CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 18 de agosto de 2019

PROFESSORES E ALUNOS DA ESCOLA JOÃO BERALDO, MONITORADOS POR DR. MÁRCIO VISITAM ESCULTURA SACRA, DO SÉCULO 19 NA COLÔNIA QUE NECESSITA SER RESTAURADA.



Clique na imagem para ver as fotos da escultura da Santa e  o álbum completo do momento vivenciado.
Nesta sexta feira, (16 de agosto de 2019) uma equipe de professores e alunos e Direção da  Escola João Beraldo, monitorados pelo Dr. Márcio,  Professor e pesquisador da Universidade Federal dae Teófilo Otoni (UFVJM), visitaram a imagem de Nossa Senhora da Dores em Epaminondas Otoni-(Colônia).
Poucas pessoas de nossa cidade sabem da existência e da importância  de uma imagem de Nossa Senhora das Dores na Igreja de Epaminondas Otoni (Colônia), como objeto artístico-cultural do século XIX e da necessidade de restauração devido às danificações que esta escultura se apresenta.  A obra de arte em madeira, cromada com uma leve camada de ouro, possui quase um metro de altura está em estado de degradação, com desprendimento da camada de tinta-ouro. Segundo informações esta escultura que é da padroeira da Comunidade de Epaminondas Otoni,  data do século XIX e tem sua origem na Ilha da Madeira, em Portugal, sendo uma das relíquias mais antigas de Minas Gerais.
É necessário que a peça passe por um restauro, conservação e inventário, afim de garantí-la enquanto objeto de fé e como objeto cultural de grande relevância para a arte da nossa cidade. É preciso que está escultura seja tomada como patrimônio móvel depois de passar por minucioso exame que só técnicos especializados tem conhecimentos para fazer. Especula-se que o trabalho de recuperação, imprescindível para resgate do objeto de arte,  chegue a trinta mil reais. É valioso, é memória e história e precisa ser preservada.
                      Por Deodato Gomes 

Nenhum comentário: