CAMPANHA CONTRA O BULLYING

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Clique na imagem para ver todas as imagens

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi celebrado em Carlos Chagas com uma grande passeata  promovida pela Prefeitura Municipal. A execução se deu por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e do Conselho Tutelar. 

A passeata, que contou com a participação de todas as rede de ensino teve como objetivo mobilizar e sensibilizar a comunidade acerca deste grave problema social. A violência sexual contra crianças e adolescentes é um crime que destrói vidas de inocentes em um momento importante de desenvolvimento. O objetivo também foi orientar e incentivar a denuncia de situações em que as pessoas se vejam como vítimas deste delito. 
A passeata saiu da Praça do Mercado às 8 horas percorreu a Avenida Benedito Valadares, Travessa Teófilo Otoni, passou em frente a Prefeitura e encerrou com um abraço simbólico no prédio do Fórum da cidade. 
Sabemos o quanto assusta o número de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes em nosso país e a alerta é que todos devem estar atentos: professores, pais, as próprias crianças e adolescentes para não calar. É preciso  combater este mal que destrói a vida de milhares de seres humanos. Os traumas são difíceis de serem superados. Deparamos com alguns jovens que vivenciaram esta situação e sabemos muito bem o que significa este trauma. 
Já há alguns anos, sempre  orientados pela Secretaria de Assistência Social da nossa cidade, que tem equipe bem sensível ao tema,  são  realizadas diversas atividades  nas escolas e em vários espaços sociais sobre a prevenção contra este tipo de crime.
Cumprimentamos a Secretaria Municipal de Assistência social Senhora Dagmar Soares e sua equipe pelo trabalho de mobilização e sensibilização em torno do problema. Sabemos que as ações fortalecem e encorajam a comunidade a enfrentar as ocorrências deste crime em nosso município. A passeata lança luzes no problema e  fortalece e ampara crianças e jovens que se sentem ameaçados ou que sofreram qualquer tipo de abuso ou exploração sexual a denunciarem. 
                                                Por Deodato Gomes

Nenhum comentário: