CAMPANHA CONTRA O BULLYING

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Escola João Beraldo comemora mais uma de suas estudante que consegue vaga no Curso de Medicina. Leia a matéria até o final e conheça outros estudantes da Escola que também ingressaram no ensino superior, neste 2019.

As condições sociais e econômicas a que a maioria dos jovens de Carlos Chagas e suas famílias estão submetidos determinam diferentes oportunidades de acesso à plena cidadania. Os obstáculos que eles encontram não são de ordem pessoal, não é que eles são incapazes, não é por falta de empenho individual. Em todo este tempo de Gestor de uma Escola Pública vejo que as trajetórias dos jovens estudantes estão evidentemente marcadas pela estrutura social, econômica e política do nosso Brasil que é extremamente desigual. Daí a grande importância de uma política clara de oportunização do acesso e permanência dos jovens a um curso técnico ou ao ensino superior de qualidade.   
Já choramos junto com vários jovens que conquistaram vaga em federal mas não tinha recursos para pagar o ônibus, outros que desistiram  por não ter onde morar na cidade onde conquistaram vaga. Mas também já nos alegramos com muitos que venceram os entraves. Sempre nos reportamos aos vitoriosos aqui em nosso Blog.

Incentivamos muito aos nossos alunos a mudarem os seus destinos por meio da educação, um exemplo disto é que todos eles do 3º ano do médio,  estão inscritos no ENEM,  e muitos no SASI (vestibular seriado da UFVJM). Sempre alertamos aos mesmos que precisam de muita determinação e perseverança para  vencer os obstáculos  sociais e econômicos que impedem a sua realização. São empecilhos que extrapolam a capacidade de empenho de muitos deles. Quando alguns dizem pra mim que querem medicina falo que é o curso mais concorrido, que o esforço e empenho a ser empreendido deve ser quase que sobre humano. É difícil mas não impossível. 

Esta é a vez de nos alegrarmos com Aimê Gomes Costa. Ela  é mais uma estudante da Escola João Beraldo que consegue vaga em um Curso de Medicina com matrícula já efetivada na Universidade Nilton Lins em Manaus. João Paulo, que já cursa o 10º período, trocou um 3º ano médio noturno pela vaga na Federal em Teófilo Otoni.  E todos sabem que ela só vai  estudar em uma Universidade onde a mensalidade do curso de medicina é de R$6.700,00 porque está amparada por um dos programas de apoio ao estudante do Governo Federal. Mas a gente está vendo os programas que garantem o jovem pobre na universidade se reduzirem, o que é uma pena. De longe seus pais jamais teriam condições de garantir a realização do sonho da jovem Aimê que é ser médica. Tanto assim que conseguiu vaga em Odonto na Federal do Espírito Santo, mas resistiu. Nos alegramos com ela, uma menina simples de classe popular, que consegue vaga no curso superior mais concorrido do Brasil é um grande feito, em um país que grande parcela dos jovens sequer concluem sua educação básica. Hoje o desafio da prática da caridade não é ajudar quem já tem, quem já é,  e sim se comprometer com alguém verdadeiramente necessitado. Foi a sua persistência na busca pela vaga na Medicina que agora se vê contemplada. Ela se prepara para morar e estudar  em Manaus por 6 anos. 

Como não se contentar com Ramine, uma menina que tenho certeza, já vive outros momentos na Universidade Federal fazendo  Serviço Social. Foi um prazer tão grande ajudá-la a preparar a documentação para a matrícula.



E Clara Norte aluna da Educação Física da UNEC, ao conversar com ela já vislumbramos maturidade, preocupação como seu futuro. É muito bom saber que a Escola João Beraldo influenciou´o destino desta jovem. 
Apresento Abiel novo estudante de Nutrição na UNIPAC. Ele queria muito fazer este curso. É incrível como ele está comprometido com sua formação e a preocupação com sua aprendizagem só agora. Nos tempos de Escola João Beraldo  gastamos muitos argumentos com ele. Não foi fácil mas o convencemos. Repetíamos sempre que jovem de classe popular só é capaz de vencer pelo saber. Só o conhecimento é ferramenta para transformar vidas. Deu certo não é Abiel?

Yandra sempre muito concentrada tomou o caminho do Direito. Esta cursando na UNIPAC e a gente se alegra com esta garota esperta e determinada. Ela sabe o que quer. 

Nunca deixei de acreditar em Igor Coutinho, sempre muito sério, concentrado e dedicado a tudo que faz. Agora está cursando Engenharia Elétrica na Doctum, conseguiu bolsa integral pelo ProUni. Como não se sentir feliz com um jovem que persiste e encontra o seu caminho de formação profissional.

 Medicina, Aimê, Educação Física, Clara Norte, Nutrição Abiel ee Direito Yandra, e Engenharia Elétrica, Igor Coutinho, este são os novos estudantes que a gente consegue saber. Todos eles são jovens de grande valor que não se acomodaram e que tudo que quer é uma oportunidade para mostrarem a grande responsabilidade que possam vir a assumir na sociedade. Deus abençoe todos eles, que devem inspirar outros a lutarem com todas as forças jovens pela realização dos seus sonhos.  Faço minhas as palavras da Negra Li, ativista e cantora da causa negra que diz: "Hey mundo jovem... o mundo é de vocês!..."

                                                                 Por Deodato Gomes

2 comentários:

Unknown disse...

Parabéns pelas escolhas e persistência. Sucessos nessa nova etapa da vida de vocês 🙏🏼

Unknown disse...

Parabéns,alunos!Parabéns, escola JB!Desejo muita persistência, coragem e objetivo e que estudem com amor.