no índice de audiência das partidas do Brasil na Copa que tradicionalmente, ao longo de décadas, vem representando as maiores concentrações históricas de audiência midiática de todos os tempos. Uma partida do Brasil na Copa do Mundo concentra normalmente de 97 a 98% dos televisores ligados. Nenhum outro evento concentra tanta gente na frente da TV para ver a mesma coisa. É a hora em que todo mundo se veste de verde e amarelo, em que todo mundo canta o Hino Nacional, em que todos se abraçam, choram, vibram. Um jogo do Brasil na Copa do Mundo é o fato social total brasileiro. Concentram-se multidões de pessoas no mesmo lugar, em torno de um único valor: nós contra os outros. Por isso a Copa é tão importante. É o momento de ver quem somos frente aos outros, expresso na metonímia de que 11 pessoas são o Brasil”. Devido a  isso não se pode deixar de fazer a conexão da Copa do Mundo na Rússia com a sala de aula. Contextualizar seu conteúdo e plano de aula com o momento é certeza de garantir ao seu aluno uma aprendizagem significativa.

Escola João Beraldo entra em campo, junto com a seleção brasileira  e já usa atividades pedagógicas para trabalhar o Campeonato Mundial de futebol com os seus alunos. A menos de 20 dias da Copa do Mundo na Rússia, já planejamos  para este momento envolvente. O pontapé pedagógico inicial já foi dado com a elaboração de um Projeto recheado de sugestões de trabalho para todos os componentes curriculares. 
Clique para conhecer o nosso projeto

https://1drv.ms/w/s!AhFGJ2ekm76SjGUBsiKCM64NK5gl

Atividades sobre a Copa encontrada na Internet, própria para o 5º ano, clique no link a seguir:

https://drive.google.com/file/d/10N0T1_ux4H-TihHX-ZVen77ExMSI5TXo/view?usp=sharing




A abertura da Copa do Mundo de 2018 vai acontecer no dia 14 de junho, no Estádio Luzhniki, em Moscou. A apresentação deve acontecer momentos antes da partida inaugural do mundial, entre a anfitriã Rússia e Arábia Saudita, partida esta que está marcada para às 16h do horário da capital russa – 12h do horário de Brasília.


Participação do Brasil na 1ª Fase

17 de junho (domingo) - BRASIL x SUÍÇA - 15h

22 de junho (sexta-feira)-BRASIL x COSTA RICA-9h

27 de junho (quarta-feira) - BRASIL x SÉRVIA - 15h

Com a habilidade de craques, alunos e professores realizam  pesquisas sobre os  32 países que participarão do Mundial.



Estamos programando também o Campeonato interno que inicia dia 14 de Junho, acompanhando a abertura da Copa na Rússia.  Vamos entrar no ritmo da Copa e fazer valer o slogan:  torcer, jogar e aprender juntos!
     Se os melhores jogadores do mundo competirão nos estádios da Rússia, alunos e alunas da  escola também demonstrarão seu  talento na quadra e na sala de aula. 
 Na  COPA JOÃO BERALDO, as equipes, formadas por cada turma-sala, representarão cada país. 


      Toda a magia  que envolve a temática está sendo usada para incentivar a aprendizagem. Em sala de aula, os alunos conhecem um pouco mais sobre o lobo-jogador de futebol, símbolo da Copa do Mundo na Rússia, de 2018 que é o mascote da Copa.
O Ensino Médio faz discussões sociológicas sobre o futebol enquanto esporte que constrói a identidade do Brasil.


Segundo o sociólogo Edson Gastaldo, "um jogo do Brasil na Copa do Mundo é o fato social total brasileiro", também pudera gente, 98% dos televisores, ligados no momento de um jogo do Brasil, não é pouco não.
 Os países que participarão da Copa,  são temas de estudos das aulas de História e Geografia. A partir do momento em que o professor leva a temática para a sala, dá a oportunidade aos alunos de pesquisar e saber a história, taxa de analfabetismo, mortalidade, relevo, economia, tipos de solo, e aí quando forem assistir os jogos tem já  uma visão diferente que confere muito significado àquele momento. 
Para problematiza podemos relacionar a greve dos caminhoneiros e a copa. Será que tem pertinencia?
Disponível em:
Faz diferença um aluno assistir um jogo da Croácia,  já sabendo  que é um país rico e que tem um dos parques naturais mais preservados do mundo, bem como saber que o turismo e a economia na Croácia são muito importantes.
Cada professor tem muito para fazer com seu componente curricular. Outros temas: doping, que pode ser explorado em Biologia e as bandeiras dos países participantes que podem ser produzidas no conteúdo de arte.


Vamos todos nos envolver pedagogicamente, a Copa do Mundo de 2018 na Rússia,  começa em quinta-feira, 14 de junho e termina no domingo, 15 de julho de 2018. Ao todo seleções de 32 países participarão da competição. Os jogos serão realizados em 12 cidades-sede.
Vamos incorporar a temática da copa nos Planos de Aula. Elabore suas atividade e nos envie. Vamos criar um banco de atividade alusiva ao tema relativo a todas as disciplinas.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

FOI SE A COPA, TERMINOU O SONHO DO HEXA EM 2014, O CONSOLO É ESPERAR 2018!...

           Estamos todos muito tristes. O desalento é grande. O nosso coração, apesar de acreditar, já sabia desde antes da superioridade dos alemães, e temíamos o que aconteceu. Certo é que eles jogaram muito melhor. Como o Thiago Silva fez falta meu Deus! Perguntar é preciso. O que nos resta agora se não apenas reconhecer isto? É um momento para os  80 milhões de alemães e de baixo astral para os 200 milhões de brasileiros. Durante todo o tempo vibramos, torcemos, aprendemos e precisamos também aprender com esta derrota, tirando lições da mesma. Nossa alegria do Hexa foi apenas adiada. O importante agora é cantar com Paulo Vasollini “ levanta sacode a poeira e dar a volta por cima...” porque “ali onde eu chorei, qualquer um chorava”. Quatro anos voam, os nossos atletas são todos muito meninos, frente a alemães veteranos e escolados,  e a maioria estará na copa da Rússia. Em 2018 retornaremos  com toda a força de um gigante que somos. Nosso sonho do Hexa renascerá em 2018, mais vivo do que nunca. 
                                                                                                                   Por Deodato Gomes Costa

sábado, 5 de julho de 2014

Escola João Beraldo e Brasil juntos num só ritmo - CAMINHADA RUMO AO HEXA

TODOS JUNTOS NESTA CAMINHADA RUMO AO HEXA! É a Festa da Copa do Mundo. De camisa amarela e verde fomos para a rua, torcendo para o Brasil. Estamos vibrando com todas as vitórias! O Brasil mesmo sem Neymar vai chegar a final. O momento é de muita confiança. A Alemanha não nos assusta.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Dia de jogo do Brasil na Copa do Mundo é sempre uma festa verde e amarela em nossa Carlos Chagas!

      Dia de jogo do Brasil na Copa do Mundo é sempre uma festa verde e amarela em nossa Carlos Chagas. As ruas ficam vazias durante a partida e todos se concentram em casa assistindo o jogo, depois que termina uma parcela boa de pessoas vão para a rua para comemorar a vitória. Carros, motos e pessoas se misturam na Avenida. Nesta segunda-feira (23) a Seleção Brasileira enfrentou Camarões, na busca pela liderança do grupo A. E mesmo longe dos gramados as energias positivas e dicas são gritadas para os jogadores através da televisão. Não importa se Brasil erra um passe ou sofre um gol o otimismo é um sentimento que nós  não mudamos. Muitas pessoas da nossa cidade tem acreditado que o Brasil vai ser hexa com certeza. Às vezes passamos por alguns sustos, mas nada vai tirar o desejo de ter esse título. A ansiedade pela hora do gol afeta  todo mundo, até os mais pequenos, olhos que ainda não viram o Brasil conquistar um mundial e esperam poder soltar o grito de CAMPEÃO!!! - Quero ver o hexa - disse o pequeno torcedor, Joaquim e muitas outras crianças. E quando o juiz apitou o fim da partida, Brasil 4 x 1 Camarões, resultado que deixa o Brasil na liderança do grupo, o otimismo se transforma em euforia. Todos vibrando a cada passo que a Seleção dá, ficando cada vez mais perto do hexa.
         Assista logo abaixo uma pequena filmagem  das comemorações do povo da nossa cidade no dia da vitória contra Camarões.