AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO
AVALIAÇÃO

DIÁRIO DIGITAL

DIÁRIO DIGITAL
DIÁRIO DIGITAL

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Veja como o Pe. Zézinho se manifestou hoje (18-12-2018) no Facebook. Impressionante como ainda aparecem católicos que usam da rede social para criticarem um Padre como o Pe. Zézinho.


Ele disse: "Deixo claro que não sou teólogo da Libertação por falta de tese e de cultura como os outros teólogos.
Mas também deixo claro que faz 50 anos que prego e canto a Teologia da Libertação como está na Bíblia, nos documentos da Igreja, em favor dos desprovidos e dos oprimidos.
Nem por isso sou marxista, nem socialista, nem comunista. Minha pregação, toda ela vem do cristianismo.
Tenho mais de 300 canções de catequese e de libertação. E se alguém não gosta desta palavra, (Libertação) eu gosto! Está na Bíblia!
E distingo entre Salvação e Libertação. E uso os dois termos, como está na sociologia e na Teologia católica!
Soube de um leigo radical que, achando que sou comunista porque canto a Teologia da Libertação, teria quebrado meus CDs. Lamento por ele, ouviu gurus errados. Se tivesse lido direito os 150 salmos saberia que 120 deles cantam a salvação da alma e a libertação política do povo hebreu! E não há nada de comunista nesses poemas e canções!..."

"Nós defendemos a vida, a justiça e o direito e vai ser assim, porque nós gostamos muito de ser quem somos: cidadãos" Pe. Zézinho.




Leia a postagem no Facebook



Nenhum comentário: