ISENÇÃO

ISENÇÃO
ISENÇÃO

ESCOLA INTERATIVA

ESCOLA INTERATIVA
ESCOLA INTERATIVA

APRENDIZAGEM

APRENDIZAGEM
APOIO

AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO
AVALIAÇÃO

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

ENEM

ENEM
ENEM

Inscrição

Inscrição
INSCRIÇÃO

ENCEJJA

ENCEJJA
encejja

Instituto Avaliar - PAAE

Instituto Avaliar - PAAE
Instituto Avaliar - PAAE

MECFLIX

MECFLIX
MECFLIX

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

quarta-feira, 28 de março de 2018

Pequenos produtores, Gestores escolares e técnicos da Emater se encontram no chamado Dia D da Alimentação Escolar. na Escola João Beraldo.

Produtores e Diretores juntos nesta foto. 

Nesta Terça Feira, 27 de Março, aconteceu o Dia D da Alimentação Escolar. Foi um momento importante de encontro dos Gestores das Escolas, produtores locais e técnicos da Emater. Interpretamos como um momento de renovação de compromissos de todos os atores envolvidos nesta política,  em trabalhar para consolidar cada vez mais o processo  de comercialização dos produtos da agricultura local.

Produtores

A novas formas de serem encaminhada a compra dos produtos da agricultura local, agora de forma coletiva entre as escolas,  vai falicitar bastante para os agricultores e diretores de escola. A chamada pública coletiva, momento de trabalho colaborativo conjunto entre as escolas e as planilhas de organização de preços e compras entregues pelos técnicos da EMATER, vem auxiliar a vida dos gestores escolares, que vivem imersos em muitos compromissos,  e tornar mais eficaz todos os procedimentos que envolve a os 30% dos recursos destinados à agricultura famíliar. 


Carlos Chagas tem avançado na operacionalização desta política de valorização dos produtores locais e tem garantido o percentual de compras da agricultura familiar para a Alimentação Escolar. Mas é preciso avançar mais, o produtor precisa de mais incentivo para produzir e diversificar sua produção ampliando o leque de oferta para as escolas. Sonhamos com 100% de Alimentação Escolar preparada com ítens da produção local. 

O Projeto Sementes Presentes, alimento e trabalho no campo, que integra a Estratégia de Enfrentamento da Pobreza no Campo Novos Encontros, do Governo de Minas Gerais, foi discutido por todos os presentes que já fizeram solicitações de mudanças em relação à entrega das sementes que na visão dos agricultores presentes estas devem chegar no mês de outubro. Segundo os mesmos o vínculo do programa com o cadastro único leva as sementes para quem não é do campo e não produz. 

Pelo Projeto Semente Presentes o pequeno produtor receberá assistência técnica e insumos para aperfeiçoar a produção e terá acesso ao mercado institucional facilitado, por meio de ação articulada com as compras institucionais da alimentação escolar das escolas públicas. 



Os 30% de aplicação do recurso na Agricultura Familiar é  a grande oportunidade que o pequeno produtor local tem para comercializar sua produção por isto mesmo ele tem investido para adequar  seu espaço de produção às normas da vigilãncia sanitária, e assim garantir mais qualidade aos produtos destinados à merenda das escolas, como bem mostrou Cristiane a técnica da Emater.



A EMATER de Carlos Chagas, intermedia a relação dos gestores com os produtores e sua associação, que tem agora o desafio e a necessidade de se transformar em cooperativa e de atualizar a documentação que habilita cada produtor para a venda: Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). A cooperativa vai abrir mais possibilidade para os produtores mais aumentar mais ainda a responsabilidade e os desafios.

O DAP identifica e qualifica os agricultores familiares e também suas organizações em forma de pessoa jurídica para acessar as políticas públicas.  Estão empenhados para renovar este instrumento de habilitação. 

Uma boa alimentação é fundamental para o desenvolvimento da capacidade cognitiva dos nossos estudantes. O casamento do homem do campo, sua produção com a Alimentação dos estudantes das escolas públicas  tem proporcionado os benefícios  para a redução da pobreza na área rural e a oportunização de alimentos saudáveis nos refeitórios das nossas  escolas.

                                           
por Deodato Gomes 

Um comentário:

Unknown disse...

Que ótimo ver uma política pública tão importante para a agricultura familiar, segurança alimentar e para a economia alcança tanto êxito em nossa cidade. Parabéns aos gestores, agricultores e colegas sa Emater pelo esforço e dedicação.