CAMPANHA CONTRA O BULLYING

sábado, 31 de agosto de 2019


Neste sábado dia 31 de agosto, um grupo de professores das redes estadual e municipal de Carlos Chagas, mais os diretores da Escola Manoel Esteves e da João Beraldo pararam para aprender a aplicar mais sobre metodologias ativas de aprendizagens. Viviane e Vanessa da Secretaria Municipal participaram em Nanuque gostou e fez de tudo para trazer para Carlos Chagas esta capacitação que ajuda os docentes a escolher melhor o livro didático que será usado nos próximos 4 anos, a partir de 2020.
Nós pudemos ver o quanto essas ferramentas são poderosas e a grande necessidade de colocar o aluno e sua aprendizagem como foco do ensino dentro do contexto do novo Currículo de Minas, que preconiza a mudança do ensino de conteúdo para o paradigma da competência. As metodologias ativas proporcionam maior aprendizagens dos alunos em termos quantitativos e qualitativos, tornando o trabalho do professor mais efetivo e recompensador. Sem falar na atenção do estudante, dimensão importante do ensinar, cada vez mais de conquistar.
No encontro, além de aprendermos algumas técnicas, vimos que  a aprendizagem ativa é aquela em que o processo de ensino-aprendizagem não acontece, simplesmente, com os alunos na sala de aula, recebendo, ouvindo e escrevendo informações passivamente. Ao contrário, os alunos se tornam verdadeiros protagonistas do processo de aprendizagem, o que viabiliza o cumprimento dos programas de ensino estabelecidos no Currículo de Minas e uma aprendizagem mais efetiva.

 Olha o trabalho que fizemos com HOLOGRAMA*.




*O que é um Holograma:

Holograma é uma imagem tridimensional obtida a partir da projeção da luz sobre figuras bidimensionais. Essas "fotografias em três dimensões" são formadas através do processo da holografia, que funciona devido a propriedade ondulatória da luz.

Holograma
Os hologramas são parecidos com "miragens" ou "ilusões" bastante realistas, reproduzindo em 3D imagens originalmente em duas dimensões ou mesmo tridimensionais. No entanto, para que o holograma funcione é necessário a propagação de uma fonte de luz em somente uma direção, como um raio laser, por exemplo, e um filme hipersensível.
A luz do raio laser deve se dividir em dois feixes, sendo que um ilumina o objeto (refletindo sobre o filme) e o outro iluminando diretamente o filme ou local onde o holograma será registrado.
As fotografias tradicionais registram apenas a intensidade das ondas luminosas, os hologramas são criados pois são registradas não apenas a intensidade, mas também todas as saliências e vales das ondas de luz.
A tecnologia da holografia foi criada pelo físico húngaro Dennis Gabor, em 1948, feito este que lhe rendeu o Prêmio Nobel de Física em 1971. No entanto, a holografia somente começou a ser explorada a partir da década de 60, com o aperfeiçoamento do laser. Os hologramas são divididos em duas principais categorias: hologramas de transmissão (que necessitam da luz do laser); e o holograma de reflexão (usado nos selos holográficos comuns em cartões de crédito e diplomas, por exemplo. São feitos com base na reflexão da luz).
A aplicação dos hologramas é comum em diversas áreas, principalmente na artística, na investigação científica, no marketing e publicidade, e na segurança e anti-falsificação (selos holográficos, por exemplo).
Com o avança da tecnologia, os hologramas já podem ser reproduzidos em alguns smartphones e outros dispositivos.

Fonte: significados
                                   Deodato Gomes

Nenhum comentário: