CAMPANHA CONTRA O BULLYING

domingo, 3 de novembro de 2019

A Luz desta vela é o pedido da iluminação à Deus para todos da nossa cidade que fazem o ENEM!



Deus é luz e Êle veio ao mundo para iluminar o cérebro daquele que busca o conhecimento e a ciência que devem ser partilhados e consumidos no serviço ao outro. 

As velas, são símbolos que nos lembram a luz intensa de Deus iluminando os caminhos escuros da vida. Santo Tomás de Aquino disse que Deus é a "verdadeira fonte da luz, e o princípio supremo da sabedoria." Quem se ilumina da luz de Deus deve se tornar luz para aqueles que se encontram na escuridão. Os educadores são estes seres divinamente iluminados. Esta sabedoria é a ciência e o conhecimento maior, porque está vinculado ao ato grandioso de amar e ensinar.  
É pelos jovens envolvidos com o ENEM, principalmente os mais pobres, aqueles mesmos que encontramos todos os dias em nossas Escolas Públicas, que neste momento  necessitam muito da claridade divina para fazer sua prova,  que acendemos esta vela virtual, conscientes de que os resultados farão grande diferença em suas vidas!  É um momento de tensão e de grandes sonhos na vida de jovens, que buscam um lugar na Universidade de qualidade. Neste tempo em que se restringe cada vez mais o apoio ao seu ingresso no ensino superior, que eles possam estar iluminados e fazer o seu melhor.

Que nos momentos trevas da prova,  Deus seja a luminosidade maior daqueles cérebros.  Amém
                          Por Deodato Gomes 

São muito encantadoras as  orações de Santo Tomás de Aquino, quando ele refletiu sobre Deus e o saber:

PRIMEIRA ORAÇÃO

Infalível Criador,
que, dos tesouros da Vossa sabedoria,
tirastes as hierarquias dos anjos,
colocando-as com ordem admirável no céu;
Vós, que distribuístes o universo com encantadora harmonia;
Vós, que sois a verdadeira fonte da luz
e o princípio supremo da sabedoria,
difundi sobre as trevas da minha mente o raio do esplendor,
removendo as duplas trevas nas quais nasci:
o pecado e a ignorância.

Vós, que tornastes fecunda a língua das crianças,
tornai erudita a minha língua
e espalhai sobre os meus lábios a vossa bênção.

Concedei-me a agudeza de entender,
a capacidade de reter,
a sutileza de relevar,
a facilidade de aprender,
a graça abundante de falar e de escrever.


Ensinai-me a começar,
regei-me no continuar e no perseverar até o término.

Vós, que sois verdadeiro Deus e verdadeiro homem,
que viveis e reinais pelos séculos dos séculos.
Amém.


SEGUNDA ORAÇÃO


Criador Inefável,

Vós que sois a fonte verdadeira da luz e da ciência,

derramai sobre as trevas da minha inteligência um raio da vossa claridade.



Dai-me inteligência para compreender,

memória para reter,

facilidade para aprender,

sutileza para interpretar

e graça abundante para falar.



Meu Deus, semeai em mim a semente da vossa bondade.



Fazei-me pobre sem ser miserável,

humilde sem fingimento,

alegre sem superficialidade,

sincero sem hipocrisia;

que faça o bem sem presunção,
que corrija o próximo sem arrogância,
que admita a sua correção sem soberba;
que a minha palavra e a minha vida sejam coerentes.

Concedei-me, Verdade das verdades,
inteligência para conhecer-Vos,
diligência para Vos procurar,
sabedoria para Vos encontrar,
uma boa conduta para Vos agradar,
confiança para esperar em Vós,
constância para fazer a Vossa vontade.

Orientai, meu Deus, a minha vida;
concedei-me saber o que me pedis
e ajudai-me a realizá-lo
para o meu próprio bem
e de todos os meus irmãos.

Amém.

Nenhum comentário: