CAMPANHA CONTRA O BULLYING

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Agradecimento pela conclusão do Mestrado.

A Banca foi composta por Dr. Marcelo Câmara, presidente da Banca,  Dra. Alessandra e Dr. Glauco, que acompanhou por skipe.


Dia 28 de Janeiro de 2019, segunda feira,  fiz a defesa da minha dissertação como requisito para conclusão do Mestrado pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF),  e obtenção do título de Mestre.  Foi uma tonelada de obrigações que retirei das minhas costas. Não existe vida no mestrado gente, é muito exigência em tudo e estafante demais, mas vale a pena.  Fiquei feliz pela aprovação com conceito A e pela obtenção de um título, que se tornou importante para mim. A nossa pesquisa foi classificada como de grande relevância. Afinal gente, de cada 10 alunos que concluem o Ensino Médio 7 não apresentam a mínima habilidade com a Matemática e minha pesquisa foi sobre esta triste realidade que envolve a juventude. A alegria é grande por ter vencido esta etapa de tanto aperto na vida. Agora dá até para respirar e relaxar um pouco. 

Publico a seguir a página de agradecimentos, peça integrante da minha dissertação:

AGRADECIMENTOS

Fiquei refletindo o que poderia apresentar aqui nesta página de agradecimentos. Não tem como fugir do universo no qual me vi completamente envolvido neste mestrado. As vivências deste tempo foram tão ricas para mim que me deixam sem palavras. O ambiente acadêmico é instigante e desafiador. Fomos chamados a pensar e repensar ideias e práticas na área de Avaliação e Gestão da Educação Pública, a aprender com os fatos do nosso dia a dia e possibilitar o nosso próprio crescimento. Foram tantos apertos vividos tentando conciliar mestrado e outras obrigações que pensei que não daria conta. Mas a educação, ainda que seja no mestrado, é assim: se você se sente acolhido e bem orientado como fui, o barco segue, apesar das tempestades. 

Ser grato é fazer a memória do coração de tantas pessoas que me apoiaram para concluir algo que estava muito distante e se tornou tão precioso para mim. Por isso mesmo agradeço – porque sei que este é o resultado de um intenso investimento da energia de várias pessoas dedicadas, que criaram este Programa de Mestrado também como forma de melhorar a educação pública. Como não lembrar de pessoas que se fizeram tão importantes para minha vida pessoal e profissional: os agentes de suporte acadêmicos, a co-orientadora Laura e todo o núcleo de dissertação, o Dr. Marcelo Câmara e todos os docentes, além daquelas que são apoio do curso na secretaria: Débora e Karoline. Lembro aqui o amigo Valdeí Viana que ajudou na difícil tarefa de tabulação dos dados. 

Acredito que gratidão é o mais nobre de todos os sentimentos e a mais bela de todas as virtudes; porém, é esquecida neste tempo da liquidez, como dito por Bauman. É impossível descrever em gestos e palavras algo tão especial, tão extraordinário quanto a gratidão. É porque nós só sentimos. É o nosso coração que se enche de riquezas deixadas pelo outro. É também quando reconhecemos que a mão perfeita do outro um dia nos amparou, nos ouviu, nos possibilitou riquezas humanas através do conhecimento que nos fez melhor o que somos. Talvez seja mais ainda: sentir que nossa vida foi alvo de um grande gesto de amor pleno e caridade gratuita e que sem eles jamais chegaríamos a concluir um projeto de estudo. As palavras faltam porque sobra grandeza no coração humano, o que dificulta sua expressão. Lembro aqui também a escola em que trabalho: a ela, toda a minha gratidão, por compartilhar esta existência profissional, me construir, me fazer o Gestor Deodato, me ensinar que vale a pena trabalhar na educação pública apesar do seu abandono. Não há outra palavra: é gratidão mesmo o que sinto neste momento, ao pisar os pés no chão da escola em que trabalho todos os dias e onde sempre pude exercer as minhas aprendizagens. Foi desafiante demais todos os momentos deste mestrado. Por isso, repito com toda a força da minha vida: obrigado, Deus, pela oportunidade de ter participado deste programa, de ter sido um mestrando. Tenho a certeza heraclitiana de que não sou mais o mesmo depois desta imersão neste rio de conhecimentos que interroga todo o tempo acerca da Escola Pública, instituição de imensurável importância social para os pobres da nossa Minas. 

                                                Deodato Gomes Costa


5 comentários:

Rejane Paixão disse...

Parabéns Deo,como sempre um grande guerreiro, sempre arrojado e inovador,que prova nas tuas atitudes o ser humano incrível que és. Que Deus o proteja e abençoe sempre!!!

Rejane Paixão disse...

Parabéns Deo, como sempre um grande guerreiro, inovador e arrojado. Prova com tuas atitudes o ser humano incrível que és. Que Deus abençoe e o proteja grandemente.

Alzira Costa Paim disse...

o Titulo veio apenas marcar o seu esforço,pois mestre o senhor já era além de um exemplo de perseverança e luta. O senhor é o sonho de vovó realizado e é orgulho para todos nós seus familiares. Parabéns Mestre Deodato.

Valdei Gonçalves Viana disse...

Parabéns Mestre Deodato,
O agradecimento é nobre em todas fases da nossa vida. Quem não sente Gratidão não venceu de modo correto, ou seja faltou algo para vencer plenamente, pois devemos ser gratos a Deus acima de tudo em nossas conquistas.
Agradecer aos nossos colaboradores é extremamente importante, pois sem eles não teríamos atingido com êxito a nossa jornada.
Ser Mestre, neste momento é, acima de tudo, ser um Eterno Aprendiz, como nos fala Paulo Coelho na música de Raul Seixas (Tente outra vez).
... “ Se é de Batalhas que se vive a Vida....”
e mais...
Queira!
Basta ser sincero
E desejar profundo
Você será capaz
De sacudir o mundo
Vai!
Tente outra vez!
Lembre-se Você foi capaz.
Quanto ao meu agradecimento pessoal, te digo: Não fiz mais do que a minha obrigação em ajudar a um amigo.
Abraços – Valdeí Viana

Unknown disse...

Parabéns mestre Deodato!
Sinto me orgulhosa em fazer parte do seu grupo de trabalho. Sabemos o quão e importante esse titulo e testemunhas da sua luta.
Como alzira disse e o maior orgulho para a sua mae. E que essa mesma simplicidade de mestre continue a iluminar os caminhos daqueles desprovidos desse dom.