Bullying

CAMPANHA CONTRA O BULLYING

sábado, 2 de maio de 2020

Tudo na vida é provisório - O Globo - 1 de Maio de 2020 - Patricia Rocco


A Covid-19 é uma pandemia que afeta não somente a saúde física e mental, como também a vida social e econômica da população. Estamos voltados a aumentar o número de leitos, comprar ventiladores mecânicos, contratar e treinar novos profissionais de saúde para conter essa pandemia. Entretanto, os pacientes com doenças respiratórias e renais crônicas, oncológicos e cardiopatas continuam a existir e, por vezes, necessitam de internação hospitalar em unidades fechadas de cuidados intensivos.
O bacilo de Koch, que causa a tuberculose, não deixou de infectar a população, as hemodiálises precisam ser realizadas, e os pacientes com câncer, tratados, seja com radioterapia, quimioterapia e/ou cirurgia. Consultas e exames laboratoriais e de imagem necessitam ser periódicos. No entanto, é preocupante que o medo de contágio dos indivíduos ao ingressar em clínicas e hospitais faça com que muitos venham a morrer em casa, infelizmente não pela Covid-19.
Pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica, diabetes e hipertensão arterial sistêmica podem apresentar a Covid-19 com características clínicas mais graves. Recentemente, foi reportado que a incidência de infarto agudo do miocárdio aumentou significativamente durante esses últimos 3 meses em diferentes países.
No Brasil, são várias as hipóteses: 1) falta de medicamento, seja nas clínicas ou farmácias populares, e/ou o medo de sair de casa para comprar medicação (“pessoas idosas não devem sair por risco de contágio”); 2) depressão em função do isolamento social, associado ao uso de “calmantes”, álcool em maior quantidade, tabagismo intenso, dieta desregrada e sono de pior qualidade; 3) ausência de profissionais de saúde, já que muitos deles estão infectados com o Sars-CoV-2; e 4) o medo de ir aos hospitais pelo risco de serem acometidos pela Covid-19.
A realidade é uma só: estamos enfrentando diversos monstros ao mesmo tempo. Não podemos esquecer que a motivação é a melhor forma de superar esses monstros. Temos que continuar a nos cuidar, com alimentação saudável e exercícios, assim como não deixar de utilizar os medicamentos de forma regular.
A cada dia sabemos muito mais sobre a patogênese e a resposta às diferentes terapias da Covid-19. Nesse contexto, vacinas vêm sendo testadas, bem como entendemos os prós e contras de diversas terapias farmacológicas. Recentes estudos reportaram que o número reduzido de linfócitos (células de defesa do organismo no sangue), níveis elevados de desidrogenase lática (marcador de inflamação) e o acometimento de múltiplos órgãos pela Covid-19 estão associados a um pior prognóstico e aumento da letalidade.
Saibam que os cientistas estão trabalhando incessantemente. Tudo na vida é provisório, assim como essa pandemia.

A realidade é uma só: estamos enfrentando diversos monstros ao mesmo tempo. A motivação é a melhor forma de superá-los.

Tudo na vida é provisório

Nenhum comentário: